Anúncio

Rotativo: empresa atrasa pagamento e agentes paralisam serviço

Por Yasmin Vilhena

Publicado em 19 de maio de 2016 às 22:07
Atualizado em 19 de maio de 2016 às 22:07

Anúncio

Funcionários do rotativo decidiram paralisar o serviço na manhã desta quinta-feira (19). Segundo agentes, que preferiram não se identificar, a maioria teria aderido à paralisação, que foi realizada devido a atrasos no pagamento, ticket alimentação e vale transporte.

Um dos agentes relata que o último salário já foi pago, mas que os funcionários receberam em partes. “A empresa pagou como quis, de pouco em pouco”, reclama. Ele ainda acrescenta que o ticket alimentação está há dois meses atrasado e o vale transporte de maio ainda não foi pago.

rotativoRevoltados, os funcionários foram em busca de seus direitos e se reuniram com o Sindicato dos Trabalhadores em empresas prestadoras de serviços no Espírito Santo (Sindilimpe-ES), na manhã desta quinta, na pracinha do Bradesco. Durante o encontro, os trabalhadores descobriram que o valor que era descontado de seus salários como contribuição sindical não estava sendo repassado para o sindicato.

Após a reunião, o Sindilimpe-ES procurou a Vista Group Network/Vaga Ativa (VGN), empresa que administra o rotativo, para defender os direitos dos trabalhadores. Ficou acordado que os atrasos seriam colocados em dia até a próxima sexta-feira (27). De acordo com a informação passada para nossa equipe, são 48 agentes trabalhando e o valor correspondente ao atraso de cada funcionário é de R$ 530, totalizando R$ 25.440.

Os agentes só retornaram aos postos de trabalho às 13h. Até esse horário, somente três funcionárias estavam trabalhando, segundo informações.

Em nota, a VGN esclareceu que “o vale transporte do mês de abril está pago. Em atraso somente o deste mês de maio que está em andamento. O tíquete alimentação de abril e o deste mês de maio está em aberto. A empresa acordou com o sindicato colocar estes benefícios em dia até 27 de maio”.

A empresa ainda afirma que já havia feito contato com o sindicato e fará o parcelamento da contribuição sindical. “Vale ressaltar que no ano de 2015 a Vista Group Network/Vaga Ativa teve um prejuízo de mais de R$ 300 mil devido às ações judiciais que paralisaram a implantação do Rotativo, época em que a empresa arcou com o pagamento de 60 funcionários que ficaram em casa por 90 dias sem trabalhar e que receberam os salários e todos os benefícios em dia. Prejuízos que refletem ainda hoje neste momento de crise no país”.

Nossa equipe tentou contato com o Sindilimpe-ES, que não atendeu as ligações.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

coronavac-instituto-butantan

Guarapari abre novo agendamento de segunda dose da Coronavac para profissionais da saúde

?

Anchieta promove 1º Mostra Cultural Aldir Blanc com apresentações on-line

Anúncio

Anúncio

temporada_de_inverno-es-2021-06-24

Governo do Estado entrega site sobre turismo capixaba, oficinas e novo circuito turístico

Setur lançou um conjunto de oficinas para o setor de turismo

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Anúncio

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

Anúncio