Anúncio

Sábado (30) de ação social em Guarapari

Por Sara de Oliveira

Publicado em 30 de novembro de 2019 às 13:39
Atualizado em 30 de novembro de 2019 às 13:39
Anúncio

Uma série de serviços foram oferecidos na escola municipal Florisbela Lino Bandeira, na manhã deste sábado (30). O Projeto Cidadania, organizado pela Secretaria de Trabalho, Assistência e Cidadania (Setac) e pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Santa Mônica, ocorre até às 14h, oferecendo orientações jurídicas, encaminhamentos para documentos, design de sobrancelha, manicure, dentre outros serviços.

Tatiane Papale, assistente social do CRAS de Santa Mônica, explica que a ação é uma forma de atender pessoas que não tem a disponibilidade de ir até o órgão durante a semana. “A gente sempre faz essas ações pra levar esse tipo de serviço para a população. Como assistente social, a gente trabalha com políticas públicas sempre tentando oferecer serviços que cheguem até o usuário”, afirma.


A dona de casa Vera Lúcia Marques Alves, moradora de Setiba, aproveitou a manhã para renovar o registro no CadÚnico. Ela aprova a iniciativa do CRAS. “Muitas pessoas que não puderam fazer ainda aproveitam e fazem hoje, porque durante o dia a gente não tem tempo”, diz.

“Ao invés do usuário ir até o cadastro, nós vamos até o usuário”, explica Néia Astore, coordenadora do cadastro único em Guarapari. O CadÚnico funciona de segunda a sexta, em Muquiçaba e é um requisito para ter acesso a programas do Governo Federal, como o Bolsa Família, EDP Social e a Identidade Jovem.


A ação também contou com o apoio do CRAS de São José e Olaria. O serviço de orientação jurídica foi realizado por meio de uma parceria com a faculdade Dóctum, enquanto os trabalhos de manicure e sobrancelha foram feitos pelas oficineiras que trabalham semanalmente no CRAS.

Ana Maria Cardoso, de 17 anos, ficou sabendo da iniciativa por meio de uma amiga. A moradora do bairro Santa Rosa aproveitou a ação para fazer um retoque nas sobrancelhas. “Eu vim ver o que tinha e me interessei. Achei legal porque ajuda as pessoas que não podem fazer”, destaca.


A psicóloga Evelane Costa, do CRAS de São José, também participou da ação e enfatiza que ações como essa também são uma oportunidade para que a população conheça os serviços oferecidos na cidade, que vão além da documentação. “Temos oficinas de crochê, design de sobrancelha, manicure. Muitas vezes, as pessoas não sabem que tem tudo isso, mas elas podem participar”, enfatiza.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra mais dois óbitos e 21 novos casos

As vítimas fatais da doença residiam nos bairros Santa Mônica e Jardim Santa Rosa

{C71E817C-868B-D668-AE74-DA813B744ECE}

Prefeitura de Alfredo Chaves intensifica ações de enfrentamento à Covid-19

O Município está desinfectando a sede e o interior da cidade com a pulverização de hipoclorito de sódio

Anúncio
Anúncio
ondas

Marinha emite aviso para ondas de até 5 metros em todo o Espírito Santo

O aviso é válido até amanhã (29) e compreende desde o norte do Rio de Janeiro ao Sul da Bahia

carteira-de-trabalho

Sine oferece mais de 20 vagas para moradores de Anchieta

Ao todo, são 28 oportunidades exclusivas para aqueles que residem no município

Anúncio
edson-1024x683

Prefeito de Guarapari tem as contas do exercício de 2012 aprovadas

academiareuniao11

Reunião orienta proprietários para a reabertura das academias em Guarapari

De acordo com a prefeitura, um decreto sobre o tema será lançado ainda nesta semana