Anúncio

Samarco recebe licença para transporte entre os complexos de Germano (MG) e Ubu (ES)

O transporte da polpa de minério de ferro será feito quando a empresa retomar suas operações, o que está previsto para o segundo semestre desse ano

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 15 de maio de 2020 às 15:45
Atualizado em 16 de maio de 2020 às 09:16

Anúncio

O da polpa de minério de ferro
Foto: Reprodução

Na última segunda-feira (11), a Samarco recebeu do Ibama a licença de operação dos três minerodutos,  para o futuro transporte  da polpa de minério de ferro entre os complexos de Germano (MG) e de Ubu (ES), de forma gradual, quando a empresa retomar suas operações.

Concedida pelo Ibama, a LO tem validade de dez anos e unifica as licenças dos três minerodutos da empresa, além de incorporar as torres de transmissão e as estações de bombas existentes ao longo do trajeto, anteriormente licenciados pelo órgão estadual.

A Licença de Operação (LO) dos minerodutos relembra um marco na história da empresa. Há exatamente 43 anos, em 11/05/1977, a Samarco iniciava efetivamente suas operações com a realização do primeiro batch transportado pelo mineroduto, de Ouro Preto até Anchieta, e realizava, posteriormente, o primeiro embarque no Porto de Ubu.

A analista de Meio Ambiente da Samarco, Alessandra de Jesus, explica que as licenças anteriores dos minerodutos eram independentes e estavam vigentes. “Com a unificação das licenças, incorporando também as estações de bombas, é possível fortalecer a  gestão e implementar novos programas ambientais que reflitam a nova fase da Samarco”, afirma.

Em outubro de 2019, a Samarco recebeu a Licença Operacional Corretiva (LOC) para o retorno das operações em Germano e, atualmente, concentra seus esforços na implantação de um novo sistema de disposição de rejeitos, com sistema de filtragem para empilhamento a seco de 80% do rejeito a ser gerado.

Em tempo

Recentemente, a Samarco reafirmou a intenção de retornar as operações da empresa ainda este ano, mesmo diante da pandemia da Covid-19. De acordo com a mineradora, desde o dia 13 de março, a Samarco adotou uma série de medidas preventivas frente à pandemia do novo Coronavírus e está cumprindo todos os protocolos estabelecidos pelas autoridades de saúde. “O objetivo é preservar a segurança dos empregados diretos e indiretos e evitar a disseminação da Covid-19 nas comunidades onde atua”, informou em nota.

  • Com informações da Samarco

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

antonio-ribeiro-artigo-2021-03-12-4

Artigo: futuro endereço do Museu Guarapari está para ser decidido. Participe!

reuniao_PMES_PCES_Seguranca-2021

Novembro teve o menor número de assassinatos dos últimos 25 anos do ES

Anúncio

Anúncio

PHOTO-2021-11-29-15-02-06

Artigo: tomar ou não a vacina? Será que posso ser demitido?

vacina pfizer crianças

Mutirão vai aplicar vacina da Covid-19 para diversos públicos em bairros de Guarapari

Confira público-alvo de cada etapa da vacinação e Unidades de Saúde para cada dia do mutirão

Anúncio

radium-arquvo-foes

Guarapari: novo projeto do Radium Hotel será apresentado nesta terça (07)

reproducao_folhaOvitoria-CDP_Xuri

21 detentos fugiram da Penitenciária do Xuri, em região vizinha à Guarapari

Confira quais são os fugitivos

Anúncio