Anúncio

Sambista de Alfredo Chaves cria música para alertar sobre a Covid-19

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 30 de junho de 2020 às 14:20
Atualizado em 1 de julho de 2020 às 09:13

Anúncio

Sambista de Alfredo Chaves cria música para alertar sobre a Covid-19
Sulinho da Silva escreveu uma música para alertar sobre a importância do isolamento social

A música pode entreter durante a pandemia e também pode conscientizar. Essa foi a intenção do Sulinho da Silva, de 30 anos, quando compôs “Deus vai curar”. Morador de Alfredo Chaves, na região Sul do Estado, o rapaz é vocalista de um grupo de samba e escreveu uma canção otimista sobre a importância do isolamento social quando viu seu bairro, o Macrina, registrar 31 infectados e uma morte pela Covid-19.

“Claro que para fazer uma música dessa pensei logo na minha comunidade, que teve muitos casos e até uma morte. Na minha família têm muitas pessoas do grupo de risco também. Apresentei a letra para o resto do grupo e gravamos. Fiz também porque temos que ter fé, acreditar que Deus vai curar. É o que a gente deve pensar agora”, diz.

Entusiasmado, ele conta que nas redes sociais sua obra já fez sucesso e que inscreveu sua composição no Festival Autoral Pandêmico.

“Os finalistas serão anunciados dia 1º de julho. Após isso o pessoal da internet vai escolher os vencedores. Se ganharmos, vamos cantá-la numa live no perfil do realizador e receberemos um prêmio em dinheiro. Mas o que mais vale mesmo é saber que as pessoas gostaram da música e que a nossa ideia, que é alegrar a galera, tem dado certo”, enfatiza.

Confira a letra de “Deus vai curar”:

A hora do nosso churrasco logo vai chegar

 Agora é hora de nos prevenir e orar

Perdemos pessoas que amamos, sem poder nos despedir

Mas nunca perdemos vontade de voltar a sorrir

Eu sei, está ficando difícil essa quarentena

Mas ficar em casa não é um problema

A gente aproveita esse tempo pra amar!

Estamos passando por esse momento ruim

Não sei se é começo, o meio ou o fim

A nossa certeza é que Deus vai curar!

Eu penso nunca foi tão fácil o mundo salvar

Ficando em isolamento e não vá vacilar

Se estamos na vida corrida, a gente só quer descansar

Agora que estamos com tempo bora aproveitar

Eu sei, está ficando difícil essa quarentena

Mas ficar em casa não é um problema

A gente aproveita esse tempo pra amar

 Estamos passando por esse momento ruim

Não sei se é começo, o meio ou o fim

A nossa certeza é que Deus vai curar

Refrão

Deus vai curar de novo

Deus vai curar seu povo

Isso vai passar

Vamos nos cuidar

Deus vai curar de novo

Deus vai curar seu povo

E quando acabar, volto a te abraçar

Não vá visitar o parente

Temos que ser mais consciente

Só saia de casa se caso você precisar

Não quero que fiquem doentes

 Pessoas de risco ou de frente, fazendo o nosso papel Deus vai curar…

Texto e foto: Clovis Rangel.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

coluna dom antonio rotativo (4)

Moradores de Guarapari questionam sobre vagas para idosos no rotativo

As dúvidas também foram sobre as multas aplicadas aos infratores

Leitos Covid ES

Casagrande anuncia ampliação de mais 30 leitos para atendimento à Covid-19

Anúncio

Anúncio

corona

Covid-19: Guarapari se aproxima dos 200 óbitos e 8 mil casos confirmados

Praia do Morro segue o bairro com mais infectados, 1.153, quase o dobro dos registrados em Muquiçaba, 618, segundo no número de casos

Carteiradetrabalho

47 vagas de emprego estão disponíveis no Sine de Anchieta; 33 para moradores de Guarapari

Os candidatos podem se candidatar a partir de hoje (25)

Anúncio

ultrasonografia_feto_foto-Amina-Filkins-Pexels

Estado e Município devem custear fertilização in vitro de moradora de Guarapari

violência-doméstica-550x293-1

2020 teve menos denúncias e mais prisões relacionadas à violência contra a mulher em Guarapari

Para a titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Guarapari, Dra. Francini Moreschi, pandemia pode ter dificultado denúncias

Anúncio