Anúncio

Santuário São José de Anchieta: novos serviços garantirão uso sustentável do monumento

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 26 de outubro de 2020 às 11:23
Atualizado em 27 de outubro de 2020 às 08:40

Anúncio

Foto: Divulgação.

O Santuário Nacional de São José de Anchieta, patrimônio turístico e religioso mundial, ganhará um café, uma lojinha, uma sala de Ex-Votos e banheiros (incluindo banheiros acessíveis e espaço para trocar fraldas). Serviços que garantirão o uso sustentável do monumento.

Os anexos estão previstos na obra de restauro em andamento, com data de entrega agendada para o segundo semestre de 2020. Localizados numa área lateral, isolada e sem uso, onde, até então, os visitantes não tinham acesso, eles passaram por estudos e estão sendo construídos respeitando e deixando livres a visão da fachada do monumento e dos seus visitantes. A obra, inclusive, é suspensa para que não ocupe o espaço do Santuário e, ao mesmo tempo, preserve a área e sua arqueologia.

“O projeto se pauta numa construção moderna, que respeita todas as normas de restauro e se harmoniza com o Santuário, com suas paredes brancas, com o Arco lembrando a arquitetura da Igreja e da torre de sineira”, explica a presidente do Instituto Modus Vivendi e responsável pelo restauro, Érika Kunkel.

A construção prevê, ainda, uma área de contemplação de toda a cidade, com vistas especiais do rio e do mar, e, junto com o projeto do Santuário como um todo, mudará a história da cidade e de toda a região, agregando altíssimo valor ao turismo e ao seu entorno. As telhas serão as mesmas do Santuário, em formato diferente dos dias de hoje. Elas foram fabricadas especialmente para a obra, a partir de um tamanho padrão atual.

Após sua inauguração, serão realizadas ações educativas com escolas do Estado do Espírito Santo, subsidiando o transporte e a alimentação de mais de 10 mil alunos da rede pública. Promover trabalho, educação e cultura e gerar senso de pertencimento também são objetivos do restauro.

Além dessas obras, o projeto inclui, dentro da construção Jesuítica, a montagem de um Museu, de um Centro de Documentação Jesuítica e de uma Biblioteca, além de acessibilidade e climatização. Importante, tudo respeitando as normas de restauro e a arquitetura jesuítica do século XVI.

O restauro do Santuário Nacional de São José de Anchieta está sendo feito por profissionais especializados, com muito estudo, respeito às normas, responsabilidade e cuidado. Preservar as características originais do monumento, segundo os padrões rígidos internacionais do restauro, é prioridade do Instituto Modus Vivendi.

Érika Kunkel reforça ainda que está não é uma obra pública. Ela é integralmente aprovada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e está sendo realizada pela Lei de Incentivo à Cultura Federal, com patrocínios da Vale e do BNDES.

*Com informações: Mile4 Assessoria de Comunicação.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

casagrande-anuncio-novasrestricoes-2020-03-25

55° Mapa de Risco traz Guarapari em risco alto e mudanças na classificação da Grande Vitória

marcos_gabriel-danca-2021-05-13-8

Aluno de Guarapari é destaque em concurso de dança na Serra

Marcos é aluno do 1º ano da escola municipal Florisbela Lino Bandeira, no bairro Aeroporto

Anúncio

Anúncio

Foto: Arquivo/Folha

Temperaturas devem continuar baixas em Guarapari e região no fim de semana

qualificar_es_ampliacao-2021-05-14

Qualificar ES abre 111 mil novas vagas e apresenta novidades

Governador também enviou à Assembleia Legislativa um Projeto de Lei para institucionalizar o Programa

Anúncio

camara_gestao_120-dias-2021-05-14-2

Atual gestão da Câmara de Guarapari economiza R$1 mi e alcança recorde de transparência

pc_prisao_anchieta-2021-05-14

Operação Estado Presente prende suspeito de duplo homicídio em Anchieta

Homem detido é suspeito do assassinato de mãe e filho, no bairro Jerusalém

Anúncio