Anúncio

Secretaria divulga balanço das ocorrências durante 2º turno no Estado

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 29 de outubro de 2018 às 09:22
Atualizado em 29 de outubro de 2018 às 09:22

Anúncio

A votação desse domingo (28) elegeu o candidato Jair Bolsonaro (PSL) como novo presidente da República.

Secretaria divulga balanço das ocorrências durante 2º turno no Estado

O Espírito Santo registrou cinco ocorrências de crimes eleitorais durante o segundo turno das eleições 2018, realizado nesse domingo (28). Os dados foram contabilizados pelo Centro Integrado de Comando e Controle, estabelecido na Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesp).

Dos cinco casos, três detenções: uma por boca de urna outras duas por violação de sigilo, que culminaram em três termos circunstanciados. Nessas situações, a Polícia Militar conduziu os envolvidos para as devidas providências da Polícia Civil e da Polícia Federal, que tiveram o papel de polícia judiciária nessas ocorrências durante as eleições. No primeiro turno, esse número de detenções chegou a 62.

A Sesp ressaltou que a eleição seguiu sem maiores intercorrências. Foram mais de seis mil agentes da segurança pública, entre policiais civis e militares e bombeiros, empregados no esquema que manteve a ordem no Espírito Santo. “O capixaba pôde votar com tranquilidade. Todo o planejamento feito para as eleições foi executado da melhor forma possível. Nosso compromisso é com o povo e com a democracia”, destacou o secretário de Estado da Segurança Pública, Nylton Rodrigues.

Descrição dos casos

Violação de sigilo de voto
Os dois casos aconteceram em zonas eleitorais de Vila Velha. As situações foram semelhantes, nas quais os eleitores fizeram selfies na cabine eleitoral, o que é expressamente proibido, e os mesários acionaram as autoridades policiais. Os dois eleitores foram conduzidos à sede da Polícia Federal, em Vila Velha, para esclarecimentos. Eles assinaram termo circunstanciado e foram liberados.

Estelionato em local de votação
Em Cachoeiro, uma eleitora chegou ao local para votar e uma outra pessoa já tinha votado no seu lugar. Diante da situação, a eleitora acionou a polícia.

Boca de urna
Foram dois casos em Vitória. Um deles resultou em uma detenção. Um eleitor flagrado distribuindo santinhos de um dos candidatos à Presidência da República. Situação ocorreu em frente ao Ifes de Vitória. Ele foi conduzido à sede da Polícia Federal, em Vila Velha, assinou termo circunstanciado e foi liberado.

  • Com informações do Centro Integrado de Controle e Comando da Secretaria de Estado da Segurança Pública

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

transcol-cartao-gv-transporte-onibus

Tarifa dos ônibus de Guarapari passa a R$3,80 no domingo (31)

mulheres_conselho_municipal

Guarapari lança edital para compor Conselho Municipal de Direitos das Mulheres

Assembleia para definição da composição acontecerá no dia 22 de fevereiro

Anúncio

Anúncio

Marcos Santos/USP Imagens Carteira de trabalho

75 vagas de trabalho no Sine de Anchieta; há oportunidades para moradores de Guarapari

policia_civil_tentativa_de_esfaquear

Sobrinho esfaqueia tio e é detido em flagrante em Guarapari

Anúncio

rosana_pinheiro_projeto_situacao_de_rua_repas

Em reunião do Repas, vereadora de Guarapari apresenta proposta para pessoas em situação de rua

assistencia_social_guarapari

Guarapari realizou 14 recambiamentos de pessoas em situação de rua em 2021

Anúncio