Anúncio

Sequência de assaltos a prédios na Praia do Morro assusta moradores em Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 15 de fevereiro de 2019 às 18:41
Atualizado em 15 de fevereiro de 2019 às 18:58
Anúncio

No mês de fevereiro alguns prédios do bairro foram invadidos e roubados

Na manhã de hoje (15), através de uma rede social, uma moradora da Praia do Morro em Guarapari registrou o assalto que aconteceu no prédio onde mora na Avenida Praiana. De acordo com a postagem, não iremos identificar os personagens desta matéria, uma mulher magra, morena clara, cabelos presos, cacheados, tingidos de vermelho vestindo short jeans curto e uma blusa de alça vermelha interfonou nos apartamentos do prédio contando sempre a mesma história, que era nova moradora e que havia perdido a chave, até conseguir entrar.

Praia do Morro. Foto: Hamilton Garcia

Dentro do local, onde poucos apartamentos têm moradores fixos, a mulher tocou a campainha de vários apartamentos e quando atendida solicitava ajuda de R$ 26 para completar o pagamento de remédios para o filho doente. Ela alegava que a criança havia sido atendida na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde passaram os medicamentos, e que o marido estava viajando. Quando chegou à casa do zelador, que fica no térreo, ela pegou um celular na casa e uma bicicleta na garagem enquanto ele pegava dinheiro para ajudá-la.

“Foi à pior sensação, de insegurança total. Quando bateu aqui em casa ela tentou entrar direto, mas fiquei na porta impedindo. Imagina se ela tem uma arma?”, relatou à denunciante acrescentando que o zelador ficou de fazer o Boletim de Ocorrência (BO) o quanto antes para solicitar as câmaras de segurança do prédio.

Ainda segundo a postagem, a mulher é uma golpista que está indo de prédio em prédio para roubar o que conseguir. No dia anterior (14) ela teria realizado o mesmo procedimento em um prédio vizinho ao assaltado hoje.

Outros casos

Desde o início do mês de fevereiro casos de assaltos a prédios no bairro Praia do Morro estão vindos à tona. São roubos ligados a um mesmo casal, que às vezes age separado, e levam em sua maioria bicicletas e celulares. O homem entra com facilidade na garagem dos locais sem contato com ninguém, já a mulher, costuma inventar histórias como a relatada acima ou se dizendo diarista. No dia 07, por volta das 14h, na Avenida Oceânica, um homem entrou na garagem e roubou uma bicicleta. Na mesma semana uma mulher entrou em outro prédio se dizendo diarista e ainda pediu dinheiro a uma moradora do local. Ela levou uma bicicleta e uma cadeira de praia. No dia 12 por volta das 00h30, na Avenida Atlântica, um homem entrou na garagem de um prédio, olhou, voltou para a entrada, falou com uma mulher e depois pegou duas bicicletas que estavam amarradas juntas atrás de um carro.

Foto: Arquivo Folha.

A redação do folhaonline.es recebeu o número do Boletim de Ocorrência (BO) do crime do dia 12 de fevereiro e procurou a Polícia Civil, que respondeu em nota.

“A Polícia Civil informa que até o momento nenhum suspeito do crime foi detido. O caso segue sob investigação da Delegacia Especializada de Segurança Patrimonial (DSP) de Guarapari, e outras informações não serão passadas, no momento, para não atrapalhar as investigações. 

A PC orienta que as vítimas desse tipo de caso registrem a ocorrência em qualquer delegacia, munidas de todo material que comprove o crime e que auxilie a polícia no trabalho de investigação. A Polícia conta com a colaboração da população e qualquer contribuição para identificação de suspeitos podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia 181 ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br, o sigilo e anonimato são garantidos. No site, é possível a pessoa anexar imagens e vídeos de ações criminosas. No ano de 2018, o serviço do Disque-Denúncia ajudou a levar 896 criminosos para a cadeia”. 

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Ideb-11072019

Educação de Guarapari destaca-se como melhor Ideb entre os municípios da região metropolitana

praia cheia feriado

Qual é a verdadeira vocação turística de Guarapari, hoje?

Anúncio
Anúncio
imagem para o artigo

Artigo: É possível realizar divórcio online?

upaa-550x413

Cidade Saúde completa 129 anos e profissionais da UPA Guarapari falam sobre enfrentamento à pandemia

Os profissionais da saúde acreditam que esse é um momento passageiro e, em breve, datas como essa poderão voltar a ser comemoradas coletivamente

Anúncio
verão-550x367

Covid-19: Guarapari é classificada como “Risco Baixo”; o município tem 3.198 casos confirmados

O ES tem três municípios em risco moderado e 75 em risco baixo. Não há mais municípios em risco alto

jb

JB completa 30 anos como parceiro para toda obra dos moradores de Guarapari

A loja de material de construção está realizando a campanha “Aniversário do Bem”, que premiará um cliente e uma instituição social do município

Anúncio