Anúncio

Setac lança campanha para centralizar iniciativas de amparo à pessoas em situação de rua de Guarapari

Por Gislan Vitalino

Publicado em 18 de agosto de 2021 às 13:55
Atualizado em 19 de agosto de 2021 às 15:05

Anúncio

Panfletagem aconteceu na manhã desta quarta-feira (18).

A Secretaria Municipal de Trabalho, Assistência e Cidadania (Setac) realizou, na manhã desta quarta-feira (18), o lançamento de uma campanha para o cadastro e qualificação das formas de ajuda da população em situação de rua no município. Para o lançamento, foi realizada uma ação de panfletagem na entrada da ponte de Guarapari, em Muquiçaba (Praça do Guará).

De acordo com a secretária da pasta, Breila Mardegan, objetivo da campanha é apresentar os serviços prestados e abrir para a população a possibilidade de atuar em colaboração com a Setac nas iniciativas para amparar a população em situação de rua. “A gente pode atingir muito mais os nossos objetivos de ajudar essa população se trouxermos essas iniciativas para dentro dos nossos aparelhos. Então, se há uma iniciativa de doação, vamos fazer isso dentro do Centro Pop porque lá, além de alimentação, também vamos poder ofertar o apoio de uma assistente social e de um psicólogo”, explicou a secretária.

Secretária, Breila Mardegan, frisou que o trabalho com a população de rua vai além do amparo imediato.

Através dessa iniciativa, a Setac busca direcionar as iniciativas de apoio, doações e amparo à essa população aos aparelhos públicos, para que, além de receber um amparo imediato, as pessoas em situação de rua tenham acesso ao trabalho mais amplo ofertado pela Prefeitura. “A ideia é que essa população esteja alimentada, tenha sua dignidade preservada, mas também vamos permitir que eles tenham acesso à mecanismos para superar a situação de rua”, frisou Breila Mardegan.

Segundo a secretária, a ação que se iniciou hoje deve continuar acontecendo de forma contínua, buscando o diálogo com iniciativas de apoio diretas da população e com entidades da sociedade civil que também realizam trabalhos junto à população de rua.

Também presente na ação, a coordenadora do Centro de Referência Especializado para a População em Situação de Rua de Guarapari (Centro Pop), Nêmora Martins, frisou a importância de ações como a de hoje. “É muito importante informar essa população do trabalho realizado com essa população no Centro Pop. Existe esse esforço da equipe em trabalhar com essas pessoas a superação de rua”, explicou.

A coordenadora do Centro Pop explicou a importância de que as pessoas conheçam o trabalho realizado no local.

Nêmora explicou também que o trabalho realizado com essa população no Centro Pop é amplo e precisa do apoio da população e das organizações da sociedade civil. “Lá existe esse trabalho que vai além da abordagem nas ruas, promovendo a reintegração familiar, amparando quando eles manifestam o desejo de tratamento e de se afastar do álcool e das drogas, e resgatando a dignidade através da reinserção também no mercado de trabalho”, frisou a coordenadora. O Centro Pop está localizado na Av. Dalva Simões Rocha, no bairro Perocão (próximo ao posto de gasolina Rede Torres).

Para colaborar com as ações de apoio e amparo à população de rua, está sendo realizado um cadastro de doadores e de formas de doação e apoio. Os interessados podem entrar em contato com com a Setac através dos telefones (27) 3362.1220 e (27) 99987.5590.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Anchieta-Credito-da-Foto-Andrews-Quinteiro_

Pelo quarto ano consecutivo, Anchieta recebe nota A do Tesouro Nacional

pfizer

Guarapari: ação de vacinação sem agendamento para adolescentes com comorbidades

Anúncio

Anúncio

ameazul-praia

Moradores da Enseada Azul, em Guarapari, realizam ação de limpeza neste sábado (18)

Ação é uma adesão ao Dia Mundial da Limpeza

Comunicado - 17-09-2021

Comunicado – 17/09/2021

Anúncio

pfizer

Vacinação dos adolescentes é mantida no Espírito Santo

O Ministério da Saúde suspendeu a imunização do público de 12 à 17 anos sem comorbidades

afrochaves-estacao-da-cultura-2021-09-16-4

Resistência preta marca abertura do Estação da Cultura em Alfredo Chaves

Anúncio