Anúncio

Sindicig doa pisos para obra da nova sede da Apae

Por Yasmin Vilhena

Publicado em 8 de julho de 2016 às 11:18
Atualizado em 8 de julho de 2016 às 11:18

Anúncio

A Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Guarapari está lutando para concluir a obra de sua nova sede. Recentemente, a instituição recebeu a ajuda de associados do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Guarapari (Sindicig), que fizeram uma colaboração de R$ 12 mil em pisos industriais para o primeiro pavimento do prédio.

ApaeA obra, que teve início em 2010, ainda está longe de ser totalmente finalizada. Até o momento, apenas 40% dela está concluída, segundo a presidente da instituição, Luciane Cerutti Pádua. O primeiro pavimento, que está em fase de acabamento, precisa ficar pronto até o final do mês, quando vence o contrato da atual sede. “O aluguel daqui está garantido até o fim de julho. Em agosto, precisamos nos instalar no novo prédio”, disse.

Para dar continuidade ao trabalho realizado pela instituição, a colaboração de toda a sociedade é importante. O presidente do Sindicig, Fernando Otávio Campos da Silva, afirma que a entidade é parceira da Apae e, para ajudar na obra, reuniu seus associados em uma campanha para comprar e instalar o piso no primeiro andar do prédio.

“Por meio de seus associados, o Sindicig fez a doação de R$ 12 mil em pisos industriais, que já foram instalados, cobrindo quase todo o pavimento”, conta Fernando. Ele ainda aproveitou para destacar a importância da Apae: “É uma instituição extremamente necessária para o município. Ela traz muitos benefícios para a comunidade, prestando atendimentos essenciais”.

Apesar de contar com a ajuda de muitos parceiros, a instituição ainda necessita de itens para a finalização desse pavimento, como material elétrico, tinta, janelas, portas, entre outros. Com a conclusão do primeiro andar, a Apae se muda para a nova sede, localizada no bairro Itapebussu. O prédio, que irá dispor de um espaço mais apropriado, com instalações melhores, terá capacidade para atender 300 alunos, mais do que o triplo da quantidade atendida atualmente.

Além das doações, a instituição arrecada fundos por meio da realização de eventos e de seu brechó, o “Apaexonados”, que funciona de segunda a sexta, das 15h às 18h, na galeria do Condomínio Praia da Maruja (ao lado do Hotel Quatro Estações), na Avenida Beira Mar, Praia do Morro. Vale lembrar que toda a verba é revertida para a Apae.

A instituição conta com a solidariedade alheia para manter a qualidade nos serviços oferecidos. Os interessados em ajudar na obra da nova sede podem entrar em contato com Flávia ou Bruna através do telefone 3361-3300.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

rambutan-1

Rambutan: fruta exótica no Brasil é produzida em Guarapari

De origem asiática, o fruto é encontrado na propriedade do José Antônio Ofrante, em Rio Claro

Crimes virtuais

Artigo: crime virtuais; como se proteger e denunciar

Anúncio

Anúncio

guara-de-ouro-gri-2021-09-18-2

Guará de Ouro: solenidade homenageia lideranças locais e do ES que trabalham por Guarapari

capa_Medidor-de-velocidade-radar-FernandoMadeira-ales

Assembléia aprova lei que proíbe radares ocultos em estradas do ES

Anúncio

73o-MAPA-DE-RISCO-20.09-a-26.09

Governo do Espírito Santo divulga 73º Mapa de Risco Covid-19

vacina_es

Guarapari abre novo agendamento para terceira dose de vacina da Covid-19

Serão atendidos idosos com 60 anos ou mais que tomaram segunda dose de qualquer vacina da Covid-19 há cinco meses ou mais

Anúncio