Anúncio

Sintrag quer explicação da Prefeitura sobre arquivamento de mais de 30 processos

Por Gessika Avila

Publicado em 6 de abril de 2016 às 19:27
Atualizado em 7 de abril de 2016 às 11:18
Anúncio
Diretoria do Sintrag alega que arquivamento de processos mostra falta de diálogo da Prefeitura de Guarapari

Diretoria do Sintrag alega que arquivamento de processos mostra falta de diálogo da Prefeitura de Guarapari

Há cerca de 50 dias, o Sindicato dos Trabalhadores de Guarapari (Sintrag) espera resposta da Prefeitura sobre o arquivamento de 11 processos protocolados pela entidade. Os documentos requerem benefícios para mais de 4 mil funcionários públicos da administração municipal. Diante da demora do retorno, o Sintrag convocou uma coletiva nesta quarta (06/04) para expor a situação para a imprensa.

De acordo com a presidente do sindicato, Rosemary Abud, em dezembro de 2015, a Prefeitura arquivou sumariamente mais de 30 processos do Sintrag. Entre os assuntos requeridos nos documentos estão a implantação da Sub Gerência de Medicina e Segurança do Trabalho na Secretaria de Administração, a concessão da progressão dos servidores, a aplicação do piso nacional dos agentes de combate a endemias e agentes comunitários de saúde, e a devolução de valores descontados dos servidores em período de greve realizada em 2015.

“Nossa greve, ano passado, não foi considerada ilegal e temos direito à devolução do valor descontado, mas até agora não houve esse ressarcimento. Além disso, temos agentes de saúde ganhando abaixo do piso nacional, pedimos a reformulação do nosso estatuto e várias outras providências, mas não temos resposta a essas questões. Queremos que o prefeito dialogue conosco, nos dê resposta. Ele tem o mês de abril para dar esse retorno, porque em maio temos nossa data-base. A falta de diálogo da administração prejudica toda a categoria”, diz a presidente.

Servidores querem 10% de aumento

Mais de 400 servidores municipais estiveram reunidos em assembleia geral, na semana passada, quando formularam uma pauta de reivindicações à Prefeitura de Guarapari. No documento, está o pedido de reajuste de 10% nos salários retroagindo à data base de maio de 2015, a instituição de tíquete alimentação no valor de R$ 480 e tíquete feira de R$ 50, além da garantia de pagamento de abono no final do ano. Os pontos requeridos em processos arquivados pelo Executivo, no final do ano, também foram incluídos na pauta de reivindicações. “Esperamos que o prefeito pelo menos dialogue com a categoria para chegarmos a um consenso”, diz Rosemary.

No ano passado, a Prefeitura ofereceu um reajuste de 4% para os servidores, que se reuniram em assembleia e recusaram o aumento.

A Prefeitura de Guarapari foi procurada e informou, por meio de nota, que ainda não foi comunicada oficialmente sobre as solicitações do Sintrag.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

ciclismo

Equipe de Guarapari é destaque em Campeonato Estadual de Ciclismo

Atletas conquistaram a primeira colocação em diversas modalidades e o segundo lugar geral por equipes

mãe Ênis1

Morre mãe do presidente da Câmara Municipal de Guarapari

Anúncio
Anúncio
aulas presenciais

Governo do ES autoriza retorno das aulas presenciais em cidades de Risco Moderado

Anúncio foi feito no início da tarde desta quarta-feira (25) pelo governador Renato Casagrande

Doação-de-sangue-foto-estudio-matri

Sesa e Hemoes promovem semana de conscientização para doação voluntária de sangue

A programação vai acontecer entre os dias 23 e 26 de novembro com o intuito de conscientizar a população sobre a importância da doação contínua

Anúncio
Epa-Ipiranga-Foto-Hamilton

EPA inaugura novo supermercado em Guarapari

Angélica Paixao Escola (2)

Estado mantém o mês de fevereiro para iniciar aulas em 2021

Anúncio