Anúncio

Suporte para lixo. Sem custo à prefeitura.

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 18 de março de 2018 às 15:00
Atualizado em 14 de março de 2018 às 17:11
Anúncio

Antônio Ribeiro (*)

Mais uma ideia simples para resolver um problema crônico da maioria das cidades: sacolas furadas e lixo esparramado. E o melhor: sem despesas extras para a prefeitura, pelo contrário, com uma possibilidade de ganho adicional com a ideia.

Como muitas sacolas de lixo são colocadas no chão, os cachorros, atraídos pelo cheiro, as rompem buscando comida e reviram tudo para encontrar alimento. Algumas vezes os próprios catadores são os responsáveis pelo desmanche delas.

Sempre procurando soluções simples, até porque o momento não é de mais ou muitos gastos, a ideia para tentar solucionar este problema é uma cinta com suportes para ser colocada em todos os postes, onde seria pendurado o lixo.

Para melhor entendimento coloco uma foto da ideia.

Esta cinta teria 15 a 20 cm de largura, com presilha para fechar a cinta e ganchos onde seriam penduradas as sacolas de lixo. A cinta além de fixação, teria espaço para publicidade da empresa que se dispuser a patrociná-la.

Um grupo de empresas candidatas a patrocinar as cintas de lixo, são as operadoras de telefonia, visto serem de interesse da maioria e já terem com a empresa proprietária dos postes, um relacionamento para colocação dos cabos.

O lugar dos postes é sempre nas calçadas e como os postes mantem uma distância padrão entre eles, a distribuição dos suportes de lixo já está garantida. O formato cilíndrico da maioria também facilita a colocação.

Não pretendo resultado financeiro com a ideia e a disponibilizo para a Prefeitura Municipal de Guarapari, que a poderia patentear e ganhar com os royalties para a cessão dos direitos de uso aos demais municípios.

Afora este possível ganho financeiro, está a possibilidade de Guarapari ir se caracterizando como inovadora em soluções de problemas cotidianos e assim ir ganhando espaços na mídia e com isso mais turistas.

Se adotada a sugestão anterior, das sacolas ecológicas, os catadores de lixo teriam facilitado o seu trabalho, pela diferenciação de cores branca e verde, não precisando abrir as sacolas para saber o conteúdo.

 

(*) O autor é administrador, especialista em marketing pela PUC-PR, máster em administração de negócios pela FGV-PR; ministrador de mais de 600 cursos e palestras de marketing, motivação e sucesso profissional, sendo 99 no exterior.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Mais uma morte pelo novo Coronavírus em Guarapari

Dos 3.742 moradores de Guarapari que contraíram o vírus, 3.470 estão curados 8 hospitalizados e 124 vieram a óbito

fora edson

Guarapari: placa com #ForaEdson é retirada, mas autor recorre contra decisão judicial

Anúncio
Anúncio
Júlio César

STF julga processo iniciado por universitário de Guarapari

Júlio César Carminati deu início ao pedido de Habeas Corpus coletivo em 2018

cesan-guarapari

Cesan nega comunicado de paralisação de abastecimento para Anchieta e Guarapari

Anúncio
Bárbara Hora

Conheça as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari: Bárbara Hora

Litza Aoni (2)

Advogada cria loja com produtos à base de cannabis, em Guarapari

Anúncio