Anúncio

Suspeitos de roubo e tentativa de latrocínio são presos por policiais civis em Guarapari

As investigações apontam que um dos suspeitos era ex-funcionário da vítima

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 6 de junho de 2020 às 11:11
Atualizado em 7 de junho de 2020 às 08:33
Anúncio
Foto: Reprodução.

A equipe da Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Guarapari, com o apoio das demais delegacias do município, prendeu, nessa quinta-feira (04), dois suspeitos de roubo e tentativa de latrocínio. O detido de 36 anos foi preso no bairro Sol Nascente. Já o de 22 anos, teve o mandado de prisão cumprido na delegacia, porque já estava preso por outro crime.

De acordo com o responsável pelo caso, delegado Guilherme Eugênio Rodrigues, o crime aconteceu em setembro de 2018 e um dos suspeitos era ex-funcionário e amigo íntimo de uma das vítimas. “Depois de quase dois anos de investigações, que demandaram a obtenção de várias autorizações judiciais, descobrimos a participação dele. O suspeito prestou informações aos seus comparsas sobre a rotina da vítima, a existência de um cofre na casa dela e sobre as vulnerabilidades do local”, ressaltou.

Ainda segundo o delegado, na ocasião, o ex-funcionário prestou socorro às vítimas. “De forma dissimulada, ele as levou ao hospital para avaliar o que elas sabiam sobre o ocorrido. Interrogado em ato filmado na delegacia, ele admitiu a participação no crime”, disse Guilherme Eugênio.

O outro mandado de prisão suspeito já estava preso por envolvimento em um homicídio e recebeu mais uma ordem de prisão. Cinco pessoas foram identificadas nesse latrocínio tentado. Na última sexta-feira (29), outros três suspeitos foram presos.

“Durante as investigações, os policiais descobriram que os autores procuraram saber se, após o crime, as vítimas haviam acionado a polícia e se a arma deixada por eles no local dos acontecimentos havia sido apreendida. Eles pretendiam roubar a casa novamente e recuperar a referida arma, mas, ao saber que a polícia a havia apreendido, desistiram do segundo crime”, completou.

Os suspeitos foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Guarapari, onde permanecem à disposição da Justiça.

Sobre a tentativa de latrocínio

O crime ocorreu na madrugada do dia 15 de setembro de 2018, em uma residência do bairro Bela Vista, em Guarapari. “Na época, os três detidos encapuzados e armados, arrobaram a porta da casa na qual uma idosa morava com o filho com o intuito de roubar um cofre que havia no local”, disse Eugênio.

De acordo com o delegado, enquanto os suspeitos exigiam a abertura do compartimento, eles entraram em luta corporal com uma das vítimas. “As duas vítimas foram severamente agredidas e precisaram de socorro médico. Em meio à luta, um disparo de arma de fogo foi executado, mas a arma caiu no chão e, felizmente, não atingiu ninguém.  Logo após o disparo, os suspeitos fugiram levando o celular e o cordão metálico e deixando a arma para trás”, afirmou.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Mais uma morte por coronavírus em Guarapari; Sobe para 841 número de curados

O município registra, hoje (07), 1148 casos da doença e 51 óbitos

remedio

Prefeitura de Guarapari formaliza pedido para uso da cloroquina

A cloroquina é distribuída pelo Estado aos municípios após verificação do protocolo, para regulamentação do uso

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Laboratório de Guarapari é notificado pelo Procon por cobrar taxa em exame de Covid-19

Agência Nacional de Saúde (ANS) incluiu o exame de detecção do coronavírus na lista de procedimentos obrigatórios para os beneficiários de planos de saúde

virginia_gotardo

Aniversariante opta por cestas básicas como forma de presente em Guarapari

O que for arrecadado será entregue à algumas instituições de idosos e crianças, em Guarapari.

Anúncio
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Bolsonaro testa positivo para o novo coronavírus

Desde a noite da última segunda-feira (06), quando apresentou os primeiros sintomas, o chefe do executivo cancelou a agenda da semana

óbitos covid

Guarapari perto dos 5% de óbitos por Covid-19

Dos 1.117 casos confirmados na cidade, 50 chegaram ao óbito.

Anúncio