Anúncio

Tarde de solidariedade marca chá beneficente tradicional em Guarapari

Por Sara de Oliveira

Publicado em 25 de outubro de 2019 às 18:42
Atualizado em 25 de outubro de 2019 às 18:42
Anúncio

Em sua 9ª edição, o Chá Beneficente Pessoas de Valor encheu o espaço da boate LuAzul, com o objetivo de arrecadar fundos para cinco instituições de Guarapari.

Foto: Reprodução/Foto na Mão.

O chá beneficente “Pessoas de Valor” contou com mais uma edição de sucesso em Guarapari. Pelo 9º ano consecutivo, o evento promoveu uma tarde de solidariedade e ajuda ao próximo. A programação realizada no último domingo (20), que tem o intuito de arrecadar fundos para instituições do município, lotou o espaço da boate LuAzul, em Meaípe.

De acordo com a médica Beth Pádua, uma das organizadoras da ação, o evento deste ano superou as expectativas. “A gente vendeu todos os lugares disponíveis e se tivesse mais, teríamos vendido mais”. Música, performances e um leilão animaram a tarde de domingo. Um desfile de moda com algumas lojas da cidade também fizeram parte da programação.

Beth Pádua e Dora Nossa, organizadoras do evento. Foto: Felipe Vieira.

Para que o chá fosse realizado, foram seis meses de preparação, e uma média de 50 pessoas envolvidas, entre colaboradores e patrocinadores. Todo o dinheiro do evento será destinado para as instituições Crescer com Viver, Portal da Luz, Salvamar, Mão Amiga e para as obras da Igreja Nossa Senhora da Conceição.

A empresária Dora Nossa também é idealizadora do projeto e explica que quatro instituições ajudadas são fixas e recebem o dinheiro arrecadado anualmente. “A gente acredita muito no trabalho delas e sempre visitamos quando é possível. A gente sabe da transformação deles nesse período. Instalações que eram precárias hoje são ótimas, tudo em virtude desse dinheiro que a gente repassa”.

Representantes das instituições apoiadas.

Com menos de uma semana da realização do chá, as idealizadores já pensam na edição do ano que vem. “Eu não consigo mais nem enxergar a gente não fazendo o evento. Algumas dessas instituições precisam desse dinheiro pra se manter. A gente está sempre pensando em conseguir arrecadar mais, pra poder doar mais”, declarou Beth.

Dora enfatiza que o projeto é uma forma de impulsionar o trabalho que é desenvolvido pelas entidades apoiadas. “A gente tem muito problema social no nosso país e essas instituições desempenham um papel muito importante para a sociedade, que é minimizar esse problema social”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

antonio capa

Guarapari: Família pede doações de sangue para idoso de 81 anos que está na UTI

Renato Antônio Massad Vieira foi internado ontem (22) e, com a escassez de sangue nos bancos, precisa de doadores

chuva

Após forte chuva, Defesa Civil identifica dois pontos de deslizamento de terra em Guarapari

Apesar disso, não há registros de famílias desabrigadas em decorrência da chuva no município

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Sine Anchieta: Mais de 90 vagas abertas com oportunidades na área da Samarco

Há oportunidades para moradores de Guarapari, Anchieta e Piúma

dna (5)

Chuva e vento destroem refeitório de fábrica, em Guarapari

Anúncio
e39d896a-88d6-4014-a632-46f2afd7a5d5

Grupo promove ação de limpeza do Rio Una em Guarapari e convida voluntários

Há 16 anos o “S.O.S Rio Una” coleta lixo sólido das margens do Rio Una, além de promover ações de conscientização

Foto: Reprodução

Covid-19: mais 27 pessoas se curam da doença em Guarapari

Anúncio