Anúncio

Taxistas querem barrar Uber

Por Natália Zandomingo

Publicado em 2 de dezembro de 2016 às 18:01
Atualizado em 2 de dezembro de 2016 às 18:01

Anúncio

taxi

Os taxistas de Guarapari não estão satisfeitos com a entrada da Uber em Guarapari. O aplicativo, que oferece transporte particular através de um toque no celular, começou a ganhar adeptos na cidade e a categoria de taxistas começa a planejar ações contra a concorrência.

Segundo o presidente da Associação dos Taxistas de Guarapari, Paulo Silas Vidal, a associação vai entrar com pedido na Câmara de Vereadores para impedir a regulamentação. “Vamos procurar o legislativo e também o judiciário. Essa empresa não é legalizada na cidade”. De acordo com o representante, os taxistas não descartam a possibilidade de realizar manifestações. “Se for preciso vamos parar a cidade”, afirmou.

Silas acredita que a Uber promete um ganho que não é real para os motoristas. “As pessoas vão se tornar escravas desse aplicativo. A multinacional que vai ganhar, não o motorista. Além disso, o usuário vai ficar contra a gente. Mas precisamos pagar uma taxa de R$ 300,00 todo o mês para a prefeitura e contribuir anualmente com o ISS [Imposto sobre serviço]. Sem contar que muito colegas pagam R$ 1500,00 de prestação do carro que com a nova licitação precisa ser novo”.

Diego Marinho.

Diego Marinho.

Nas ruas a população aprovou a novidade. O sommelier Diego Marinho, de 31 anos, tem um irmão que dirige com a Uber no Rio de Janeiro. Ele se mostrou favorável. “Acho que ajuda. Sei que tem umas diferenças nos preços e nas taxas que desagrada os taxistas, mas para a população que não pode pagar caro é bom”.

Amanda Timóteo.

Amanda Timóteo.

A estudante Amanda Timóteo, 19 anos, mora em Guarapari e estuda em Vitória. Ela já usou o aplicativo na capital e gostou. “É mais rápido e barato. Recomento. Só não é bom quando tem muitos carros rodando porque eles multiplicam o valor e acaba saindo mais caro”.

Quem também achou interessante foi a vendedora Simone dos Santos, 30 anos. Para ela o bom taxista não vai perder espaço. “Quem já tem cliente e atende bem não vai perder porque as pessoas gostam de ter em quem confiar”.

Assessoria do aplicativo não confirma atuação na cidade

Em nota, a assessoria de comunicação da Uber não confirmou que está operando no município, mas admitiu que parceiros de Vitória acabam pegando passageiros na cidade. “Existe um fluxo muito alto de usuários que transitam de Vitória para outras cidades da região metropolitana, como Guarapari. Por isso é natural que motoristas parceiros circulem por estas cidades, apesar da Uber não operar de fato nelas. Estamos constantemente avaliando a possibilidade de novas cidades receberem a Uber, como já acontece em mais de 480 cidades no mundo. Parte dessa avaliação, que é feita em vários níveis, inclui buscar talentos e compartilhar informações com os cidadãos que queiram ter uma nova oportunidade de renda com autonomia, flexibilidade e dignidade dirigindo na plataforma da Uber”.

Prefeitura não foi comunicada

A prefeitura esclareceu que ainda não foi oficializada a atuação da Uber e que não existe regulamentação do serviço em Guarapari. Caso a empresa apresente intenção de explorar o serviço no município, deverá abrir uma sede no município e buscar a regulamentação para recolher os tributos devidos.

Leia também

Uber vai cadastrar motoristas para aumentar oferta em Guarapari

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

eduardo-junho-vermelho-doacao-de-sangue

Junho Vermelho: em Guarapari ações e campanhas incentivam doação de sangue

Trabalho visa contribuir com difícil tarefa do Hemoes*

gabriel-musica-2021-06-19

Dia do Orgulho Autista: conheça o cantor de Guarapari, Gabriel da Silva Carvalho

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2021-06-18-at-13.15.02

Artigo: uma Guarapari diferente por usar melhor os seus templos ociosos

o-que-e-um-curso-profissionalizante-descubra-aqui

Qualificar ES abre 101 vagas em cursos presenciais, com oportunidades para Anchieta

Anúncio

IMAGEM-DE-DESCRIÇAO-DO-ARTIGO

Artigo: empréstimo consignado não autorizado; como cessar descontos e pedir indenização

bicicleta-ciclismo-pixabay-2021-06-19

Espírito Santo tem média de cinco bicicletas furtadas por dia

A Secretaria Estadual de Segurança Pública informou que o índice caiu em comparação ao ano passado

Anúncio