Anúncio

Taxistas são autuados por não utilizarem taxímetro

Por Yasmin Vilhena

Publicado em 20 de maio de 2016 às 20:52
Atualizado em 23 de maio de 2016 às 18:43
Anúncio

Taxistas foram surpreendidos na tarde desta sexta-feira (20) em Guarapari. A Secretaria Municipal de Fiscalização realizou abordagens aos táxis que passavam pela ponte da cidade, no sentido Muquiçaba – Centro, com a intenção de verificar o uso do taxímetro.

fiscalização táxisDe acordo com o secretário municipal de Fiscalização, Danilo Bastos, o objetivo da ação era constatar se os veículos estavam regulares. “Estamos aferindo a utilização dos taxímetros. Abordamos tanto o usuário quanto o taxista, para verificar se o taxímetro realmente está sendo utilizado”.

Ele ainda afirmou que outras ações como essa serão realizadas no município, para coibir irregularidades no transporte de passageiros. A ação durou cerca de uma hora e pelo menos três veículos foram autuados por não estarem com o taxímetro ligado.

Entre os taxistas notificados estava o presidente da Associação de Taxistas de Guarapari, Paulo Silas Vidal Benevenuto. Ele estava com uma passageira no banco do carona e o taxímetro encontrava-se desligado. O taxista alegou que a passageira era uma amiga e que estava apenas dando uma carona, mas não ficou livre da autuação.

“Eu estava levando uma amiga minha, estava dando uma carona a ela até o Centro. Não era uma cliente, por isso não liguei o taxímetro”, afirmou Paulo, que irá recorrer da notificação.

Anderson Silva Victor, taxista há nove anos no município, também foi parado durante a fiscalização. Ele transportava o pai e um primo no veículo. “Eu saio da minha casa, com a minha família, e tenho que cobrar pela corrida? Eu ligo o taxímetro para atender clientes”, reclamou. Apesar da indignação, o taxista disse que concorda com esse tipo de ação: “Elas são fundamentais”.

A multa para irregularidade no transporte de passageiros é de R$ 438, segundo Danilo. Os taxistas que foram notificados durante a ação poderão recorrer junto à prefeitura, justificando o motivo pelo qual o taxímetro encontrava-se desligado no momento da fiscalização.

O telefone para denúncias de irregularidades no serviço de transporte de passageiros no município é (27) 3262-9335. Também é possível denunciar pelo site do Ministério Público do Espírito Santo (MPES), no link https://ouvidoria.mpes.mp.br/#/manifestacoes.

Anúncio
Anúncio

Veja também

ecd6d3b421843b0d47335554aad50a7a-1

Chances de quedas entre idosos aumentam durante pandemia

Protegidas da Covid-19 dentro de casa, pessoas idosas são expostas aos riscos de quedas; Conheça os cuidados que devem ser tomados para prevenir os acidentes

Anchieta_Findes_

Anchieta fecha parceria com Findes e facilita acesso ao crédito à empresas

Anúncio
Anúncio
44429ada-1f15-4d5d-a818-edb129a82edf

Símbolos ícones de Guarapari estão sumindo das ruas e praças da cidade

Foto: Reprodução

Outro óbito pelo coronavírus é confirmado em Guarapari

Mais 21 casos da doença foram registrados de ontem (03) para hoje (04)

Anúncio
Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

Artigo: Beneficiários do INSS podem ter acréscimo de 25% na aposentadoria

corona

Novo Mapa de Risco apresenta 41 cidades em risco alto; Guarapari permanece nesse nível

O novo mapa entra em vigor a partir da próxima segunda-feira (06)

Anúncio