Anúncio

Transcol será mantido até o Trevo de Setiba

Por Glenda Machado

Publicado em 29 de agosto de 2016 às 20:45
Atualizado em 29 de agosto de 2016 às 20:50
Anúncio

Decisão não é definitiva. A linha permanece até que se encontre uma alternativa

transcolA linha 672 do Transcol, que faz o itinerário Terminal de Itaparica em Vila Velha até o Trevo de Seiba em Guarapari, será mantida até que se encontre uma solução para o impasse. Por enquanto é o que ficou definido em audiência realizada hoje pela Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa do Estado.

A decisão vai de encontro ao acordo firmado entre Prefeitura de Guarapari, Ministério Público do Estado e Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV). No dia 16 de agosto, ficou firmado que dentro de um mês, o ponto final passaria do Trevo de Setiba para Village do Sol, próximo à Praça do Pedágio da Rodovia do Sol.

Mas o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Paulo Ruy Carnelli, disse na reunião que “o percurso da linha 672 que atende os passageiros no trevo de Setiba, em Guarapari, não será alterado sem que haja alternativa para os moradores do município”. A assessoria da Ceturb-GV também confirmou a permanência do ponto final em Setiba.

A Ceturb-GV informou que, “para garantir o atendimento à população, vai manter a operação da linha 672 (Trevo de Setiba /T. Itaparica), com o percurso atual. Em reunião na Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira, 29, se colocou à disposição para continuar o debate, buscando o entendimento”.

O Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GVBus) também participou da reunião. Já a Prefeitura, que não foi convocada, disse por meio da assessoria de comunicação, que “o município ainda não foi comunicado oficialmente e não comentará sobre especulação”.

Abaixo-assinado

abaixo assinadoAlém dos protestos, os usuários também chegaram a fazer um abaixo-assinado, escrito e online, pedindo a manutenção da linha e o fim do acordo firmado entre Prefeitura, MP e Ceturb-GV. Foram recolhidas quase 1.300 assinaturas pelo Instituto de Proteção e Defesa dos Usuários dos Transportes Coletivos (Iduc-ES). Agora, Guarapari também possui uma comissão do órgão que embarca em uma nova luta: a revogação do decreto que determina o embarque e o desembarque exclusivo na rodoviária no Trevo da BR 101.

http://www.peticaopublica.com.br/psign.aspx?pi=BR93874

 

 

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra mais dois óbitos e totaliza 306 casos confirmados

Com isso, Guarapari totaliza 16 óbitos; 170 pacientes estão curados da Covid-19

lorenzuttti

Liminar: Guarapari deve apurar se houve desequilíbrio contratual com a Lorenzutti

A decisão foi baseada nas medidas tomadas pelo município diante da pandemia da Covid-19, que impactaram negativamente a economia da empresa

Anúncio
Anúncio
Foto: Divulgação

Polícias Civil e Militar prendem autores de homicídios e realizam apreensão de drogas em Anchieta

A operação intitulada “Pitoco Assassino” cumpriu 10 mandados de prisão e foi concluída com sucesso graças ao trabalho integrado das polícias capixabas; Operação Sentinela apreende drogas, arma e munição

sala de aula1

Guarapari irá disponibilizar atividades não presenciais para alunos do município

Caberá aos professores, o apoio remoto aos alunos e às famílias na orientação e realização das tarefas

Imagem: HM Propaganda

Novo folhaonline.es bate primeiro recorde de acessos simultâneos

A plataforma manteve a estabilidade com quase mil usuários ativos ao mesmo tempo

subsecretario ES

‘Em algum momento será esgotado’, diz subsecretário sobre expansão dos leitos para Covid-19 no ES

Reblin afirmou ainda que a necessidade de expansão está associada a capacidade de distanciamento social no estado