Anúncio

Turismo é alavanca na construção civil a mais empregos em Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 18 de agosto de 2019 às 15:00
Atualizado em 15 de agosto de 2019 às 15:25

Anúncio

Coluna Antônio Ribeiro (*)

Em evento recente, escutei de uma autoridade municipal, que a Cidade Saúde deveria buscar mais indústrias, porque a receita de hotéis e restaurantes com turistas não seria suficiente para gerar empregos aos habitantes do município.

Vista nesta análise simplista, fica a impressão de que o turismo só traz receita em janeiro, fevereiro e agora em julho pela Esquina da Cultura e omite a consequência maior da invasão que habitualmente acontece nestes meses.

Um amigo gaúcho, veio de motor home conhecer a cidade, passou um mês por aqui e como muitos, se encantou pela cidade a ponto de alugar uma casa por um ano e meio, a partir de outubro e iniciar o namoro que o fará mudar para cá.

Este é o caminho de muitos que depois compram casa, terreno ou apartamento e fixam moradas na capital do turismo no Espírito Santo, alimentando primeiro imobiliárias, para ao comprarem imóvel aqui, ativarem a nossa construção civil.

Estas, imobiliárias e construtoras, são sim grandes empregadoras e fontes de investimentos na cidade, além de garantirem crescimento de arrecadação no imposto mais importante da municipalidade: o IPTU, além do IBTI na compra.

Com grandes áreas disponíveis entre o Centro e Nova Guarapari, além das existentes entre a Praia do Morro e Setiba, o potencial construtivo na cidade atrai investimentos na compra de terrenos para futuros empreendimentos imobiliários.

Depois de empregar a muitos na construção dos edifícios, estes absorvem porteiros e zeladores, afora toda a demanda por manutenção dos apartamentos e suas benfeitorias, bem como gerar vendas em móveis e decoração no município.

Com novos moradores para estes apartamentos, toda a cadeia de serviços se beneficia, desde médicos, dentistas, fisioterapeutas e educadores físicos, até outros como os que atendem aos pets, automóveis, lazer e entretenimento.

Sendo assim a bandeira imediata deveria fixar-se como a Capital do Turismo no Espírito Santo para cada vez mais e melhor receber os que vem conhecer nossa cidade para ao se aposentar, fazerem como eu: vir morar nesta maravilha.

Este crescimento como destino turístico sim, pode atrair empresas para atender ao consumo de um milhão de pessoas, diferente das cem mil atuais.

O Turismo é a indústria que não polui e sustenta a Europa atual!

(*) Autor do livro VOCÊ DECIDE Guia de Férias, Feriados e Feriadões, além de outros 46 livros de marketing, gestão, motivação e sucesso profissional.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Pacientes não conseguem medicamento para tratamento de Parkinson em Guarapari

sequelas cirurgia8

Com sequelas devido a uma cirurgia, jovem de Guarapari precisa de tratamento e mãe pede ajuda

Anúncio

Anúncio

impostos-combustiveis-gasolina-2021-09-28

Para evitar aumentos, Governo do Espírito Santo congela imposto de combustíveis

processo_seletivo-2021-04-01

Anchieta abre seleção com remuneração de até R$9 mil

Inscrições acontecem nesta quinta (30) e sexta-feira (01)

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Covid-19: Guarapari realiza ação sem agendamento para imunização com a vacina Coronavac

retorno creche alegria (8)

Creche Alegria retorna as atividades em Guarapari

Por conta da pandemia, as crianças assistidas pela instituição mantiveram o contato com os profissionais por meio de redes sociais e realizavam as atividades em casa

Anúncio