Anúncio

Usuários reclamam de cobrança do rotativo em local indevido

Por Gabriely Santana

Publicado em 5 de dezembro de 2016 às 13:07
Atualizado em 5 de dezembro de 2016 às 13:07
Anúncio

Motoristas que estacionam seus veículos na rua Sônia C. da Silva, localizada atrás da Câmara Municipal de Guarapari, foram surpreendidos na manhã desta segunda-feira (5). É que funcionários da empresa Vaga Ativa (VGA), que realiza o trabalho do rotativo no município, estavam fazendo a cobrança pelo estacionamento nas vagas.

0b03bcf7-639e-4587-be57-131908c79b24

Marciela foi conferir o momento em que seu carro estava sendo notificado. “Um absurdo”, disse.

O problema é que a rua não está sinalizada com placas, nem muito menos prevista no mapa divulgado pelo site da própria empresa. Isso causou a indignação de muitos como Marciela Machado, que estaciona seu veículo no local todos os dias. “Fiquei sabendo que eles estavam cobrando e logo vim aqui saber o que estava acontecendo. É um absurdo pois é o único local sem cobrança aqui no centro da cidade”, desabafou.

85fc54fd-127d-4cb7-b437-588a717c82d5

Comprovante de pagamento do rotativo emitido na manhã desta quinta-feira (5)

Os funcionários que estavam no local, no momento que a reportagem do Folha da Cidade fez a abordagem, explicaram que o que estava sendo feito era apenas um trabalho de conscientização, sem cobranças de rotativo. Mas que a qualquer momento, quando a placa fosse afixada, eles estariam aptos a realizar a cobrança pelo estacionamento.

 

Mas não foi o que aconteceu com Gabriella Buza Gasparini, que trabalha próximo ao local. Ela foi surpreendida quando saiu no seu horário de almoço para retirar o carro da vaga e teve que desembolsar R$2 pelo estacionamento. “Dois rapazes do rotativo me abordaram e retiram o comprovante. Questionei quanto a conscientização da cobrança, mas ele alegou que isso estava previsto desde o início no contrato”, disse a publicitária.

rua-sonia-c-silva

Rua Sônia C. Silva não está dentro da rota da empresa no próprio site da VGA.

A reportagem foi até o escritório da empresa Vaga Ativa para obter explicações. A empresa disse que com a mudança de gestão, não sabiam que a rua não estava demarcada no mapa do rotativo. “Foi um erro, mas já estamos tomando providências. Essa rua não vai receber cobrança do rotativo”, disse em nota. Ainda de acordo com o gerente da empresa, todos que foram notificados podem ir até o escritório para receber o dinheiro que foi cobrado pelo estacionamento. “Todos que pagaram o valor pelo estacionamento na rua, podem vir até aqui que vamos ressarcir”.

O escritório da VGA fica na galeria em frente a lotérica da rua Joaquim da Silva Lima, no Centro.

 

 

Anúncio
Anúncio

Veja também

corona

Coronavírus: Guarapari registra 12º óbito e mais 10 casos da doença

A vítima fatal da doença residia no Centro

CTA

Centro de Testagem e Aconselhamento vira alvo de denúncias em Guarapari

Anúncio
Anúncio
Lucineia Santos de Souza. Foto: Arquivo Pessoal

Moradora de Guarapari já produziu e doou mais de 500 máscaras para famílias carentes

Com um saco de retalhos e um rolo de elástico, Lucineia Santos resolveu ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social a se protegerem da Covid-19

homicidio

Número de homicídios no ES reduz em maio e atinge melhor número dos últimos 24 anos

Anúncio
abertura de em presas

ES está entre os 12 estados com menor tempo de espera para abertura de novas empresas

cão4

Pandemia faz número de adoção de cães e gatos crescer em Guarapari