Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. Antônio é administrador de empresas, viveu em Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, esteve em todos os estados brasileiros, a exceção de Acre, Roraima e Amapá, ministrou cursos em todos os países da América Latina, menos nas três Guianas, e escreveu o Guia de Férias e Feriadões.

Vamos colorir Guarapari para um visual mais bonito na temporada!

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 5 de abril de 2020 às 15:00
Atualizado em 12 de maio de 2020 às 18:05

Coluna Antônio Ribeiro (*)

A Cidade Saúde tem pela natureza o azul do mar e o verde das montanhas da Mata Atlântica, mas ultimamente a cor que predomina é a do concreto dos prédios, que tomaram conta de todas as praias. Nada contra!

Soma-se a isso o fato de, na cidade termos cada vez menos árvores, que dominavam e faziam o diferencial das nossas praias, hoje dominadas por calçadões e com cada vez menos areia para dar o tom amarelo nas cores.

Parece que deu branco na cabeça das pessoas, tanto as que planejam a cidade, como nas que nela vivem o ano inteiro, e talvez por isso se acostumem com esta monocromia cinza dos dias de hoje, que gera monotonia.

O asfalto da maioria das nossas ruas, necessário para acelerar o tráfego, tem como ponto negativo a cor preta e o calor emanado, tanto que corremos para atravessar ruas e avenidas, para não queimar os pés.

Para completar, a maioria dos carros hoje é preto ou prata, o que ajuda a deixar a paisagem mais carregada ainda. Sumiram os vermelhos, os amarelos e os azuis, antes tão desejados. Completou!

Alguma coisa precisa ser feita para melhorar o visual de Guarapari perante os olhos avaliativos dos turistas, algo simples que não dependa do poder público que anda falando em empréstimo.

Cada um colorir o que é seu: muros, portas, paredes e até o telhado, para dar nova vida para a cidade. Mais vida ao olhar e mais bem estar aos nossos olhos e aos alheios que nos visitam, também.

De tudo que se pode pensar para dar um visual melhor a nossas casas, lojas e apartamentos, o mais barato são as tintas, rolos e pinceis. Mas nada de preto ou prata. Prefira cores vivas!

Lembre que só de apreciar várias cores, melhoramos o humor, temos mais prazer em olhar ao redor e pensamos mais nas coisas boas da vida. Que tem cores! Vale também para nossas roupas.

Se os preços das tintas estiverem caros por aqui, consulte pela Internet os das distribuidoras de Vitória. Lá é 20 a 30% mais barato e entregam aqui.

Cores e sabores têm tudo a ver com nossa alegria de viver!

 (*) Especialista em Marketing pela PUC, Master Business Administration pela FGV e Administrador pela Universidade Mackenzie.

Anúncio
Anúncio

Veja também

corona

Guarapari deve ser classificado com risco “Alto” em Mapa de Gestão da Covid-19 amanhã (06)

O Mapa de Gestão de Risco atualizado será divulgado nesse sábado (06) pelo Governo do Estado, contudo, prévia exibida hoje (05) por Renato Casagrande durante coletiva de imprensa classificava o município desse modo

coronavírus-550x309-1

Coronavírus: Guarapari registra 20 novos casos; 11 pacientes estão hospitalizados

Ao todo, o município contabiliza 326 casos confirmados da Covid-19

Anúncio
Anúncio
gente pensando

Instrutor de Guarapari promove torneio online de xadrez e alcança participantes de 5 países

Claudio Ferreira promove competições presenciais de xadrez há mais de 15 anos e, com a pandemia, viu na plataforma online uma alternativa para continuar realizando torneios

comercio1-550x309

Covid-19: Decreto oficializa medidas restritivas em Guarapari

Saiba como funcionará o comércio a partir deste sábado (06) até o dia 14 de junho

Anúncio
Obra sede prefeitura4

Obras da nova sede da Prefeitura de Guarapari causam transtornos a morador

Manilha Setiba

Guarapari: Moradores de Setiba reclamam de ruas alagadas no bairro