Anúncio

“Vamos fazer o maior investimento da história deste município”

Por Livia Rangel

Publicado em 20 de setembro de 2013 às 00:00

Anúncio

Nos últimos dois anos, Guarapari já recebeu mais de R$ 80 milhões em investimentos do governo estadual, utilizados em obras de saneamento básico e abastecimento de água, asfaltamentos de ruas e estradas rurais, reforma e ampliação de escolas, entre outros. E ainda há mais a ser feito.

Guarapari é o maior cartão postal do Espírito Santo e vamos fazer o maior investimento da história deste município, ressalta o governador Renato Casagrande (PSB).

Em entrevista exclusiva ao Jornal Folha da Cidade, ele destaca sua ligação especial com a cidade Saúde e comenta a integração do município ao Sistema Transcol, a auditoria do pedágio, as negociações para a construção do Hospital e investimentos previstos para equipar o turismo local.

FC: Qual é a importância da Cidade Saúde nos planos do governo estadual?
Governador Renato Casagrande:
Guarapari é a porta de entrada do Espírito Santo. É o nosso principal balneário, a cidade mais conhecida e lembrada fora do Estado e também em outros países. Entregamos uma nova orla para a praia do Morro que ficou belíssima. As pessoas que vivem no município necessitam que os governos façam a sua parte para tornar a cidade ainda mais atrativa.

Vamos continuar entregando os equipamentos para que o município ofereça os serviços públicos com eficiência. Somente nos dois primeiros anos do nosso governo fizemos mais de R$ 80 milhões em novos investimentos na cidade. Investimos mais de R$ 20 milhões em abastecimento de água, um dos principais entraves para expansão do turismo sustentável com qualidade.

Aplicamos mais de R$ 38 milhões para pavimentação e recapeamento do asfalto de ruas e estradas que cortam o município. Investimos em escolas reformando muitas unidades, adequando outras com construção de quadras esportivas e estamos reconstruindo a EEEM Dr. Silva Mello. Em apenas dois anos, aplicamos aproximadamente R$ 14 milhões para melhoria de infraestrutura educacional do município. Como disse no início, Guarapari é nosso maior cartão postal e vamos fazer o maior investimento da história deste município.

Em seu governo, nossa cidade já recebeu diversas obras, e vive a expectativa da elaboração de um plano de mobilidade urbana. Podemos dizer que houve uma mudança de postura com relação à cidade Saúde comparada com governos anteriores?
Os moradores de Guarapari sabem que turismo não é só ter praias bonitas, um por do sol e geografia privilegiada. O setor turístico necessita de muito profissionalismo e infraestrutura para receber bem o turista – cada vez mais exigente -, além de fomentar um setor econômico capaz de melhorar a qualidade de vida da população. Em Guarapari, a agregação de valor turístico engloba 56 atividades econômicas, gerando oportunidades para milhares de famílias.

Estamos captando o maior investimento do turismo capixaba para ser aplicado na cidade. Com responsabilidade, fizemos todos os estudos preliminares e projetos executivos altamente bem elaborados e, agora, vamos executar obras que colocarão o município na vanguarda com equipamentos turísticos atrativos e modernos.

Com os projetos já feitos não corremos o risco de paralisação de obras pela metade. Mudou a concepção administrativa. No nosso governo obra que começa não paralisa e os financiamentos são garantidos. A reurbanização da Orla de Guarapari será com certeza uma obra impactante. Vamos investir mais de R$ 35 milhões em parceria com o Governo Federal. Temos também uma grande preocupação em preservar nosso patrimônio, nossa história. Vamos revitalizar o Radium Hotel. Reservei R$ 5 milhões para devolver ao município mais um “ponto turístico”, motivo de orgulho dos moradores. Quero iniciar ambas as obras ainda este ano.

Também solicitei a secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano, um plano de mobilidade urbana para Guarapari. Com a adequação das vias para outros veículos – tendo o transporte coletivo como prioridade – vamos dar alternativa aos guaraparienses para usarem carros, motos, ônibus ou bicicletas com mais conforto.

Como está a questão do Transcol? Existem planos de construir um terminal no município?
Desde o dia 1 de setembro, a linha 613 do Transcol, começou a operar até Guarapari. O itinerário do ônibus agora contempla o bairro Village do Sol. Um morador de Guarapari pode embarcar nesta linha e com apenas uma passagem pode ir até Fundão ou qualquer outro município da Grande Vitória. Determinei à Ceturb um plano de atendimento adequado que possa integrar todo o sistema ao município de Guarapari.

E a auditoria da Rodosol, poderá diminuir o valor pago no pedágio localizado na região de Praia do Sol?
Como governador do Estado do Espírito Santo, preciso emitir sinais claros de minhas posições para que não haja dúvidas sobre nossa atuação. Há 15 anos, foi assinado um contrato concedendo a uma empresa privada um trecho da rodovia do Sol que liga a capital até Guarapari. Desde aquele momento houve contestações judiciais sem que tivessem decisões do Poder Judiciário. Determinei uma auditoria no contrato com prazo de 90 dias. O que a auditoria apontar, com o respaldo da Justiça, vai ser imediatamente cumprido pelo governo do Estado.

Uma das principais reivindicações da população está na necessidade de possuir um hospital. Como estão as negociações para a implantação desse projeto?
Estamos investindo pesado na reestruturação do sistema de saúde no Estado do Espírito Santo e Guarapari está incluída neste plano.  Vamos prover a cidade de equipamentos dignos que possam melhorar as condições que encontramos quando assumimos. O imóvel do Hospital Nossa Senhora da Conceição foi adquirido pelo Hospital Infantil de Cachoeiro de Itapemirim e o Governo do Estado está fechando um contrato para custear a maternidade e os leitos de Utin. O hospital será filantrópico. Estamos repassando R$ 1,5 milhão para compra de equipamentos para a maternidade e também assumimos o compromisso de repassar R$ 570 mil para o custeio mensal. O governo Federal entrará com mais R$ 300 mil.

Sobre o hospital, farei o que for possível para termos mais essa conquista. Falei ao prefeito Orly que tenho total interesse em assumir a construção do hospital. O terreno já foi desapropriado pela prefeitura, o projeto de construção foi aprovado e o Ministério da Saúde já repassou a primeira parcela para o município.

Para o Estado assumir, é necessário que este recurso seja transferido para o Estado. Com o dinheiro compraremos equipamentos. Estamos apenas aguardando o processo burocrático para anunciar a obra.

Investir prioritariamente para atender aos que mais necessitam do Poder público foi o compromisso que assumi com a população capixaba. A saúde pública é o termômetro principal. Estamos mudando de patamar às condições de atendimento e prestação de serviços no âmbito do Governo Estadual.

O senhor possui alguma história especial relacionada com Guarapari?
Minha história de vida está diretamente ligada a Guarapari. É aqui que venho todos os verões com minha família descansar alguns dias e recarregar as energias. Nesta cidade linda tenho muitos amigos. É sempre um grande prazer compartilhar destas companhias e desfrutar as belas praias do município. Criei meus filhos nas praças e praias de Guarapari e todos os momentos são muito especiais. Me recordo dos carnavais do clube Siribeira e dos desfiles dos blocos carnavalescos na avenida Joaquim da Silva Lima. O povo de Guarapari sabe preparar boas festas e receber bem turistas e visitantes.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Imagem-do-WhatsApp-de-2024-07-02-as-14.22.32_930ee451

Prestes a lançar novo filme, Rodrigo Aragão quer formar novos talentos do cinema em Guarapari

Cineasta finaliza seu novo longa, que se passa em um prédio assombrado por fantasmas na Praia do Morro

{"eId":"703898471388870","CameraPosition":1}

Hotéis e pousadas das montanhas preparam mimos para hóspedes durante a Festa do Morango

34ª edição do evento já está com ingressos à venda

Anúncio

Anúncio

Pastor Raphael

Coluna Palavra de Fé: Schadenfreude

letreiro-guarapari-es-2021-08-27

Coluna Dom Antônio: O que falta para Guarapari ser uma cidade turística de verdade

Anúncio

regulamento foto (3)

Coluna Entenda Direito: A importância do Regulamento Interno das empresas nas relações de trabalho

Pipas_divulgacao

Guarapari foi a cidade mais atingida por problemas causados por pipas na rede elétrica

Nos primeiros meses do ano, cidade teve 1.668 clientes afetados na região; riscos de acidentes aumentam nas férias

Anúncio