Anúncio

Vereador de Guarapari propõe o fim do recesso parlamentar em julho

Por Sara de Oliveira

Publicado em 29 de julho de 2019 às 13:00
Atualizado em 29 de julho de 2019 às 13:00

Anúncio

O parlamentar Marcos Grijó, responsável pelo projeto, acredita que a decisão daria mais agilidade a processos que tramitam na Casa de Leis com urgência.

Vereador Marcos Grijó (PDT), responsável pela proposta. Foto: Arquivo.

O vereador Marcos Grijó (PDT) apresentou um projeto de resolução propondo o fim do recesso das sessões ordinárias, que acontece no mês de julho. O parlamentar sugere que seja feita uma emenda na Lei Orgânica Municipal, para que as sessões ordinárias aconteçam de 15 de fevereiro a 28 de dezembro. O projeto foi protocolado e está aguardando o retorno das atividades legislativas para passar pela tramitação na Câmara de Guarapari  e votação dos vereadores.

De acordo com o vereador, o objetivo da proposta é dar agilidade à tramitação de projetos na Casa de Leis. “O recesso existe e é pautado em uma lei, mas ele acaba atrapalhando alguns assuntos que são de urgência. Algumas cidades do Espirito Santo inclusive já tomaram essa iniciativa e não entram em recesso em julho”, argumentou.

Grijó destacou que o recesso, que é feito atualmente, é desnecessário, já que é referente apenas às sessões ordinárias. “As atividades parlamentares continuam normalmente, inclusive quando é preciso uma sessão extraordinária o presidente nos convoca”, enfatizou.

Como os vereadores estão em recesso no momento, a proposta será votada apenas em agosto. Para Grijó, a expectativa é que os demais parlamentares aprovem a sugestão. “Iremos ouvir a opinião de casa vereador, mas eu acredito que será aprovada, porque a argumentação da proposta é relevante. Nós precisamos dar agilidade aos processos de tramitação”, pontuou.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp Image 2021-06-15 at 17.25.04

Em meio a pandemia, moradores registram aglomerações e até cavalgadas em Guarapari

Praça Bradesco2

Prefeitura de Guarapari justifica demora na entrega da Praça do Bradesco

O órgão alega aumento nos custos dos materiais e falta de matérias primas para o atraso. Porém, informou que pretende finalizar a reforma ainda este ano

Anúncio

Anúncio

vacina 45

Covid-19: população reclama que demora na chegada da vacina atrasou a imunização em Guarapari

Segundo relatos, a aplicação estava marcada para começar as 8h, mas só iniciou 30 minutos depois

repreentantes-comercio_contra_covid-2021-06-15

Representantes do comércio no ES se unem pela prevenção à Covid-19

Anúncio

Edital-folhaonline

Edital de citação

coworking_final_1

Com mercado em adaptação, coworking oferta espaço personalizado e flexível em Guarapari

Espaços de trabalhos compartilhados se tornaram tendência para profissionais autônomos e equipes

Anúncio