Anúncio

Vereadores de Guarapari aceitam emendas à Programa de Regularização de Edificações

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 26 de abril de 2021 às 14:00
Atualizado em 27 de abril de 2021 às 14:20

Anúncio

Foto: Câmara de Guarapari.

Na sessão ordinária virtual realizada pela Câmara de Guarapari, na quinta-feira (22), a Mesa Diretora da Casa inscreveu, na Ordem do Dia, o Projeto de Lei Complementar nº 003/2021, de iniciativa do Poder Executivo, que institui o Programa de Regularização de Edificações (PRE.) no município. O objetivo da proposição é estabelecer normas e condições para a regularização de edificações concluídas ou habitadas até a data de publicação desta Lei, desde que as mesmas estejam em conformidade com os parâmetros da legislação urbanística municipal.

O Programa de Regularização de Edificações foi apreciado pelos vereadores em sessão realizada por meio de videoconferência. Antes da votação deste projeto, a vereadora Kamilla Rocha (PTB) – presidente da Comissão de Economia e Finanças da CMG – solicitou urgência e dispensa de interstício para que a matéria pudesse ser votada ainda na quinta, mas o pedido foi rejeitado pelo plenário, por 10 votos contrários e seis favoráveis.

Além disso, a proposição original do Poder Executivo recebeu três emendas parlamentares – sendo duas de iniciativa do vereador Rodrigo Borges (Republicanos) e uma, do vereador Denizart Zazá (Podemos) -, que foram baixadas às comissões permanentes da Câmara e agora deverão tramitar regimentalmente, na Casa, devendo entrar na pauta de votações nas próximas sessões legislativas, assim que receberem os respectivos pareceres técnicos.

“A regularização de que trata este projeto do Poder Executivo consiste na aprovação de projeto arquitetônico simplificado da edificação e no fornecimento de Certidão Detalhada, contendo informações e dados do responsável técnico pela construção do imóvel e a Certidão de Habitabilidade (‘Habite-se’) da referida edificação. Estes documentos serão expedidos pela Secretaria Municipal de Análise e Aprovação de Projetos (SEMAP). De acordo com o projeto, entende-se por “edificação concluída” aquela em que a área objeto de regularização esteja com as paredes erguidas, com as instalações hidrossanitárias e de energia elétrica concluídas e com a cobertura executada. Já para os imóveis que não possuem cadastro, será necessário requerer a inscrição antes do pedido de regularização. A comprovação da existência e conclusão da edificação será feita por meio de documentos, tais como: registros em cartório, escritura ou contratos de compra e venda, fotografias, lançamentos no Cadastro Imobiliário do Município, fotos aéreas e ou outros meios lícitos de prova a serem apresentados pelo proprietário do imóvel”, explicou o presidente da Comissão de Serviços, Obras Públicas e Fiscalização da Câmara de Guarapari, vereador Denizart Zazá, autor de uma das emendas ao PRE.

Acesse o link abaixo e confira a emenda do Vereador Denizart Zazá: 

http://www3.cmg.es.gov.br/spl/consulta-producao.aspx?tipo=12&ano_proposicao=2021&proposicao=007

“Independentemente das diferenças de opiniões e das divergências políticas e partidárias, entre os vereadores, o Programa de Regularização de Edificações (PRE) é um importante instrumento de planejamento urbano, capaz de fazer com que o imóvel cumpra a sua função social e esteja em sintonia com o ordenamento urbano, conforme preconiza o “Estatuto das Cidades”, naquilo que tange à garantia de ações de legalização imobiliária para fins de moradia. Por meio do PRE, os moradores da cidade poderão tirar o ‘Habite-se’ e regularizar a situação de suas edificações”, informou Rodrigo Borges, autor de duas emendas ao projeto.

Confira as duas emendas do vereador Rodrigo Borges, acessando os links a seguir:

http://www3.cmg.es.gov.br/Sistema/Protocolo/Processo2/Digital.aspx?id=11675&arquivo=Arquivo/Documents/ESA/11675-202104221315188876-assinado.pdf#P11675

http://www3.cmg.es.gov.br/Sistema/Protocolo/Processo2/Digital.aspx?id=11677&arquivo=Arquivo/Documents/ESA/11677-202104221400200001-assinado.pdf#P11677

O Projeto de Lei nº 003/2021 também cria a Comissão Especial para o Programa de Regularização de Edificações (CEPRE), com duração vinculada à vigência desta Lei e formada por membros técnicos indicados pelo titular da Secretaria Municipal de Análise e Aprovação de Projetos (SEMAP), através de publicação de Portaria específica. Esta comissão terá, como atribuições: apreciar, vistoriar, instruir e executar os atos necessários à regularização das edificações, observada a legislação urbanística e/ou edilícia pertinente a cada caso e as ações fiscais efetivadas pelo município. Conforme dispõe o seu texto original, a matéria deixa claro, ainda, que não será passível de regularização – para efeitos de aplicação desta Lei -, a edificação que estiver invadindo logradouro público; que estiver inserida em área de preservação ou de interesse ambiental; que estiver situada em área de risco; que gerar riscos de estabilidade, segurança, higiene ou de salubridade; que estiver identificada como de interesse de preservação nas suas diversas formas; que tenha sido descaracterizada arquitetonicamente, nos termos de parecer emitido por setor competente; que estiver “sub judice” em decorrência de litígio relacionado à execução de obras irregulares; e que, sendo privada, estiver ocupando área de interesse público sem esta finalidade.

Acesse o link abaixo e confira o texto original deste PLC do Poder Executivo, na íntegra:

http://www3.cmg.es.gov.br/Sistema/Protocolo/Processo2/Digital.aspx?id=11127&arquivo=Arquivo/Documents/PLC/11127-202103091617552632-assinado.pdf#P11127

*Com informações: Câmara de Guarapari.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

ifes guarapari 2

Ifes de Guarapari está com inscrições abertas para cursos técnicos gratuitos

Ao todo, estão sendo ofertadas 108 vagas distribuídas entre os cursos concomitantes noturnos de Administração, Eletrotécnica e Mecânica

doacao-de-sangue-hemoes

Solidariedade x Covid-19: Hemoes precisa de mais doadores de sangue

Anúncio

Anúncio

65o-MAPA-DE-RISCO-26.07-a-01.08-1

65° Mapa de Risco Covid-19: Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves seguem em risco baixo

Novo mapa segue com apenas 6 municípios em risco moderado em todo o estado

Job Jiu-JitsuSDC

Projeto Social de Guarapari brilha em mundial de Jiu-Jitsu

Atletas de várias idades se destacaram em disputa realizada no Rio de Janeiro

Anúncio

CAFE DE LA MUSIQUE COMUNICA ADIAMENTO DAS ATRAÇÕES BEACH CLUB W

Procon notifica beach club de Guarapari para devolver valores de ingressos de shows cancelados

renan-bolsonaro-2021-07-23

Filho de Jair Bolsonaro chega ao ES para reality show em mansão de Guarapari

Anúncio