Anúncio

Vereadores de Guarapari votam contra projeto que previa diminuição de salários

Por Criação HM Propaganda

Publicado em 23 de fevereiro de 2017 às 20:02
Atualizado em 23 de fevereiro de 2017 às 20:02
Anúncio

Por 12 votos contra e apenas dois a favor, a Câmara de Vereadores de Guarapari reprovou o projeto de resolução que previa a diminuição dos salários para a próxima legislatura. A sessão foi tumultuada, teve ofensas e pedidos de desculpas e com uma audiência composta, na maioria, pelos assessores dos próprios vereadores.

O projeto foi proposto pelo vereador Rogério Zanon (PRP). Na proposta, os salários dos vereadores que assumissem na próxima legislatura passaria para R$ 1138,92. Hoje um vereador recebe um salário que gira em torno de R$ 6.900,00, fora as verbas indenizatórias.

Mas o projeto se mostrou vencido logo no começo das discussões. A maioria dos vereadores se mostraram contra a matéria e a cada discurso, eles eram aplaudidos pelos assessores que lotaram a Casa. Já quando os vereadores Rogério Zanon e Gilmar Pinheiro, que foram os únicos favoráveis ao projeto, se pronunciavam, o silêncio era embaraçoso.

Doze vereadores votaram contra o projeto que previa a redução dos salários dos vereadores para a próxima legislatura. Foto: João Thomazelli/Folha da Cidade

Doze vereadores votaram contra o projeto que previa a redução dos salários dos vereadores para a próxima legislatura. Foto: João Thomazelli/Folha da Cidade

Em determinado momento, o vereador Lennon Monjardim (PTN) deu um exemplo de como não deve se portar em uma tribuna de Câmara Municipal. Indignado com a proposta de redução do salário o vereador se dirigiu ao autor do projeto e disse: “Isso é oportunismo e demagogia. O senhor deveria tirar a bunda da cadeira e ir trabalhar como nós”. Lennon foi aplaudido pelos assessores, mas logo depois recebeu reprimendas dos pares. Zanon respondeu, de forma bem diferente que há 35 anos trabalha e que o seu trabalho “ora é com nádegas na cadeira ora com as nádegas fora da cadeira”.

Momentos depois Monjardim pediu a palavra novamente e se desculpou com Zanon. Os dois apertaram as mãos e a sessão prosseguiu. O projeto foi colocado em votação e foi aprovado. Votaram contra o projeto de resolução que previa a redução do salários dos vereadores para a próxima legislatura os seguintes parlamentares: Denizart Luiz, o Zazá (PSDB), Ênis Gordim (PEM), Fernanda Mazzelli (PSD), Kamila Rocha (DEM), Lennon Monjardim (PTN), Marcos Grijó (PDT), Oziel de Souza (PSC), Paulina Aleixo (PP), Rosângela Loyola (PDT), Sandro Bigossi (PDT), Thiago Paterlini (PMDB) e Zé Preto (PTN). Dito Xaréu (SDD) e Clebinho Brambati (PTB) não compareceram à sessão, mas justificaram as ausências.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

1D9511D7-5D35-48E5-A1CE-32534D35DF82

A mediação como meio de solução pacífica de conflitos após a pandemia

Criolipólise-foto-Clovis-Rangel

Projeto verão: tratamentos estéticos para ficar com tudo em cima mesmo com a pandemia

Anúncio
Anúncio
teste-rapido-coronavirus-covid19-1

Alfredo Chaves, Anchieta e Guarapari elevam casos de Covid-19 e retornam ao Risco Moderado

Carros-Foto-Romero-Secom-ES

Governo do Estado divulga datas para pagamento do IPVA

Anúncio
Upa Covid

Guarapari amplia espaço para pacientes com suspeitas de síndromes respiratórias na UPA

MarcosKneip_01

“Temos saldo de 9 mil empregos e zeramos as perdas no ES”, disse secretário Marcos Kneip

Guarapari está com um saldo positivo de 349, foram 777 admissões e 428 desligamentos

Anúncio