Anúncio

Vereadores pedem suspensão de contrato de estacionamento Rotativo de Guarapari

A empresa realiza uma transmissão ao vivo às 18h de hoje (27), onde apresentará argumentos defendendo que não há irregularidades no cumprimento do Contrato

Por Gislan Vitalino

Publicado em 27 de maio de 2021 às 17:45

Anúncio

Vereadores pedem suspensão de contrato de estacionamento Rotativo de Guarapari
Fotos: divulgação.

Após a Audiência Pública desta quarta-feira (26), os vereadores de Guarapari, em maioria, elaboraram uma indicação conjunta apresentada solicitando ao Poder Executivo, ao Ministério Público do Estado e ao Tribunal de Contas do Espírito Santo, a suspensão do contrato de concessão para a implantação e exploração do estacionamento rotativo do município.

O documento elaborado pede que o contrato seja suspenso até que sejam sanadas as questões apontadas pela Audiência na tarde de ontem. Segundo os vereadores, diante dos questionamentos e reclamações da população acerca das falhas do Estacionamento Rotativo de Guarapari, a Câmara constatou que itens contratuais não estão sendo cumpridos. Por isso, solicitou a suspensão do contrato.

“Vale lembrar que não somos contra o rotativo. Somos favoráveis a um modelo que funcione de forma ordenada, planejada e de modo correto e justo, sem penalizar os usuários por causa de problemas que são de responsabilidade da empresa concessionária”, ressaltou o presidente da Câmara, Wendel Lima.

O outro lado

estacionamento rotativo

A Rizzo Parking, empresa responsável pela concessão do estacionamento rotativo de Guarapari, segue destacando que vêm cumprindo à risca o definido pelo Contrato nº 106/2020, que rege a concessão. Segundo o diretor de Marketing da empresa, Flávio Mello, não há qualquer dúvida sobre o cumprimento da legislação. “Nós inclusive, desafiamos quem for que apresente um ponto em que o contrato não esteja sendo cumprido. O Ministério do Público certamente está do nosso lado, pois nós estamos do lado da lei”, frisou.

Às 18h de hoje (27) a empresa realizará uma transmissão ao vivo através da página oficial no Facebook, em que apresentará a resposta a todos os questionamentos apontados que, como afirmam os diretores, não puderam expor na Audiência, devido à dinâmica da organização.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

foto-afogamento-2

Testemunhas negam que salva-vidas resgataram turista afogado na Praia das Castanheiras, em Guarapari

WhatsApp Image 2022-08-11 at 16.26.06

Guarasolda Tintas, em Guarapari, abre vagas de emprego

Anúncio

Anúncio

creche-alegria-doacoes-8

Guarapari: Feijoada da Luazul arrecada doações para a Creche Alegria

Hands of businessman with pen in his hand texting

Eleições 2022: O que a lei diz sobre o uso das redes sociais e manifestações públicas durante a campanha?

Anúncio

reginaldo-neves-limpeza-2-1

Faxineiro de Guarapari amplia negócio e já trabalha com equipe de 12 profissionais

História de homem que trabalha como faxineiro chamou a atenção há dois anos

foto-afogamento

Homem morre afogado na Praia das Castanheiras, em Guarapari

Testemunhas relataram que o homem passou mal enquanto estava no mar

Anúncio