Anúncio

Vereadores protestam, mas Projetos de Lei do executivo vão para votação na Câmara de Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 4 de abril de 2018 às 17:42
Atualizado em 4 de abril de 2018 às 17:55

Anúncio

A 10 ª Sessão Ordinária na tarde de ontem (03), na Câmara de Vereadores de Guarapari, contou com vários reveses. O presidente da Câmara, Wendel Lima (PSD), colocou em votação o pedido do vereador Clebinho Brambati (PTB), dos expedientes oriundos do executivo, que pediu dispensa de interstício, regime de urgência e primazia para o Projeto de Lei Complementar 003/2018 e os Projetos de Leis 027, 028 e 031/2018, mesmo após discordância de alguns vereadores, como Thiago Paterlini (PMDB) e Marcos Grijó (PDT).

Os vereadores falaram no parlamento que a votação em regime de urgência iria contra o regimento da própria Casa de Leis de acordo com o artigo 133 do mesmo. Paterlini solicitou o encaminhamento contrário à votação, para que a comissão tenha tempo hábil de exarar o parecer das matérias apresentadas.

A 10ª Sessão Ordinária da Câmara teve votação polêmica. Foto: Aline Couto.

“Tem matéria que não tem a cópia da ata e não sabemos quem enviou e nem do que se trata. Temos que ter conhecimento amplo antes de votar. Além de não caber pedido de urgência nestas votações, por não causarem prejuízos a populações, se forem adiadas”, pontuou Thiago

O vereador Grijó endossou a fala de Paterlini. “Tem quer haver debate das comissões para conhecermos os projetos antes das votações, para que não aconteça nenhum equívoco”

O parlamentar acrescentou que uma das matérias, o Projeto de Lei 031/2018, referente ao Consórcio das Políticas em Nível dos Municípios da Região Sul (CONDESUL), não veio com informações completas. “Estamos indo contra a Lei e o regimento interno da Câmara, é incabível que estes projetos sejam colocados em votação. Temos que manter a validação do regimento”.

Vereador Marcos Grijó discursando na Sessão de ontem. Foto: Aline Couto.

Apesar dos pedidos e discursos dos parlamentares, o presidente da Câmara decidiu por colocar em votação as matérias do executivo. “O líder frisa e destaca a necessidade desta votação, portanto, vou acatar o pedido dele”.

A votação foi aprovada por 10×5, Fernanda Mazzell (PSD), Wendel Lima (PSD), Oziel de Souza (PSC), Sandro Bigossi (PDT), Dito Xaréu (SDD), Paulina Aleixo (PP), Kamilla Rocha (DEM), Gilmar Pinheiro (PSDB), Clebinho Brambati (PTB) e Zé Preto (PODEMOS) votaram a favor, e, Thiago Paterlini (PMDB), Marcos Grijó (PDT), Lennon Monjardim (PODEMOS), Denizart Zazá (PSDB) e Dr. Rogério Zanon (PRP) votaram contra.

Em resposta, Thiago voltou ao púlpito dizendo que estava ali para preservar os direitos de todos os vereadores do parlamento. “O plenário só é soberano quando o regimento é omisso. Uma vez que está no regimento, ele tem que ser respeitado e o plenário deixa de ser soberano. Se tiver dúvidas quanto a isso, melhor desconsiderar o regimento”.

Vereador Thiago Paterlini em suas considerações finais. Foto: Aline Couto.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

pronunciamento-16.11.22

66° Mapa de Risco mantém Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves em risco baixo para Covid-19

ES anuncia retomada de eventos esportivos e confirma Jogos Escolares em Guarapari

Evento vai acontecer em Setembro em formato específico para evitar contágio pelo Coronavírus

Anúncio

Anúncio

CasadeApoio

Bazar arrecada valores para manter serviços ofertados em Casa de Apoio de Guarapari

A ONG “Amigos no Bem” inaugurou a Casa de Apoio Matheus Garcia no ano passado. Somente no último mês, o local distribuiu 115 cestas básicas e 25 caixas de leite aos mais necessitados

afag-futebol-guarapari-2021-07-30-3-1

Final do Campeonato da Cidade de Guarapari acontece neste domingo (01)

Anúncio

educação

Sedu abre processo seletivo para professores efetivos e em designação temporária

taxis-guarapari-fiscalizacao-2021-07-30

Fiscalização de táxis de Guarapari começa na próxima segunda-feira (02)

Anúncio