Anúncio

Vereadores querem audiência pública sobre doação do hortomercado e privatização do aeroporto   

Por Glenda Machado

Publicado em 1 de abril de 2016 às 21:26
Atualizado em 1 de abril de 2016 às 21:26

Anúncio

Dois projetos de Executivo que chegaram à Câmara de Vereadores estão causando certo tumulto. Um trata sobre a doação de terreno ao Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). E o outro pretende privatizar o Aeroporto Municipal. Os dois chegaram a ser colocados em pauta no dia 22 de março. No entanto, a pedido do líder do prefeito Orly Gomes, o vereador Jorge Ramos, foram retirados de pauta e sem data de retorno. Isso porque os vereadores querem fazer audiência pública antes de voltar ao plenário.

hortomercado

ÁREA do hortomercado no Centro próximo ao Mercado de Peixe.

O projeto 048/2016 visa à doação de uma área de 1.056,34 metros quadrados na Rua José Barcelos de Mattos no Centro – conhecido como hortomercado. O objetivo é a construção de uma unidade de formação profissional do Senac, sendo que 60% da área construída do térreo serão cedidos ao município para instalação de um posto avançado de atendimento ao cidadão ou serviços correlatos. Ainda consta no projeto que a doação seria por tempo indeterminado. Em mensagem do prefeito anexa ao projeto, ele pede que seja votado em regime de urgência.

“Não somos contra doar terreno para o Senac. Achamos importante essa parceria, porque entendemos que a prioridade dos investimentos deve ser educação. Mas não precisa ser um terreno em área nobre que pode ser usado para expandir o Mercado de Peixe, por exemplo, ou para expor os nossos produtos rurais. Ainda mais agora com a revitalização do canal que vai valorizar a área. Então queremos ouvir a opinião da população”, explica o presidente da Casa de Leis, Wanderlei Astori.

Aeroporto

AEROPORTO Municipal hoje recebe apenas pequenas aeronaves.

Já o outro projeto, 048, visa privatizar os serviços náuticos e aeroviários por meio de concessão pública que pode ser por concorrência ou leilão e a desapropriação de terreno para a construção de um novo aeroporto. Inclusive já foi divulgada a intenção da prefeitura em desapropriar uma área em Setiba com essa finalidade. Hoje, Guarapari conta com apenas o Aeroporto Municipal. Com a aprovação do projeto, o terreno pode ficar sem uso ou ser vendido.

Projeto que apareceu logo depois da indicação de demolição de dois prédios na Praia do Morro e dois em Muquiçaba pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA) do Comando da Aeronáutica por se encontrarem em área caracterizada como Zona de Proteção de Aeródromos (ZPA). O problema é que esses não são os únicos que podem ter que se adequar à nova portaria. Isso porque a prefeitura também já notificou outros empreendimentos cuja altura estaria invadindo o espaço de segurança de vôo do aeroporto municipal.

“É um projeto que precisa ser analisado, avaliado com calma. E nele mesmo diz que antes do edital ser publicado pela prefeitura deve ter audiência ou consulta pública. Então porque não fazermos antes da apreciação? Acho mais coerente”, disse o presidente Wanderlei. No entanto, o projeto também traz que a prefeitura pode editar a concessão através de decreto sem precisar passar pela Câmara. O jeito é esperar pelas cenas dos próximos capítulos.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

Anúncio

Anúncio

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

procurados-2021-06-23

Polícia Militar divulga 5 criminosos de Guarapari procurados pela Justiça

Caso tenha informações, população pode ajudar a polícia através do Disque-Denúncia (181)

Anúncio

Eco 101 - duplicação

Duplicação: desvio de tráfego em Anchieta para construção do viaduto de acesso a Alfredo Chaves

vacinacao_50-mais-gri2021-06-12

Guarapari realiza novo agendamento para pessoas acima de 40 anos

Anúncio