Anúncio

Você utiliza vans? Moradores de Guarapari relatam problemas no transporte

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 13 de fevereiro de 2019 às 11:13
Atualizado em 13 de fevereiro de 2019 às 11:21
Anúncio

De acordo com usuários, os veículos para esse tipo transporte possuem falhas que podem prejudicar os passageiros.

De acordo com os moradores, várias vans passam pelos pontos de ônibus de Guarapari. Foto: Hamilton Garcia

Esta semana recebemos reclamações de moradores de Guarapari acerca das vans que transportam passageiros em Guarapari. O serviço oferecido, que surgiu como uma alternativa não regulamentada ao transporte público, é visto diariamente pelos pontos de ônibus da cidade. Questionamos alguns moradores do município sobre o assunto, que demonstraram opiniões divididas.

Maria Cipriano de Oliveira é aposentada, e disse que não confia no transporte. “Eu não pego porque não pago passagem, mas eu não utilizaria por causa dessa falta de segurança. Eles levam as pessoas de qualquer jeito, não usam cinto de segurança, então eu não teria coragem”, contou.

Já a dona de casa Ruslaine Souza, disse que não utiliza as vans por nunca ter visto nenhuma para o bairro dela, mas enfatizou que a demora dos ônibus, faz com que muitos usuários optem pelo transporte alternativo. “Eu vejo muitas delas parando no ponto de ônibus. Por um lado, é bom para os passageiros, porque, por exemplo, eu moro em Camurugi, o ônibus de lá é muito difícil, mas por outro lado atrapalha os motoristas que precisam parar no ponto”, ponderou.

A frentista Terezinha Oliveira relatou que observa vans passando quando está no ponto de ônibus e informou que não é contra a circulação do transporte alternativo, mas medidas de fiscalização têm que ser tomadas. “Eu acho que até pode existir, mas tem que ser feita a regularização, porque tem vans que não tem condições de estar rodando. Muitas são sujas e a gente vê que a mecânica não é boa. Além disso, se acontecer um acidente com um ônibus, o passageiro tem seguro, já a van não proporciona isso”, destacou.

Procuramos à Prefeitura de Guarapari, questionando sobre a realização de ações de fiscalização e se havia previsão de regulamentação do transporte alternativo na cidade. O órgão respondeu em nota.

“O serviço de transporte coletivo por vans e similares não é regulamentando no município, sendo este considerado transporte clandestino de passageiros. Não há previsão da regulamentação deste tipo serviço no município. A Secretaria Municipal de Postura e Trânsito tem realizado ações de combate ao transporte clandestino de passageiros com o apoio da Polícia Militar. Na última ação, realizada no dia 24 de janeiro de 2019, foram abordados 12 veículos do tipo Van. Na ação, veículos foram autuados por transporte clandestino, licenciamento vencido e excesso de passageiros. Outras ações serão realizadas, porém, as datas não podem ser divulgadas, visando garantir o sucesso dessas operações. A utilização de transportes clandestinos coloca em risco a integridade física dos passageiros ou de servem vítimas de uma ação de criminosos. É importante que os usuários busquem sempre o transporte regular e legalizado pelo município.”

Texto: Sara de Oliveira

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Divulgação

Prefeitura de Anchieta investe em obras na sede e no interior do município

Mesmo focada nas ações de prevenção a Covid-19, a Prefeitura segue com obras para dar mais segurança e qualidade de vida aos moradores

Foto: Reprodução

Coronavírus já infectou 19 idosos residentes e 10 trabalhadores em instituições de Guarapari

O crescimento percentual da Covid-19 nesses idosos no ES, de 22 de maio até 3 de julho, foi de 630%. A verificação é realizada em 36 municípios do Estado

Anúncio
Anúncio
MãesColorindo

Mães cobram acessibilidade para os filhos especiais em parques e praças de Guarapari

“Acessibilidade e inclusão significam que todos terão direito a usufruir dos serviços prestados com qualidade, que todos poderão explorar o ambiente sem nenhuma barreira e restrição” disse uma das mães.

caso canil pitbull

Polícia Civil de Guarapari investiga caso de brigas e mortes entre cães

Anúncio
31ba2ffa-fff3-45e2-ac13-5c8c5947830d

Moradores do bairro São Gabriel se unem para reformar casa de senhora em Guarapari

Os vizinhos se mobilizaram para construir um banheiro para a mulher de 59 anos, que tem câncer de mama e vive em situação precária

corona

Coronavírus: Guarapari registra mais dois óbitos e 30 novos casos

De acordo com o boletim epidemiológico mais recente, publicado na noite de ontem (08), o município totaliza 1178 casos e 53 mortes pela doença

Anúncio