Anúncio

A solidariedade no velho continente

Por Livia Rangel

Publicado em 7 de abril de 2015 às 12:20
Atualizado em 7 de abril de 2015 às 12:20

Anúncio

A solidariedade e a vontade de ajudar alguém não estão associadas apenas em ações destinadas aos menos favorecidos, mas em todos os momentos do nosso dia. Aqui em Dublin, na Irlanda, estou aprendendo isso na prática. Já no primeiro dia no país, vi que a cultura é bem diferente da que aprendi no Brasil.

Mesmo com as dificuldades relacionadas ao idioma, todos, sem exceção, estão dispostos a ajudar e fazer o que for necessário para te entender e se fazer entender. Tudo bem que a Irlanda é um dos lugares que mais recebem intercambistas no mundo. Mas para ser sincera, não sei se o Brasil estaria disposto a ter o mesmo comportamento.

O que me deixa mais esperançosa é que com a grande quantidade de brasileiros que vivem na Ilha Esmeralda (10% dos imigrantes, sendo que atualmente o país tem mais de 39 mil intercambistas), talvez sejam os que estejam aqui que farão a diferença ao retornarem para o nosso país.

Mas como nem tudo são flores, aqui também tem muitos pedintes pela rua. Em todos os lugares é possível encontrá-los. A diferença é que as pessoas estão dispostas a ajudar. Agora a cultura de dar dinheiro ou não, fica a critério de cada um de acordo com seus princípios e prioridades.

Além das pessoas, no modo geral, serem prestativas e dispostas a ajudar, por aqui também é comum a prática do trabalho voluntário. Alguns estudantes o procuram como uma forma de se habituar ao inglês, até que consigam um trabalho remunerado.

O tema é bem comum também entre os nativos. Muitos profissionais dedicam parte do seu tempo livre buscando melhorias para a população e também para os seus colegas de trabalho. Além das horas remuneradas, muitos deles, estendem seu horário sem ganhar nenhum centavo a mais para trazer melhorias para a sociedade ou para melhorar o nível de eficiência do seu trabalho. Difícil imaginar isso por aí, até porque, muitos defendem a cultura de apenas cumprir horário e não a de mergulhar de cabeça e trazer melhorias.

O que fica para nós brasileiros? O exemplo de um lugar que está bem à frente de nós no quesito solidariedade, e o estímulo para buscar a cada dia, sermos melhores como ser humano, como cidadão e também como profissionais!

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

detonação rochas

Detonação de rocha interdita trecho da BR-101 nessa terça-feira (09) em Guarapari

Midsection of working mother using technologies while daughter sitting in background at dining table

Sebrae/ES com Elas: Rodada on-line de networking só para mulheres

Evento, que integra a programação especial para o Mês da Mulher, está com inscrições abertas para empresárias

Anúncio

Anúncio

Portrait of happy woman at beach during dusk

Especial Mulher: saúde e sexualidade

chuva_tempestade_final_de_semana

Previsão de mais chuva com trovoadas em Guarapari

Anúncio

desaparecido Gri1

Família de Guarapari procura parente com problemas mentais que fugiu do hospital

folhaonline-background-dia-das-mulheres-intro

Especial Dia Internacional da Mulher

Anúncio