Anúncio

Antônio Ribeiro escreve para o folhaonline.es aos domingos e, a cada semana, o colunista relaciona Guarapari ao tema do momento. Antônio é administrador de empresas, viveu em Porto Alegre, São Paulo e Curitiba, esteve em todos os estados brasileiros, a exceção de Acre, Roraima e Amapá, ministrou cursos em todos os países da América Latina, menos nas três Guianas, e escreveu o Guia de Férias e Feriadões.

Artigo: Morou em quatro continentes e escolheu Guarapari para viver!

Por Antônio Ribeiro

Publicado em 9 de maio de 2021 às 09:00
Atualizado em 10 de maio de 2021 às 13:22

Anúncio

Fotos: Antônio Ribeiro.

As pérolas naturais são criadas de forma artificial: nas conchas ligeiramente abertas é introduzido um corpo estranho, para a produção da Madrepérola. Esta tem muito a ver com a história de Thereza De Biase Wright.

Com certeza ela foi uma joia recriada várias vezes em distintos ambientes onde viveu: Vitória, Rio, África do Sul, Japão, Estados Unidos e Guarapari, na internacionalmente famosa Aldeia da Praia.

Imaginem uma mãe que no meio da vida, teve que mudar para a Cidade do Cabo, deixando metade dos filhos em idade escolar no Rio e partir para um mundo diferente em outro continente, o africano.

Lá viveu cinco anos e ainda teve outra mudança, agora para onze anos no Japão. Foi sem falar palavra e em pouco tempo, até programa de rádio tinha, tal sua facilidade de ambientação.

Teve também um período nos EUA e na Europa, tendo viajado pelo mundo, por conta da atividade do esposo, no Instituto Brasileiro do Café. Sabem onde esta mãe de ouro fez sua morada? Guarapari!

Seu irmão Pedro, outro iluminado, idealizou, loteou e construiu a famosa Aldeia da Praia, onde Thereza fez sua derradeira casa e com isso, chegou aos 102 anos, lúcida e alegre, morando naquele paraíso.

A conheci eufórica por ter votado aos 100 anos de idade. Por quê? Para ser feliz! Uma decisão interior, sua fórmula de vida, mesmo que para tal, algumas vezes tenha que ter abdicado. Foi feliz!

Ser mãe e companheira pelos quatro cantos do mundo, não foi fácil, mas a fez ainda mais feliz, com história e estórias para contar, tanto que no seu centenário, ela deu um livro aos presentes: sua vida. Aconteceu!

Curioso para conhecê-la e ela idem, ao saber que eu iria a sua casa para uma entrevista, fez questão de fazer um bolo e outras delícias, com um chá, para celebrar a vida, com saúde e alegria.

Fez lembrar da minha mãe, também com oito filhos pelo Brasil e treze netos, espalhados pelo mundo, que hoje me fazem refletir o dia das mães, pela honra e felicidade dos descendentes.

Nos une, seu filho que mora em Guarapari, meu xará Antônio, também morador do Atalaia, onde tem quatro terrenos, duas casas e depois de 32 anos numa só empresa, como eu, teve uma só fonte pagadora por toda vida.

Foto: Antônio de Biase Wright.

Unidos pela felicidade das mães, seguimos lutando pela nossa!

Antônio Ribeiro é membro da Academia Guarapariense de Letras e Artes.

Contato: [email protected]

As informações e/ou opiniões contidas neste artigo são de cunho pessoal e de responsabilidade do autor; além disso, não refletem, necessariamente, os posicionamentos do folhaonline.es

Anúncio

Anúncio

Veja também

2021_09_20-qualificar-es-galeria-Kainan-Juliana-e-tyago.JPG

Programa Qualificar ES realiza cerimônia de formatura em Guarapari

Praça Trajano (3)

Morador lamenta abandono da Praça Trajano Lino Gonçalves em Guarapari

Anúncio

Anúncio

projeto-escola-rural-2021-09-21-1

Escola Rural de Guarapari trabalha impacto da Educação Física para outras matérias e para a vida

Trabalho envolve professores de diversas matérias e incentiva inclusão e disciplina

ondas

Previsão de ondas de até 5 metros e ventos que podem chegar a 75 km/h no ES

Anúncio

vacina pfizer crianças

ES espera aval da Anvisa para vacinar crianças a partir de 3 anos contra Covid-19

O secretário de Saúde afirmou que a expectativa do governo é que a Sinovac e a Pfizer apresentem a documentação necessária para liberação da vacinação desse público até dezembro

vacinação adolecente

Guarapari vacinará adolescentes a partir dos 12 anos; o agendamento acontece hoje (21)

Anúncio