Anúncio

CDL Guarapari mantem comércios fechados após notificação recomendatória

Por Aline Couto

Publicado em 30 de março de 2020 às 15:16
Atualizado em 30 de março de 2020 às 15:16

Anúncio

Ministérios Públicos notificam presidente da CDL para que mantenha comércio fechado

Foto: Arquivo/Folha.

O Gabinete Permanente Interinstitucional (GPI), composto por membros do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), Ministério Público do Trabalho (MPT) e Ministério Público Federal (MPF) – GPI/MPES/MPT/MPF, notificou o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Espírito Santo, para que os presidentes de câmaras municipais determinem aos comerciantes associados que não descumpram os decretos estaduais voltados para o combate e prevenção à pandemia do Novo Coronavírus,  Covid-19. Os decretos estaduais têm como viés a preservação de vidas, mantendo as pessoas em casa.

Caso não sejam tomadas as providências previstas na notificação, os responsáveis poderão responder civil, penal e administrativamente.

A Câmara do Dirigentes Lojista (CDL) de Guarapari enviou um comunicado, confirmando o recebimento da notificação: “Recebemos hoje uma NOTIFICAÇÃO RECOMENDATORIA DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO ESPIRITO SANTO, O MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO E O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, e conforme comunicado anterior reafirmamos o nosso compromisso com classe empresarial e lojista, reiteramos nossa solidariedade a todos os empresários, estamos trabalhando para que possamos retomar nossas atividades normais o mais rápido possível, com adoção de medidas sanitárias para resguardar clientes e colaboradores”.

Notificação

Foto: Reprodução.

Em tempo

Na última sexta-feira (27), aconteceu uma carreata pedindo a reabertura dos comércios em Guarapari. Na ocasião, a CDL também se manifestou. Segundo o documento, a CDL Guarapari e o Sindilojas Guarapari juntamente com a Prefeitura Municipal de Guarapari, estão buscando o entendimento para que o decreto do Governo do Estado seja flexibilizado, mas que no momento o decreto está vigente e precisa ser cumprido.

O empresário que descumprir a medida de suspensão, mantendo o funcionamento normal do seu estabelecimento comercial, pode estar sujeito a sanções pecuniário (multa), administrativa (interdição do estabelecimento) e criminal (infração de medida sanitária preventiva)”, diz parte do comunicado.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

apreensão Anchieta

Polícia apreende 1.760 comprimidos de Ecstasy em operação em Anchieta

kit merenda

Guarapari realiza nova distribuição de kit merenda para alunos da Rede Municipal de Ensino

Anúncio

Anúncio

Covid-19_ES ultrapassa 10 mil obitos - 2021-05-11

Painel: Guarapari se aproxima de 350 óbitos e ES ultrapassa os 10 mil por Covid-19

Segundo a última atualização, na tarde de hoje (11), o número de óbitos chegou a 10.013 em todo o Estado

vacina_butantan_covid-divugacao_es

Guarapari abre agendamento para segunda dose da Coronavac em idosos acima de 70 anos

Anúncio

vacinacao-gripe-vilhena-2021-05-11

Imunização contra gripe para idosos e professores começou hoje (11) em Guarapari

Desaparecido Secr Saúde1

Encontrado morador de Guarapari que estava desaparecido

Anúncio