Anúncio

Conheça as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari: Coronel Ferrari

Por Aline Couto

Publicado em 19 de outubro de 2020 às 14:00
Atualizado em 20 de outubro de 2020 às 12:17

Anúncio

Foto: Arquivo Pessoal.

Dando continuidade à série política iniciada na semana passada (15), o folhaonline.es apresenta nesta segunda-feira (19) as propostas do candidato a prefeito de Guarapari, Coronel Ferrari (PSD).

Confira as respostas do candidato:

Tópico 1 – população em situação de rua

Jornal: Qual proposta apresenta para a questão da população em situação de rua no município? Que ações pretende executar para a busca da solução do problema? Há projetos para assistência dessas pessoas?

Coronel: Sim, a assistência social do município se dedicará com afinco na realização de um diagnóstico da população em situação de rua, estruturando em um cadastro as informações desse público. Pretendemos implementar um serviço especializado de abordagem, acolhimento e reinserção social e familiar, bem como melhorar e adequar os abrigos. Vamos estruturar uma rede de atenção, reunindo serviços multidisciplinares para receber e atender esse público através de força tarefa especifica e permanente.

Tópico 2 – hospital de Guarapari

Jornal: Sobre a construção e o funcionamento do hospital de Guarapari, é possível? O que efetivamente será feito para que a cidade tenha um hospital? O município consegue financiar o funcionamento? 

Coronel: Essa é uma das entregas mais importantes a ser assumida pela nova gestão. Temos que primar pelo bom uso do dinheiro público, obras iniciadas tem que ser finalizadas. Vamos concluir a construção do hospital de Guarapari com infraestrutura adequada ao atendimento dos usuários, evitando que os mesmos tenham que se deslocar para serem atendidos em outras cidades. No que tange ao funcionamento, vamos firmar uma Parceria Público Privada e captar recursos [já confirmado] do Governo Federal.

Tópico 3 – geração de empregos

Jornal: Quais as propostas para a geração de empregos no município? O que será feito para que garantir mais emprego para a população? Qual a proposta de atração de novos investimentos? E o Sine Guarapari, pretende retornar com a agência?

Coronel: Fortalecer a economia a partir da formação de um polo empresarial visando impulsionar as empresas locais e contribuir para um ambiente de movimentação econômica que atraia novos investidores e amplie as vagas de empregos. Vamos também fortalecer o empreendedorismo local, artesanato, moda, gastronomia, paneleiros, ambulantes e quiosqueiros, contribuindo para a comercialização dos produtos e geração de emprego e renda de forma imediata. O retorno do Sine Guarapari é prioridade da nossa gestão.

Tópico 4 – turismo

Jornal: E o turismo, base de Guarapari. Como pode ser melhorado? Quais investimentos fará para o desenvolvimento turístico da cidade? Há projetos para serem executados ao longo do ano? Pensa em diversificar os tipos de turismo? De que forma? 

Coronel: É urgente o estabelecimento de uma nova visão estratégica para o turismo da cidade, superando a visão ultrapassada de “turismo de balneário”. Vamos criar um calendário anual de atividades: turismo de negócios, esportivo, gastronômico, de aventura e o ecoturismo. Um dos projetos mais relevantes é a criação de rotas turísticas, integrando o espaço urbano, as praias, as montanhas e as belezas naturais da área rural e firmar parcerias para capacitar os moradores para atuarem no setor turístico.

Tópico 5 – transporte público

Jornal: Quais ações serão propostas para melhorias no transporte público da cidade? Há possibilidade de regularização de vans e mototáxis? 

Coronel: Nossa prioridade é reestruturar o sistema de transporte público, aumentando o quantitativo de ônibus [previsto no contrato], readequando os trajetos e inserindo na frota micro-ônibus para o transporte em locais de difícil acesso. Vamos instalar ciclovias e ciclofaixas, buscando incentivar o uso de bicicletas [mobilidade e saúde]. É prioridade a regularização dos serviços de vans, mototáxis e aplicativos. Deu certo em outras cidades e em Guarapari não será diferente.

Em tempo

Nove dos dez candidatos responderam, Oziel de Souza (PSC) foi o único que não enviou as respostas, e o critério utilizado para a ordem das matérias foi de acordo com o tempo que cada concorrente possui no horário eleitoral.

Para manter a condição igualitária, todos receberam as mesmas perguntas, regras e prazo de resposta. O tamanho limite para as respostas também foi o mesmo, 500 caracteres por tópico.

Nessa terça-feira (20) será a vez de apresentar as propostas da candidata Fernanda Mazzelli (Republicanos)

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacina_covid_19

Guarapari esclarece diferença entre número de doses recebidas e aplicadas de vacina da Covid-19

Agendamento será reaberto nos próximos dias para a população com idade entre 60 e 64 anos

zaine_e_ricardo_conde-2021-04-05

“É como ter uma arma apontada para a família, sem defesas” alerta jornalista de Guarapari, recuperado da Covid-19

Ricardo e a esposa, Zaine Conde, contraíram a doença. O jornalista se recuperou e a esposa ainda está na UTI, mas apresentando melhoras

Anúncio

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Guarapari: 2ª dose da vacina contra Covid-19 para idosos de 65 a 69 anos ainda não tem data

A maioria dos idosos desse público recebeu a primeira dose há cerca de um mês

aumento efetivo111

Casagrande anuncia aumento do efetivo da Polícia Militar do Espírito Santo

Anúncio

upaa-550x413

Câmara derruba veto do Prefeito e estende Auxílio Funcional aos demais servidores da Saúde de Guarapari

O veto restringia o pagamento do auxílio apenas aos profissionais lotados na UPA 24h

Bobó Brisamare-Risa

Semana das Mães: restaurante de Guarapari vai doar parte das vendas ao Recanto dos Idosos

Anúncio