Anúncio

Escolas Municipais de Guarapari retomam aulas presenciais na segunda-feira (01)

Retorno será gradual, por revezamento e em etapas, sempre condicionado à classificação do município no Mapa de Risco do Governo do Estado

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 24 de fevereiro de 2021 às 18:15
Atualizado em 25 de fevereiro de 2021 às 18:00

Anúncio

Aulas presenciais de Guarapari
Fotos: Divulgação/ Prefeitura de Guarapari.

As aulas presenciais na Rede Pública Municipal de Ensino retornam na próxima segunda-feira (01). A Prefeitura de Guarapari, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed), divulgou hoje (24) as ações que estão sendo tomadas para o início do ano letivo de 2021.

Este mês está sendo realizada a finalização dos preparativos das escolas para cumprimento dos protocolos de segurança sanitária e para a acolhida de alunos e servidores. Além disso, estão acontecendo reuniões, planejamentos e formações dos profissionais, com vistas a ampliar o preparo da Rede de Ensino para o retorno às aulas, diante dos novos modelos de ensino, devido à pandemia.

A decisão foi tomada no início do mês de fevereiro, em reunião extraordinária juntamente ao Comitê de Emergência em Saúde Pública – CESP, com respaldo no Decreto Estadual nº 4740-R, de 29 de setembro de 2020. O preparo das escolas se iniciou no ano passado e as últimas pendências estão sendo concluídas no mês de fevereiro.

Desde o mês de dezembro a Vigilância Sanitária iniciou a vistoria às escolas municipais, e no final de janeiro, intensificou as visitas para que as escolas estivessem vistoriadas e aptas ao recebimento do público, com cumprimento dos protocolos sanitários de biossegurança.

Em comunicado divulgado hoje (24) a Prefeitura informou que o retorno às aulas presenciais será gradual, por revezamento e em etapas, sempre condicionado à classificação do município no Mapa de Risco do Governo do Estado. O revezamento será semanal, no qual as turmas serão divididas em dois grupos, com a frequência de 50% dos alunos em cada semana. Será implementado o modelo de ensino híbrido, ou seja, serão trabalhados os componentes curriculares de forma presencial para um grupo, enquanto a outra parte da turma realiza as atividades não-presenciais remotamente. Na semana seguinte, se invertem os grupos.  

Também haverá escalonamento entre as etapas/segmentos de ensino para que o retorno seja gradativo. Na segunda-feira (01), iniciam as aulas presenciais em revezamento para as turmas de 3º ao 9º ano do Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). No dia 08 de março, será o retorno das aulas presenciais em revezamento para as turmas da pré-escola (04 e 05 anos de idade) e 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental. As turmas da creche (0 a 3 anos), iniciam o ano letivo na segunda-feira (01) em formato remoto, com previsão de retorno às atividades presenciais no dia 15 de março, porém, essa ainda é uma previsão que será avaliada pela Semed, mediante o andamento do retorno com os alunos maiores.

De acordo com a Prefeitura, as escolas estão equipadas com os insumos necessários para atendimento aos protocolos sanitários, também estando preparadas do ponto de vista pedagógico, criando estratégias para o acolhimento aos alunos, verificação da aprendizagem por meio de avaliações diagnósticas que serão aplicadas nos primeiros dias letivos de março e para a busca ativa dos estudantes que se afastaram da escola no período de suspensão das aulas.

A presença do aluno na Escola será facultativa, cabendo às famílias (pais ou responsáveis) decidirem se a criança irá ou não frequentar a escola presencialmente. Caso opte por manter a criança em casa, serão disponibilizadas as atividades não presenciais, sendo realizado o monitoramento para garantia do acesso e realização das atividades.

A Semed orienta que as famílias entrem em contato o mais breve possível com a escola para atualização dos telefones, participação nos grupos de WhatsApp da turma dos alunos, conhecimento dos protocolos adotados, informação quanto ao grupo que o aluno está inserido para participação das aulas presenciais, bem como para assinatura do Termo indicando se o estudante irá ou não frequentar a escola presencialmente.

“Esperamos conseguir aproveitar bastante cada dia letivo para recuperar a aprendizagem dos alunos e mitigar as perdas que a pandemia tem causado a todos”, finalizou a Secretária de Educação, Tamili Mardegan.

*Com informações de Prefeitura de Guarapari.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

RISA_cerimonia_lancamento_site_2021-04-14

Guarapari: Recanto dos Idosos celebra novo site que divulgará trabalho da instituição

Segundo Irmã Marilza, coordenadora da instituição, site vai dar transparência ao trabalho da instituição

secretária turismo

Pasta do turismo em Guarapari tem nova secretária

Anúncio

Anúncio

Centro-Social-Santa-Mônica

Centro Social em Guarapari mobiliza doações para bazar em prol das famílias atendidas

antígeno es

Covid-19: ES recebe 190 mil testes para identificar rapidamente novos casos positivos

Anúncio

valter_valentim_rifa_celular

Após amputação, morador de Guarapari realiza rifa para iniciar reabilitação física

A venda das rifas vai até o dia 5 de maio

baiano_destaque-edit-2021-04-14

Conhecido como Baiano, dono de restaurante em Guarapari perde a vida para a Covid-19

Ornélio da Silva Santos foi uma das 273 vítimas da doença no município

Anúncio