Anúncio

Morador de Guarapari luta contra o câncer e família pede doações para arcar com custos

Após passar por uma cirurgia de retirada de um tumor cerebral, Plínio Marin ficou com o lado esquerdo do corpo paralisado e o custo com cuidados é de aproximadamente R$8 mil mensais

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 31 de agosto de 2020 às 17:14
Atualizado em 1 de setembro de 2020 às 17:11
Anúncio
Plínio Miguel Marin. Foto: Arquivo Pessoal

Recentemente, Plínio Miguel Marin passou por uma cirurgia de retirada de um tumor cerebral maligno e, desde então, encontra-se com o lado esquerdo do corpo paralisado. A condição exige cuidados especiais, como acompanhamento de cuidadores, remédios, fraldas e alimentação, que chegam a R$8 mil reais mensais. Para arcar com os custos e continuar oferecendo todo o necessário, familiares criaram, na última sexta-feira (28), a campanha de arrecadação “Todos pelo Plínio”.

Leonardo Marin, de 42 anos, é filho de Plínio e, recentemente, graças a uma campanha criada por amigos e familiares, enfrentou um câncer na laringe e, agora, pede colaborações para dar continuidade ao tratamento do pai. “Eu doei mais de metade do que recebi para o meu tratamento para ele, que está em um quadro bem mais delicado que o meu”, conta.

Desde que passou por uma cirurgia, no dia 25 de maio, Plínio encontra-se acamado, com o lado esquerdo do corpo paralisado. O mecânico, de 64 anos, tem feito uso de sondas para alimentar-se e conta com os cuidados dos filhos e especialistas. Segundo Leonardo, a maioria dos gastos não são cobertos pelo plano de saúde e, para continuar oferecendo todos os cuidados necessários ao pai, a família resolveu criar a campanha de arrecadação.

Desde que foi criada, na última sexta (28), a campanha ‘Todos pelo Plínio” já arrecadou aproximadamente R$5 mil. Apesar de parecer alto, o valor não é o bastante para cobrir um mês das despesas com o tratamento. “Somando os gastos com oncologista, fisioterapia, cuidadores, remédios, fraldas e alimentação, o custo totaliza de R$7 mil a R$8 mil mensais”, explica o filho.

Para colaborar e juntar-se à campanha, basta doar qualquer valor através do PicPay, depósito ou transferência bancária.

Seguem os dados:

Foto: Divulgação

Com esperanças de que, com o valor, poderão proporcionar os cuidados necessários para que Plínio vença a luta contra o câncer, a família agradece a colaboração.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio
Anúncio

Veja também

e39d896a-88d6-4014-a632-46f2afd7a5d5

Grupo promove ação de limpeza do Rio Una em Guarapari e convida voluntários

Há 16 anos o “S.O.S Rio Una” coleta lixo sólido das margens do Rio Una, além de promover ações de conscientização

Foto: Reprodução

Covid-19: mais 27 pessoas se curam da doença em Guarapari

Anúncio
Anúncio
PM GRI

PM de Guarapari faz sucesso na internet e tem mais de 80 mil seguidores

Raphael Santana também faz faculdade de direito e trabalhos como modelo

Foto: Arquivo/Folha

INMET emite alerta de chuva forte e ventos intensos em Guarapari

Ao todo, 50 municípios capixabas podem ser afetados pela mudança climática; Há risco de alagamentos, deslizamentos e transbordamentos de rios

Anúncio
HFA_fachada_tratada-1024x778

Votação popular: Hifa Guarapari pode ser contemplado com emenda parlamentar

A proposta consiste na renovação do Parque Tecnológico da Unidade Hospitalar do Centro Cirúrgico com aquisição de novos equipamentos

nesio

Covid-19: Secretário diz que número de casos deve aumentar nos próximos dias, mas não é ‘nova onda’

Nésio Fernandes explicou os fatores que vão influenciar no aumento de casos

Anúncio