Anúncio

Na Bahia, presos dois por roubo em Guarapari; Há outro foragido e indícios de um quarto participante

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 9 de abril de 2019 às 13:23
Atualizado em 9 de abril de 2019 às 13:34
Anúncio

Segundo a Polícia Civil, as ligações ao Disque-Denúncia 181 foram fundamentais para a localização dos indivíduos.

Jhonatan de Souza Chagas (esq) e Douglas Silva dos Santos. Fotos: Divulgação

Jhonatan de Souza Chagas, de 25 anos, e Douglas Silva dos Santos, de 21, suspeitos de participarem de roubos ocorridos na zona rural do município, foram presos na última sexta-feira (05), na Bahia (BA). De acordo com a Delegacia Especializada em Investigações Criminais (Deic) de Guarapari, a prisão contou com o apoio da Delegacia Especializada de Crimes Contra os Transportes de Cargas (DCCTC) e da Delegacia de Itamaraju/BA, e foi resultado de informações passadas através do Disque-Denúncia 181, após divulgação dos nomes e das imagens. Um terceiro suspeito, Deivid de Souza Dias, de 22 anos, também teve a prisão preventiva decretada e está foragido. Todos eles são moradores da mesma rua, no bairro Bela Vista, em Guarapari.

Deivid de Souza Dias, FORAGIDO.

Nessa segunda feira (08), as investigações revelaram a participação de um quarto indivíduo, que não teve a identidade revelada para não atrapalhar o andamento do caso. “Nós acreditamos que ele tenha sido responsável pelas informações necessárias para a prática dos roubos, uma vez que é o único que reside em área rural e, além disso, possui todo um histórico de roubos”, explicou o delegado titular do Deic de Guarapari, Guilherme Eugênio. Dos pertences roubados, apenas um aparelho celular foi localizado.

Dr. Guilherme destacou a importância do Disque-Denúncia. Foto: Carolina Brasil

Os crimes, ocorridos em dezembro de 2018 e fevereiro deste ano, chamaram a atenção pela intensidade e teor da violência utilizada. “As vítimas eram intensamente ameaçadas sob a alegação de que caso algum objeto de valor não relatado voluntariamente fosse entrado, elas seriam mortas, e também que caso a polícia soubesse da ocorrência do crime, eles voltariam para matar as pessoas”, lembrou Dr. Guilherme.  Ao todo foram 13 vítimas, incluindo idosos de 62 e 79 anos, e crianças, a mais nova com quatro anos. Em um dos casos as vítimas foram amarradas, com exceção da criança, e no outro, a todos foi imposto à ordem de ficarem deitados no chão de barriga para baixo.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Gás2

Guarapari: Aplicativo identifica revendedora de gás mais próxima do consumidor

esperando_vc_grupo_irmaos_787-e1600203522534

TJES apresenta cinco irmãos que aguardam adoção e grupo de Guarapari reforça importância da ação

Para Virgínia Silva, presidente do grupo de apoio à adoção “Gerando com Coração”, a campanha “Esperando Por Você”, do TJES, revela a realidade das instituições de acolhimento

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Guarapari registra mais quatro óbitos pela Covid-19

Com isso, o município totalizou 114 vítimas fatais da doença

WhatsApp Image 2020-09-25 at 10.58.43

Alfredo Chaves: Emenda parlamentar garante carro e outros equipamentos para Conselho Tutelar

Além do veículo, o recurso contemplará uma geladeira de 340l, uma Smart TV de 50 polegadas, bebedouro e um aparelho de ar condicionado portátil

Anúncio
Foto: Reprodução

Sebrae/ES tem mais de 5 mil vagas em cursos gratuitos para outubro

Os últimos dias de setembro garantem 14 atividades gratuitas, enquanto outubro já começa com cerca de 30 ações confirmadas

imagem-cnh-social-2020

CNH Social: ES oferece 4.500 vagas com foco na qualificação profissional

Anúncio