Anúncio

Novela do Hospital Maternidade Cidade Saúde em Guarapari continua

Por Aline Couto

Publicado em 22 de março de 2018 às 16:40
Atualizado em 22 de março de 2018 às 16:50
Anúncio

Em dezembro passado, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, se reuniu com o prefeito municipal, Edson Magalhães, para o repasse total de R$ 30 milhões em mais uma etapa da obra do Hospital Maternidade Cidade Saúde, que se arrasta desde 2011, onde o prazo de conclusão da obra foi estipulado em dois anos. O Governo Federal garantiu o repassou de R$ 18 milhões, sendo R$ 6 milhões para dar início à licitação.

O projeto atual contempla 03 pavimentos e 01 heliponto na cobertura sendo a área total de construção de 8.678,72 4m². Além de oferecer 143 leitos, sendo 100 leitos de internação, 40 leitos UTI assim distribuídos 04 leitos de UTIN, 04 leitos de UcinCO, 02 leitos de UcinCA, 10 leitos de UTI pediátrica, 20 leitos de UTI adulto, que vai atender aos moradores de Guarapari e cidades vizinhas.

Fotos tiradas pela Comissão de Economia e Finanças durante a visita nas obras do hospital.

Na terça-feira (20), a Comissão de Economia e Finanças da Câmara Municipal de Guarapari, fez uma visita técnica à obra e o local está em estado de abandono, deplorável, de acordo com o presidente da comissão, vereador Marcos Grijó (PDT). “Acredito que nenhum engenheiro dará um laudo favorável para que ali possa se transformar em um hospital”.

Segundo Grijó, o próximo passo após a visita da comissão será a solicitação de laudos técnicos, como no Corpo de Bombeiros. “A cidade precisa de um hospital, mas ele tem que ter, desde o inicio, uma estrutura bonita e que as condições daqui a 10 ou 20 anos continuem perfeitas e atenda aos munícipes. Um investimento verdadeiro que respeita o dinheiro público”.

Fotos tiradas pela Comissão de Economia e Finanças durante a visita nas obras do hospital.

O relator da comissão, vereador Thiago Paterlini (PMDB), conta que segundo o Ministro da Saúde os R$ 6 milhões já foram repassados para o município em 2016. “Até o momento não foi dado nenhuma ordem de serviço e por isso fomos conferir o que havia sido feito na obra, e ela nem foi mexida. A obra foi estimada em R$ 23 milhões, sendo R$ 18 milhões do Governo Federal e R$ 9 milhões da Prefeitura”.

“Como agentes fiscalizadores, queremos saber se esse recurso vai ser suficiente para a obra completa e onde está os R$ 6 milhões, e em que foram usados, uma vez que obra nem começou. Não somos contra o hospital, mas tem que haver um planejamento para ver se é viável e funcional”, finaliza Thiago.

Fotos tiradas pela Comissão de Economia e Finanças durante a visita nas obras do hospital.

Em tempo

O Ministro da Saúde, Ricardo Barros, recebeu o prefeito Edson Magalhães, o senador Ricardo Ferraço e o deputado federal Marcus Vicente, na tarde de quarta-feira (21), para tratar do repasse de quase R$ 6 milhões, este ano, para a construção do Hospital Cidade Saúde de Guarapari. Durante a reunião, o Ministro assegurou que não faltarão recursos para término da obra.

Da esquerda para a direita, senador Ricardo Ferraço, Ministro da Saúde, Ricardo Barros, prefeito Edson Magalhães e deputado federal Marcus Vicente na reunião de ontem.

Licitação

A abertura da licitação para contratação de empresa especializada para conclusão e ampliação de unidade especializada em saúde (Hospital e Maternidade) – SEMOP foi publicada, no Diário Oficial dos Municípios do Espírito Santo, nesta quinta-feira (22) e será por concorrência pública nº 004/2018 do processo nº: 7.219/2018. Ela acontecerá no dia 25/04/2018 as 14h30.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

teste-rapido-coronavirus-covid19-1

Mais uma morte por Covid-19 em Guarapari; Município ultrapassa os 3.400 casos

A vítima fatal residia no bairro Muquiçaba que, sozinho, registra 244 casos e 7 óbitos

Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

Liberada realização de eventos com até 100 pessoas em Guarapari

Permanece proibido o funcionamento de cinemas, boates, casas de show e afins

Anúncio
Anúncio
Foto: Hamilton Garcia

Estabelecimentos voltam a funcionar sem restrição de horário, em Guarapari

Além do comércio, o novo decreto flexibiliza o acesso às praias e a entrada de turistas na cidade

palacio-anchieta

Governo do Estado prevê orçamento de R$ 18,9 bilhões para 2021

Anúncio
Foto: Reprodução

Apae Guarapari arrecada alimentos para almoço solidário

O dinheiro da venda das refeições será destinado à manutenção da estrutura da instituição, que sofreu alguns devido às últimas chuvas

educacao-infantil

Divulgado protocolo para retorno das aulas presenciais na Educação Infantil no ES. Veja as regras!

Dentre as recomendações das secretarias de Educação e de Saúde, estão os cuidados básicos, como higienização correta dos espaços e o uso de máscaras

Anúncio