Anúncio

Paineira, a árvore sobrevivente ao progresso

Por Glenda Machado

Publicado em 20 de novembro de 2016 às 21:37
Atualizado em 20 de novembro de 2016 às 21:44
Anúncio

dsc05199

Com 97 anos, ela sobreviveu ao desenvolvimento imobiliário, ao povoamento e até à pavimentação asfáltica. Com 22 metros de altura, tornou-se o símbolo da rua. Além da beleza e sombra, ela refresca ao entorno. Incrível, como a sensação da temperatura muda a alguns passos. Longe dela, é calor na certa. Mas assim que se entra embaixo da sua sombra, logo sente uma gostosa brisa. É tão famosa, que quase ninguém sabe que o nome da rua passou de Majorca para Ramalhete Coutinho na Praia do Morro. Todos conhecem como a Rua da Árvore.

“É uma árvore centenária, nativa da região. Mesmo com o desmatamento para o avanço da cidade, ela foi ficando. Mas está sobrevivendo por força própria, porque ninguém faz nada por ela. Pelo seu simbolismo, ela foi mantida e o amor pela natureza acabou falando mais alto que o progresso. Na verdade, ela faz mais por nós, que nós por ela. É um ar condicionado natural, merecia mais atenção”, afirma um dos admiradores, Renato Andrade.

dsc05208

Como presidente da Associação dos Hotéis e Turismo de Guarapari, ele destaca o seu grande potencial turístico. “O poder público podia transformá-la em um ponto turístico, colocar um canteiro em volta e podar de vez em quando se não vai acabar morrendo”. Como aconteceu com a árvore do Vô Nuto, na Avenida Beira Mar. Ela recebeu uma placa indicativa e um deck de madeira para preservar sua história. E lembra que apesar da rua ter recebido o nome em homenagem à árvore, ela mesma não tem um nome. “Precisamos dar um apelido para ela”.

Mas nem tudo é flores, já tentaram cortá-la por várias vezes. Nos 18 anos em que mora na rua, Verino Andrade já presenciou dois destes momentos. “Alguns moradores já tentaram fazer abaixo-assinado para cortar ela, mas a maioria foi contra. E quando pavimentaram diversas ruas do bairro, quase arrancaram ela. Mas de novo fizemos um movimento e conseguimos mantê-la”, recorda.

E no seu bairro: tem alguma árvore de história? Compartilhe com a gente!

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Sebrae/ES tem mais de 5 mil vagas em cursos gratuitos para outubro

Os últimos dias de setembro garantem 14 atividades gratuitas, enquanto outubro já começa com cerca de 30 ações confirmadas

imagem-cnh-social-2020

CNH Social: ES oferece 4.500 vagas com foco na qualificação profissional

Anúncio
Anúncio
desaparecido3

Jovem que desapareceu em Guarapari entra em contato com a família e passa bem

Guilherme foi visto pela última vez no dia 16 de setembro. Nesse final de semana ele ligou para mãe e disse que estava bem

Foto: Reprodução

Covid-19 já vitimou 110 pessoas em Guarapari

Anúncio
cães_abandonados

Doações de livros ajudam animais de rua em Guarapari

O perfil “Desapego de Patas” vende os livros doados e todo o dinheiro é repassado para o projeto Ajuda Pet

nicole apa

Moradora de Guarapari cria grupo de compras para que consumidores consigam descontos

Nicole Mattar criou o “Nosso Grupo de Compras” com o objetivo de reunir consumidores e negociar descontos em compras coletivas

Anúncio