Anúncio

Perfis “fakes” e o crime de falsa identidade

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 30 de novembro de 2019 às 15:00
Atualizado em 29 de novembro de 2019 às 14:13
Anúncio

Por Dárlete B. Batista (*) Advogada – OAB/ES 32.053

Imagem ilustrativa

É notório que apesar das suas benesses, a rede mundial de computadores tem sido o terreno propício para o crime de falsa identidade, que está relacionado à criação de perfis falsos em redes sociais, também conhecidos como “fakes” (termo originário do termo “bretão” que significa “falso”).

A falsa identidade é uma conduta ilícita caracterizada pela ação de atribuir a si mesmo ou a outrem uma identidade que não corresponde com a realidade, com a finalidade de obter vantagem ou causar dano a outrem. Assim, aquele que alegar ser uma pessoa diversa da que é na realidade incorrerá nas iras do art. 307 do Código Penal, que pune a conduta com pena de até 01 ano de detenção ou multa, se não constituir crime mais grave, como o estelionato, por exemplo.

Levando em consideração a criação reiterada de perfis falsos, foi elaborado o Projeto de Lei nº 7.758/14, para alterar o Código Penal. O projeto já foi aprovado pela Comissão de Constituição de Justiça e de Cidadania e a proposta prevê pena maior para o crime de falsa identidade praticado pela internet ou por qualquer outro meio eletrônico. A justificativa para a elevação da pena pelo projeto é que a rede de computadores tem sido o terreno propício para a prática de crimes muito graves, como os que envolvem a pedofilia, por exemplo.

Sobre o crime de falsa identidade, é fundamental lembrar que só estará configurado caso seja baseado em identidade real, isto é, de pessoa que exista, não havendo tipificação caso seja baseada em avatares ou personagens.

Surge o seguinte questionamento: A utilização de foto de uma pessoa aleatória em um perfil totalmente fake, com dados inventados é crime? Só é permitido usar fotos alheias se houver autorização por escrito da pessoa. Ademais, o anonimato, apesar de não ser crime, é proibido pela Constituição Federal. Assim, ao criar um perfil em nome de um personagem fictício, o indivíduo, em tese, não está cometendo um crime, mas está violando uma norma constitucional, podendo responder ação cível por violação de direitos de imagem, que gera indenização.

Além disso, o fato de um perfil ser declaradamente falso não isenta o agente de consequências jurídicas, o que ocorrerá, por exemplo, quando houver ofensas à honra de alguém ou forem disferidas ameaças.

Em todos os casos os perfis podem ser denunciados nas próprias redes sociais por mecanimos específicos e caso não se logre êxito na remoção do perfil falso, deve ser registrado boletim de ocorrência em delegacia e buscado o auxílio de advogado especializado para a medida judicial de urgência de remoção do conteúdo e identificação dos autores do crime.

(*) Dra. Dárlete B. Batista – OAB/ES 32.053

Atuante na área criminal, inclusive crimes cibernéticos, direito de família e juizados especiais. Pós-graduanda em Direito Constitucional. Autora do artigo “A Pornografia da vingança”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

108319221_agencia-brasil_carteiradetrabalho

Mais de 90 vagas no Sine Anchieta com oportunidades para moradores de Guarapari

Algumas vagas podem ser disputadas por moradores de todo o Espírito Santo

ajuda pet

ONG pede doações para alimentar animais de Guarapari

O projeto Ajuda Pet sustenta mais de 100 animais, e a quantidade de ração é instável para os próximos dias

Anúncio
Anúncio
Fernanda Mazzelli

Conheça as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari: Fernanda Mazzelli

valentina

Com apenas 4 anos, menina de Guarapari lança canal no Youtube

Valentina Zanon tem o canal há cerca de três semana e a audiência está crescendo

Anúncio
prf explosivo

PRF apreende artefatos explosivos, pistolas e prende dois homens em Guarapari

No interior veículo foram encontradas bananas de dinamite que seriam utilizadas em tentativa de assalto a carros de transporte de valores e caixas eletrônicos

Edital de Convocação de Ata de Reunião da Assembleia Geral Extraordinária do Recanto dos Idosos Santo Antônio

Edital de Convocação de Ata de Reunião da Assembleia Geral Extraordinária do Recanto dos Idosos Santo Antônio

Anúncio