Anúncio

PM e Associação pedem colaboração da população para segurança na região de Meaípe em Guarapari

Por Carolina Brasil

Publicado em 10 de outubro de 2018 às 14:43
Atualizado em 10 de outubro de 2018 às 14:43
Anúncio

Assustadas com o alto número de furtos e roubos, as vítimas nem sempre registram a ocorrência.

Av. Guarapari, a via liga Meaípe a Condados. Foto: Leitor/folhaonline.es

Relatos apontam que moradores e comerciantes dos bairros de Meaípe e Condados estão preocupados com a segurança na região. De acordo com contatos feitos à nossa redação, há meses a prática de assaltos a pessoas e comércios, além de furtos em residências e também em estabelecimentos comerciais tem sido frequente.

Recentemente, representantes do 10º Batalhão da Polícia Militar se reuniram com a Associação de Moradores de Meaípe para tratar sobre essa insegurança. “Nós solicitamos à polícia mais patrulhamento aqui e ouvimos que quase não se tem registro de crimes na nossa região. Infelizmente, as pessoas não dão importância à ocorrência. Nosso alerta é que as vítimas procurem a Polícia Militar e façam o B.O., somente assim poderemos requisitar uma ação mais efetiva no bairro”, aclamou Marlene Demicheli, presidente da associação.

De fato, as estatísticas Batalhão mostram, para os meses de agosto e setembro, apenas três ocorrências de roubos – duas em Meaípe e uma em Condados –, revelando uma “falsa” sensação de tranquilidade. “Trabalhamos com números, é preciso que a informação do crime, inclusive com horários, chegue à polícia para que possamos traçar os planos de ação nesse combate, tanto preventivo quanto ostensivo”, explicou Capitão Lourencini do 10º Batalhão da Polícia Militar. Para o ele, o trabalho da PM fica comprometido com as brechas da legislação. “Nosso Batalhão encaminha cerca de 200 pessoas para o presídio e a maioria delas não fica presa, limitando o trabalho da PM”, finalizou.

Novos casos

Segundo informações, no final da manhã desta quarta-feira (10), uma lanchonete que fica na Rodovia que corta Meaípe foi assaltada. Um roubo a pessoa também foi relatado hoje na localidade. Ontem (terça-feira, 09), proprietário e clientes de uma pizzaria foram roubados (carro e pertences) à noite, enquanto dois estudantes, a caminho da escola, tiveram os celulares levados por criminosos no começo da manhã.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Prefeitura proíbe caminhada na orla das praias de Guarapari aos fins de semana

A medida restritiva será válida, excepcionalmente, nos dias 06, 07, 13 e 14 de junho; Confira outras determinações divulgadas nesta quarta-feira (03)

Da esquerda para a direita: Tenente Coronel Caus, da Polícia Militar; Prefeito de Guarapari, Edson Magalhães; Tenente Coronel Bruno, do Corpo de Bombeiros. Fotos: Folhaonline.es

Apenas comércios essenciais poderão funcionar nos fins de semana em Guarapari

A medida, que tem por objetivo reduzir a taxa de circulação no município, valerá a partir deste sábado (06); Comerciantes que desobedecerem as restrições poderão ter alvará de funcionamento cassado

Anúncio
Anúncio
comercio1-550x309

Guarapari terá nove dias de isolamento total a partir das 19h

A partir do dia 06 até o dia 14 de junho não será permitido permanecer nas ruas após as 19h e os comércios não essenciais devem permanecer fechados nos finais de semana

covid-19-drive-thru-teste-coronavirus-teste-rapidos-titri-foto-Flávio-Tin-_MG_8593-15042020-scaled

Estudo aponta mais de 200 mil capixabas infectados; Guarapari participará da próxima etapa

A partir do levantamento, o ES poderá reconhecer com mais precisão o padrão de comportamento da Covid-19 em solo capixaba

Anúncio
fiscais

Ação da fiscalização da prefeitura de Guarapari provoca reação do setor turístico

Foto: Divulgação

Guarapari: Obras de extensão da Avenida Paris estão em fase final