Anúncio

Prefeito afirma que não vai cancelar programação de réveillon e carnaval em Guarapari

Edson Magalhães também defendeu uma maior flexibilização das atividades econômicas no município, especialmente do comércio

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 12 de agosto de 2020 às 09:10
Atualizado em 12 de agosto de 2020 às 19:05
Anúncio

A pandemia do novo coronavírus tem feito com que eventos tradicionais, como réveillon e carnaval, tenham sua programação cancelada ou adiada em diversas cidades brasileiras. O famoso Réveillon de Copacabana, no Rio de Janeiro, por exemplo, terá sua programação modificada, justamente para não gerar aglomerações. O carnaval carioca e o de Salvador, na Bahia, também correm o risco de serem alterados e podem ser adiados para a metade de 2021.

Entretanto, no que depender do prefeito de Guarapari, Edson Magalhães, as festividades na Cidade Saúde devem ser mantidas. Durante uma transmissão ao vivo feita pelas redes sociais da prefeitura, na noite de segunda-feira (10), Magalhães afirmou que não pretende cancelar as programações do réveillon e do carnaval no município.

A principal praia do município para a comemoração do Réveillon é a Praia do Morro. Foto: Divulgação.

“Acho que foi muito intempestivo, da parte de gestores municipais e até de governadores, cancelar réveillon e carnaval. Eu não vou fazer isso, porque tem uma vacina em estudo. Essa vacina a partir de dezembro deve chegar ao nosso país e também a outros países. Então quero crer que nós vamos ter o réveillon, o carnaval e um belíssimo verão em Guarapari”, afirmou.

Ainda durante a transmissão, o prefeito defendeu uma maior flexibilização das atividades econômicas no município, especialmente do comércio. “Acho que já está na hora de começar a abrir mais Guarapari. Sou totalmente favorável. Nós abrimos o comércio no dia de sábado. O comércio de Guarapari é muito forte. É um comércio muito aberto e que não depende somente das pessoas daqui. Temos pessoas que vêm de Alfredo Chaves, Anchieta, Iconha, Piúma e até Viana. E a gente quer fortalecer esse comércio”.

Edson também anunciou uma possível flexibilização do comércio local. Foto: Reprodução Facebook.

Segundo o prefeito, essa maior flexibilização é possível desde que as pessoas respeitem as medidas de prevenção à covid-19. “As pessoas têm que ter esse comportamento e esse compromisso de usar máscara, álcool em gel. Se você fizer esse dever de casa, acho que tudo em Guarapari pode voltar à vida normal. Então acho que já está na hora de abrir isso aí, de forma gradativa”.

Edson Magalhães também falou sobre o polêmico decreto municipal publicado por ele, no mês passado, que permitia que restaurantes, pizzarias, cafeterias e hamburguerias do município pudessem realizar atendimento presencial do público até as 22 horas, de segunda a sexta-feira. O decreto, no entanto, foi suspenso pela Justiça, após um pedido do Ministério Público Estadual (MPES).

“Infelizmente nós tivemos uma ação proposta pelo Ministério Público. A Procuradoria-Geral do Estado também ameaçou entrar com uma ação e nós então tivemos que seguir uma decisão judicial. Fizemos uma medida cautelar ao tribunal, para que ele reconheça a autonomia do gestor público”, disse o prefeito.

Guarapari está classificado como município de risco moderado para a covid-19, conforme a matriz de risco elaborada pelo governo do Estado. Dessa forma, de acordo com as novas regras anunciadas pelo governador Casagrande, na última quinta-feira (06), os restaurantes da cidade podem funcionar todos os dias da semana, porém somente até as 18 horas. O funcionamento desses estabelecimentos sem restrição de dia e hora só é permitido em municípios de risco baixo.

*Texto de Rodrigo Araújo/ Folha Vitória.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio
Anúncio

Veja também

antonio capa

Guarapari: Família pede doações de sangue para idoso de 81 anos que está na UTI

Renato Antônio Massad Vieira foi internado ontem (22) e, com a escassez de sangue nos bancos, precisa de doadores

chuva

Após forte chuva, Defesa Civil identifica dois pontos de deslizamento de terra em Guarapari

Apesar disso, não há registros de famílias desabrigadas em decorrência da chuva no município

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Sine Anchieta: Mais de 90 vagas abertas com oportunidades na área da Samarco

Há oportunidades para moradores de Guarapari, Anchieta e Piúma

dna (5)

Chuva e vento destroem refeitório de fábrica, em Guarapari

Anúncio
e39d896a-88d6-4014-a632-46f2afd7a5d5

Grupo promove ação de limpeza do Rio Una em Guarapari e convida voluntários

Há 16 anos o “S.O.S Rio Una” coleta lixo sólido das margens do Rio Una, além de promover ações de conscientização

Foto: Reprodução

Covid-19: mais 27 pessoas se curam da doença em Guarapari

Anúncio