Anúncio

Provas do Enem 2020 começam domingo (17). Confira mudanças

Sob protestos e mesmo com a morte de diretor Inep por Covid-19, as provas estão mantidas.

Por Gislan Vitalino

Publicado em 14 de janeiro de 2021 às 11:45
Atualizado em 15 de janeiro de 2021 às 10:01

Anúncio

2021 se iniciou com muitas pendencias para resolver do ano anterior. Devido a pandemia do coronavírus, algumas atividades necessariamente presenciais em que aglomerações são previstas foram canceladas. Não é o caso das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020). Em todo o país, mais de 5,7 milhões de estudantes estão inscritos para fazer o Exame, de acordo com o Inep.

provas
Foto: divulgação/ Agência Brasil.

A realização das provas em um momento de aumento de dos casos e das mortes por covid-19 em todo o país preocupa professores, estudantes, autoridades e especialistas. Só em Guarapari mais de 7.183 pessoas foram contaminadas pela doença.

Segundo o professor titular de epidemiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Roberto Medronho, realizar o exame nessas condições é arriscado. “É um risco grande mobilizar milhões de pessoas em um momento desses”, alertou o especialista.

Segundo Medronho, as medidas anunciadas ajudam a controlar a transmissão do vírus, mas não há um cenário seguro que proteja efetivamente os estudantes da propagação da Covid-19. “Garantia não há. O ideal é suspender o exame. Mas, posso dizer que vai minimizar de forma razoável o risco”, disse.

Mesmo sob protestos e com a morte do diretor de Avaliação da Educação Básica do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), general da reserva Carlos Roberto Pinto de Souza, nesta segunda-feira (11) por Covid-19, a prova está mantida. O Inep decidiu manter o exame, para garantir que os estudantes tenham acesso ao ensino superior e possam continuar a formação.

provas
Foto: divulgação/ Agência Brasil.

O exame possui mais de 5,7 milhões de inscritos em todo o país e contará com algumas medidas para minimizar o risco de contágio pelo coronavírus.

Confira algumas das principais mudanças.

– Nessa edição os participantes podem escolher entre duas modalidades de aplicação da prova. Os estudantes puderam optar por realizar a prova de forma presencial, nos dias 17 e 24 de janeiro, ou por fazer a prova de forma digital nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro;

– Os estudantes que estiverem participando das provas presenciais deverão permanecer de máscara durante toda a realização do exame, exceto nos momentos para identificação ou alimentação. Caso a regra seja descumprida, os participantes podem ser eliminados.

– Os aplicadores e fiscais da prova portarão álcool em gel, que deve ser utilizado sempre que os estudantes tocarem as máscaras ou se retirarem das salas para acessar os banheiros;

– Segundo o (Inep), as carteiras estarão dispostas de forma a assegurar uma distância mínima obrigatória entre os participantes;

– Normalmente, os portões dos locais de prova são abertos às12h, uma hora antes do início do exame. Nessa edição, entretanto, portões serão abertos mais cedo, às 11h30, garantindo 30 minutos a mais que as edições anteriores para acesso ao local de prova;

– O edital prevê que participantes diagnosticados com doenças infectocontagiosas, inclusive infectados com o novo coronavírus até um dia antes das provas poderão solicitar reaplicação do exame. A comunicação do diagnóstico deve ser feita pela Página do Participante e pelo telefone 0800 616161;

– Os estudantes que integram grupos de risco poderão fazer as provas em uma sala com a capacidade reduzida, que terá apenas 25% da ocupação máxima. Esses participantes precisam ter sinalizado a opção por ensalamento diferenciado na inscrição do exame;

– Mulheres lactantes que tiverem comprovado a condição no momento da inscrição para a prova, terão tempo adicional de 60 minutos para a realização do exame.

Confira o calendário oficial do Enem 2020
– Prova impressa: 17 e 24 de janeiro de 2021.
– Prova digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.
– Reaplicação para Pessoas Privadas de Liberdade ou em condições infectocontagiosas: 23 e 24 de fevereiro de 2021.
– Resultados: 29 de março de 2021.

Uma seção específica pode ser acessada no Site do Inep para sanar as principais dúvidas relacionadas ao Exame. Confira as perguntas frequentes do site.

*Com informações de Folha Vitória e Agência Brasil.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

2021_09_20-qualificar-es-galeria-Kainan-Juliana-e-tyago.JPG

Programa Qualificar ES realiza cerimônia de formatura em Guarapari

Praça Trajano (3)

Morador lamenta abandono da Praça Trajano Lino Gonçalves em Guarapari

Anúncio

Anúncio

projeto-escola-rural-2021-09-21-1

Escola Rural de Guarapari trabalha impacto da Educação Física para outras matérias e para a vida

Trabalho envolve professores de diversas matérias e incentiva inclusão e disciplina

ondas

Previsão de ondas de até 5 metros e ventos que podem chegar a 75 km/h no ES

Anúncio

vacina pfizer crianças

ES espera aval da Anvisa para vacinar crianças a partir de 3 anos contra Covid-19

O secretário de Saúde afirmou que a expectativa do governo é que a Sinovac e a Pfizer apresentem a documentação necessária para liberação da vacinação desse público até dezembro

vacinação adolecente

Guarapari vacinará adolescentes a partir dos 12 anos; o agendamento acontece hoje (21)

Anúncio