Anúncio

Guarapari ultrapassa 7 mil casos da Covid-19; 1.012 somente na Praia do Morro

Por Aline Couto

Publicado em 11 de janeiro de 2021 às 14:07
Atualizado em 12 de janeiro de 2021 às 16:38

Anúncio

Foto: Reprodução

Na noite de sexta-feira (08), o Governo do Estado divulgou o 39º Mapa de Risco Covid-19, que começou a vigorar hoje (11) e valerá até domingo (17), onde Guarapari tem a classificação de risco alterada, passou de risco alto de contágio do novo Coronavírus (Covid-19) para risco moderado. Apesar da nova classificação, o último boletim com os dados da doença, divulgado domingo (10) pela prefeitura de Guarapari, mostra o município com 7.072 casos confirmados da Covid-19.

A atualização dos números aponta que do total de infectados, mais de 1.000 estão localizados na Praia do Morro. O bairro contabiliza 1.012 pessoas contaminadas e 23 óbitos. O número de pessoas que perderam a vida na cidade já chegou a 181.

O documento ainda mostra que 34 pessoas seguem internadas e 742 em investigação laboratorial, aguardando resultado do exame. Os casos suspeitos são 7.474 e os curados, 5.415. Desde o início da pandemia, março de 2020, 23.773 casos foram notificados 9.227 descartados.

Em tempo

A mudança da classificação de risco significa que Guarapari poderá adotar medidas mais flexíveis no que diz respeito ao funcionamento das atividades econômicas e sociais. O município está entre os locais mais procurados por turistas no Espírito Santo, nesta época do ano. Nos últimos dias, cenas de aglomerações nas praias foram registradas com frequência, mesmo com a classificação do risco alto.

Epidemiologista alerta sobre risco de transmissão da Covid-19 nas praias

Registro feito no final do ano passado na Praia do Morro. Foto: Arquivo Folha.

A epidemiologista, pesquisadora e professora da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Ethel Maciel, recomenda evitar aglomerações no litoral e não dispensar o uso da máscara mesmo estando ao ar livre. Com a pandemia, as medidas de distanciamento social e de higiene devem ser levadas em conta até à beira-mar.

As cenas de praias lotadas levam a uma preocupação a mais já que o país registra aumento recorde no número de casos e de mortes por Covid-19, ultrapassando, recentemente, a marca de 200 mil mortos. O Brasil pode registrar mais elevação do número de casos e de óbitos devido às aglomerações e relaxamento dos cuidados durante as festas de fim de ano e nos finais de semana ensolarados de verão, com as praias como destino de multidões.

Segundo a profissional, os mesmos cuidados em locais fechados, como bares e restaurantes, devem ser observados quando o programa for passar algumas horas na areia para um mergulho no mar. Ela reforça que o risco de contaminação é mais baixo quando visitantes da praia ficam a pelo menos 2 metros de distância dentro e fora da água de pessoas com quem não vivem.

Também se deve interagir somente com pessoas de próprio grupo familiar; não deve ser compartilhado alimentos, bebidas, equipamentos (como guarda-sol, cadeiras de praia) e brinquedos com pessoas com quem não convivem; a máscara deve ser usada na areia ou caminhando no calçadão; e, por último, ficar atento à higienização de produtos que for consumir na praia, o ideal é levar de casa. 

*Com informações: Folha Vitória.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

Anúncio

Anúncio

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

procurados-2021-06-23

Polícia Militar divulga 5 criminosos de Guarapari procurados pela Justiça

Caso tenha informações, população pode ajudar a polícia através do Disque-Denúncia (181)

Anúncio

Eco 101 - duplicação

Duplicação: desvio de tráfego em Anchieta para construção do viaduto de acesso a Alfredo Chaves

vacinacao_50-mais-gri2021-06-12

Guarapari realiza novo agendamento para pessoas acima de 40 anos

Anúncio