Anúncio

Rio Benevente na mira de nova siderúrgica

Por Livia Rangel

Publicado em 24 de abril de 2015 às 12:55
Atualizado em 24 de abril de 2015 às 13:19

Anúncio

Quando estiver em operação, a estimativa é que a CSU consuma 502 litros de água doce por segundo

riobeneventeEm tempos de CPIs sobre pó preto e diminuição da capacidade dos rios capixabas devido à seca, a Vale voltou a mostrar interesse em retomar o projeto da usina para a produção de aço em Anchieta.

No final de março, a empresa pediu a renovação de Licença Prévia (LP) para a construção da Companhia Siderúrgica de Ubu (CSU) para o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema). O documento foi emitido em 2011 e venceria naquele mês. A informação foi confirmada pela assessoria do Iema.

A Vale, por meio de sua assessoria, informou que a renovação da LP é apenas uma formalidade e que o projeto ainda não foi retomado. “Para isso ocorrer, há a necessidade de um parceiro para liderar a implantação e a operação da CSU”, informou.

Consumo de água. Quando estiver em operação, a estimativa é que a fábrica de aço consuma 502 litros de água doce por segundo. O dado é do Relatório de Impacto Ambiental (Rima) da CSU que a Vale entregou ao Iema. E o rio Benevente, que além de Anchieta atende Guarapari –que este ano enfrentou um grave problema de abastecimento, – deverá ser a principal fonte. É que o rio passa ao lado da comunidade de Chapada do A, área prevista para abrigar o empreendimento.

Na localidade, segundo o Rima, o Benevente tem uma vazão média de 4.608 litros por segundo. Logo, só a CSU será responsável por captar quase 10% disso. Para as obras civis e de terraplanagem há previsão de extração de água do manancial.

O Rima aponta também previsão do uso da água da chuva, que será coletada por meio de canais, galerias e tubulações para aproveitamento nas atividades industriais, cujo excesso será lançado no mar, de onde a CSU também deve captar 1.100 litros por segundo para resfriamento dos equipamentos. Inicialmente, a previsão é de que a CSU produza 5 milhões de toneladas de placas de aço/ano.

Com informações do site Tempo Novo.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Meaípe

Guarapari: Moradores de Meaípe comemoram o anúncio da obra de engordamento da praia

Munir-Abud

Banco Central aprova indicação de advogado de Guarapari como diretor-presidente do Bandes

A partir da próxima semana, o advogado guarapariense assume formalmente a Direção do banco capixaba

Anúncio

Anúncio

Imagem-23.02-01-1

Em 3 dias, PM apreendeu grandes quantidades de drogas em Guarapari

Ao todo, mais de 300 buchas e 33 tabletes de maconha foram apreendidos. Além disso, a PM também apreendeu 280 pinos de cocaína e 132 pedras de crack

ifes_guarapari

Ifes de Guarapari vai ofertar curso superior gratuito em Ciências da Natureza

O processo seletivo acontecerá através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu)

Anúncio

Sinduscon Anchieta (11)

Posse de diretor formaliza Regional Litoral Sul do Sinduscon-ES em Anchieta

Gastronomia Alfredo1

Município de Alfredo Chaves ganhará Praça Gastronômica

Anúncio