Anúncio

Judicialização da saúde – Governo não pode ser obrigado a fornecer remédio de alto custo fora da lista do SUS, decide o supremo Tribunal Federal

Publicado em 26 de dezembro de 2020 às 16:37
Atualizado em 28 de dezembro de 2020 às 12:16

Anúncio

Foto: reprodução.

A mais alta corte do judiciário brasileiro (STF) decidiu por maioria absoluta que o poder público não pode ser obrigado por decisão emanada do poder judiciário, a fornecer medicação de alto custo que não esteja na lista de remédios gratuitos fornecidos pelo sistema único de Saúde (SUS).

Segundo decisão do Tribunal Superior obrigar o fornecimento pode prejudicar a muitos que dependem do orçamento de saúde pública.

No entanto, os ministros definiram exceções para sua decisão, como é o caso de remédios e insumos caros em situações específicas. Podemos citar como exemplo o paciente e a família não ter condições financeiras, ou quando não há o remédio similar disponível.

O caso tem repercussão geral, ou seja, a decisão valerá para processos semelhantes em todo judiciário brasileiro.

No mais, esse fenômeno é uma forma de reivindicar o acesso à saúde por meios processuais.

            O acionamento do judiciário para resolução de questões envolvendo a tutela da saúde, portanto, tem fundamento nas garantias elencadas nos artigos 196 a 200 da Constituição Federal, regulamentados pela Lei 8.080/90, que instituem um sistema pública de saúde universal e igualitário.

Foto: arquivo pessoal.

*Dr. Atilho Vieira Bustillo Junior.

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacina_covid_guarapari_90

Guarapari: Idosos acima de 90 anos recebem segunda dose da vacina contra Covid-19 amanhã (8)

menino-estudando-550x301-1

Moradores de Anchieta também podem contribuir com fundo da infância no Imposto de Renda

Anúncio

Anúncio

recanto-1

Câmara de Guarapari aprova auxílios financeiros para Apae e Recanto dos Idosos

Aprovação dos projetos de lei de autoria do Poder Executivo aconteceu na sessão dessa quinta-feira (5)

dar_1

Dia da Mulher Empreendedora

Anúncio

camara_ouvidoria_da_mulher

Coordenadora e vereadoras realizam “pit-stop” sobre Ouvidoria da Mulher da Câmara de Guarapari

Ato acontecerá na segunda-feira (8), de 13h às 15h, na rotatória do ExtraCenter, em Muquiçaba

project_20210302_2247336-01

Artigo: Cancelei meu evento particular devido à Covid-19. E agora?

Anúncio