Anúncio

Acacci completa 35 anos com evento e série estrelando famílias e pacientes

Saiba tudo sobre a programação desse marco e a série on-line que destaca as pessoas e histórias da instituição

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 15 de março de 2023 às 16:48

Anúncio

WhatsApp Image 2023 01 25 at 16.12.50
Fotos: divulgação

Nesta quarta-feira (15) a Associação Capixaba Contra o Câncer Infantil (Acacci) completa 35 anos de suporte integrativo e complementar multidisciplinar de tratamento ao câncer infanto-juvenil. Nesse período, mais de 25 mil atendimentos foram realizados, mudando a vida de muitas crianças e suas famílias. Algumas dessas histórias marcantes fazem parte da série lançada na rede social da instituição, @acacci_oficial.  

O marco será celebrado com um Happy Hour no dia da fundação, 15 de março, às 19h. O evento será realizado na sede da instituição, localizada na R. Domingos Póvoa Lemos, 297, em Jardim Camburi, Vitória. Na ocasião, também será lançada a nova logomarca e campanha da instituição. A programação inclui ainda atrações artísticas e a posse das embaixadoras Virgínia Casagrande e Marina Cunico, além de um momento para ouvir as histórias de vida dos assistidos pela Acacci. 

“A Acacci nasceu de um movimento de voluntários e de profissionais da saúde, preocupados em trazer qualidade de vida e bem-estar, contribuindo para a cura do câncer infanto-juvenil. No início, o espaço era pequeno e abrigava poucos pacientes. Atualmente ele pode acomodar até 48 pessoas, que recebem um suporte adequado e multidisciplinar para passar pelo processo de tratamento da melhor forma possível. Mais importante ainda, esses pacientes recebem carinho, acolhimento e aconchego” diz Luciene Sena, superintendente da Acacci.

O câncer infanto-juvenil é responsável pela maioria das mortes entre crianças e adolescentes de 1 a 19 anos de idade, representando 8% do total, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca). Atualmente a Acacci atende, todo mês, cerca de 300 famílias (representadas pelo paciente e um acompanhante). 

Perspectivas para 2023

De acordo com a superintendente, para 2023, a Acacci mantém o foco na melhoria contínua no “bem-estar, acolhimento, aconchego e contribuição relevantes para que crianças e adolescentes que chegam ao serviço da instituição consigam encarar esse processo com perspectiva de vida”. As estratégias incluem ainda a maior divulgação dos serviços prestados, para além de hospedagem, alimentação e transporte. 

“Espero, torço e quero poder fazer parte e contribuir para que venham mais 35 anos de muito sucesso e contribuições importantes a este desafio que é o enfrentamento ao câncer infanto-juvenil”, complementa Luciene.

História de vida

Daianna de Souza Reis, mãe do Keanu Martins, paciente da Acacci desde 2006, relembra que “a casa era pequenininha, mas tinha muito amor e carinho. A instituição sempre se preocupou com o bem-estar dos pacientes”. Daianna, que é moradora de Guarapari, conta que Keanu tinha 1 ano e 1 mês quando iniciou o tratamento no Hospital Infantil. Em 19 de janeiro de 2006, o transporte da prefeitura esqueceu mãe e filho no hospital. Funcionárias do Serviço Social, então, entraram em contato com o motorista da Acacci, que levou os dois até a instituição. “Passamos a ser assistidos. Ficávamos lá a semana toda, com transporte garantido para o hospital para fazermos o tratamento. O motorista nos buscava para o almoço. Temos café da manhã, almoço, lanche e jantar graças à Acacci”, conta.

Evento de 35 anos

O público convidado para o evento no dia 15 de março inclui assistidos que estejam hospedados na Acacci, empregados, funcionários do Núcleo Onco-hemato do Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória, parceiros via Selo Compromisso com a Criança, empresas parceiras, autoridades estaduais e municipais, embaixadores, conselheiros, jornalistas e influenciadores.

Referência 

A Acacci é um espaço de residência transitória para o paciente e seu responsável durante todo o processo de tratamento, incluindo as fases de diagnóstico e manutenção. A instituição abriga pacientes de todos os municípios do Espírito Santo, municípios do Sul da Bahia e do leste de Minas Gerais, principalmente. Também são atendidos em todos os serviços prestados os pacientes e responsáveis residentes na Grande Vitória. A única diferença é que os pacientes da região metropolitana da capital capixaba não ficam hospedados. 

Dentre os suportes oferecidos pela Acacci estão: alimentação, transporte, Hospedagem (suporte logístico), acompanhamento psicossocial, nutrição, fisioterapia (suporte multidisciplinar), vale-transporte, cestas básicas, fraldas descartáveis, ajuda de custo (suporte socioeconômico), meditação, reiki, yoga e práticas corporais (práticas integrativas e complementares) e atividades lúdicas pedagógicas (intervenção socioeducativa).

Sobre a Acacci

Desde 1987, a Associação Capixaba Contra o Câncer Infantil, a Acacci, desenvolve um programa de assistência integral voltado para crianças e adolescentes com câncer. Além de uma Casa de Apoio, essa entidade beneficente de assistência social disponibiliza tratamento visa à humanização do atendimento aos pacientes com atividades recreativas, artísticas e pedagógicas para minimizar o impacto social da doença. Saiba mais e colabore em https://acacci.org.br/.

*Com informações da Assessoria de Comunicação.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

SpeedFestival_02

Speed Festival: Guarapari recebe 3ª edição do evento automobilístico

Além das corridas, o evento contará com atividades para fãs de automobilismo

policia-civil_pc_viatura

DHPP Guarapari prende irmão de um dos traficantes mais procurados do Estado

O indivíduo, que foi detido em Anchieta, atuava como gerente do tráfico e é irmão de Willian Zanoli, vulgo “Terceirão”

Anúncio

Anúncio

WhatsApp Image 2024-02-27 at 09.39.591

Aluno da APAE Guarapari conquista 3º lugar em Olimpíada de Matemática

Com o diagnóstico de autismo, Adrian é assistido pela APAE Guarapari e estuda no EMEIEF Zilnete Pereira Guimarães

Janelas - Foto Telma Amaral

Grupo de teatro de Anchieta leva espetáculo ‘Janelas’ para outros municípios capixabas

Peça foi contemplada no edital de Artes Cênicas da Secretaria de Estado da Cultura

Anúncio

20240226110635_IMG_2837

Guarapari é destaque no Plano de Expansão da ES Gás, que investirá R$ 100 milhões no Estado

O município será o 14º a receber gás natural no ES. Outras cidades contempladas serão Linhares, São Mateus e a Região Metropolitana da Grande Vitória

Navios de Cruzeiros. Foto Fernando Frazão -Agência Brasil

Governo do Estado quer cruzeiros marítimos de volta ao ES; Guarapari pode estar na rota

Estudos realizados na USP apontam parecer positivo para retomada de roteiro turístico no litoral capixaba

Anúncio