Anúncio

Acidente derruba motociclista no Centro de Guarapari

Por Sara de Oliveira

Publicado em 15 de agosto de 2019 às 17:28
Atualizado em 15 de agosto de 2019 às 17:32

Anúncio

O ocorrido foi na tarde desta quinta-feira (15) na Avenida Davino Mattos.

No momento em que foi socorrido, o motociclista estava consciente. Fotos: Folha Online.

Um acidente derrubou um motociclista na tarde desta quinta-feira (15) no Centro de Guarapari.  A batida aconteceu na Avenida Davino Mattos, em frente à Paróquia Nossa Senhora da Conceição, após uma moto colidir com um carro que saía do estacionamento de uma farmácia próxima ao local. No momento em que foi socorrido, o motociclista estava consciente.

O moto atingiu a traseira do carro.

O idoso motorista do carro, que passa bem, explicou estava saindo do estacionamento da farmácia quando foi surpreendido pela colisão. De acordo com o homem, que estava abalado, o acidente poderia ter sido ainda pior. “Ele bateu na traseira do carro. Se na hora estivesse passando um veículo na pista de trás tinha passado por cima dele”, declarou.

O motociclista já foi socorrido e o motorista do carro permaneceu no local para prestar esclarecimentos à polícia.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacina_es

Guarapari abre novo agendamento para terceira dose de vacina da Covid-19

Serão atendidos idosos com 60 anos ou mais que tomaram segunda dose de qualquer vacina da Covid-19 há cinco meses ou mais

Anchieta-Credito-da-Foto-Andrews-Quinteiro_

Pelo quarto ano consecutivo, Anchieta recebe nota A do Tesouro Nacional

Anúncio

Anúncio

pfizer

Guarapari: ação de vacinação sem agendamento para adolescentes com comorbidades

ameazul-praia

Moradores da Enseada Azul, em Guarapari, realizam ação de limpeza neste sábado (18)

Ação é uma adesão ao Dia Mundial da Limpeza

Anúncio

Comunicado - 17-09-2021

Comunicado – 17/09/2021

pfizer

Vacinação dos adolescentes é mantida no Espírito Santo

O Ministério da Saúde suspendeu a imunização do público de 12 à 17 anos sem comorbidades

Anúncio