Anúncio

Adiamento das eleições municipais para novembro é aprovado na Câmara

O primeiro turno das eleições municipais será adiado de 4 de outubro para o dia 15 de novembro. A data do segundo turno passa para o dia 29 de novembro

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 2 de julho de 2020 às 09:27
Atualizado em 2 de julho de 2020 às 17:07
Anúncio
Foto: Reprodução.

A Câmara dos Deputados aprovou ontem (1º), em dois turnos, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que adia em seis semanas as eleições municipais deste ano em razão da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). A matéria deve ser promulgada em sessão do Congresso Nacional nesta quinta-feira (2), às 10h.

Dessa forma, o primeiro turno das eleições municipais será adiado de 4 de outubro para o dia 15 de novembro. A data do segundo turno passa para o dia 29 de novembro.

“Aprovada na @camaradeputados PEC que adia as eleições municipais para novembro. Amanhã (2), às 10h, o Congresso promulgará a emenda constitucional. Mais uma vez, o entendimento prevaleceu no Parlamento, dialogando com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), a comunidade científica, prefeitos e vereadores”, postou, nessa quarta-feira (02) o presidente do Congresso Nacional, senador Davi Alcolumbre, em sua conta pessoal no Twitter.

TSE

A proposta confere ao TSE a prerrogativa de definir os horários de funcionamento das sessões eleitorais, bem como eventuais medidas de distribuição dos eleitores nas sessões para minimizar os riscos de aglomeração nos dias de votação.

“A opção parece ser a mais acertada, por assegurar tanto a realização das eleições ainda neste ano de 2020, sem a necessidade de alteração dos mandatos dos atuais prefeitos e vereadores e dos próximos mandatários”, argumentou o relator, deputado Jhonatan de Jesus (Republicanos-RR).

Na votação dessa quarta-feira, deputados suprimiram um trecho da PEC oriunda do Senado e estabeleceram a necessidade de autorização, por meio de decreto legislativo aprovado pelo Congresso Nacional, para a eventual remarcação das eleições em determinados municípios. O adiamento se dará em municípios nos quais ainda se verifiquem condições sanitárias arriscadas e só poderão ocorrer até 27 de dezembro de 2020. Inicialmente, a PEC previa que essa decisão caberia ao TSE.

Deputados também retiraram do texto a determinação para que o TSE promovesse eventual adequação das resoluções que disciplinam o processo eleitoral de 2020. No entendimento dos parlamentares, essas normas já estão aprovadas desde março e não podem ser alteradas.

Calendário

A medida não prevê modificação no tempo de mandato dos cargos eletivos. Dessa forma, a data da posse dos eleitos permanece a mesma, em 1º de janeiro de 2021. Os prazos de desincompatibilização vencidos não serão reabertos.

Segundo o texto aprovado, até 16 de setembro, os partidos devem escolher os candidatos por meio das convenções e, até 26 de setembro, serão aceitos os registros dos candidatos. Também em 26 de setembro, está autorizado o início da propaganda eleitoral, inclusive na internet. Até 27 de outubro, as legendas deverão detalhar os gastos com o Fundo Partidário e, até 15 de dezembro, prestar contas ao TSE.

O texto aprovado permite ainda a realização, no segundo semestre deste ano, de propagandas institucionais relacionadas ao enfrentamento da pandemia de coronavírus, resguardada a possibilidade de apuração de eventual conduta abusiva, nos termos da legislação eleitoral.

Fonte: Agência Brasil 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio
Anúncio

Veja também

pequenos

Compre do Pequeno: Sebrae/ES cria campanha de apoio ao comércio local

A iniciativa tem por objetivo conscientizar os consumidores, incentivando-os a priorizar as micro e pequenas empresas e, assim, fortalecer a economia da região

Foto: Reprodução

Covid-19: Guarapari registra mais uma morte; Óbito no bairro Reta Grande é retificado

Por meio de nota, a Prefeitura de Guarapari esclareceu que o óbito registrado no bairro Reta Grande, no dia 03 deste mês, não ocorreu e trata-se de um erro do hospital

Anúncio
Anúncio
restauro capa

Prefeitura de Guarapari realiza restauração dos monumentos Marlin Azul e São Pedro

O responsável pela restauração é o artista plástico, Juliano Fillippi, o mesmo artista que criou essas duas importantes obras de arte

prefeitura_guarapari_TJES-750x354

Guarapari perde verba de R$ 750 mil por não assinar ordem de serviço no prazo

O recurso veio através de uma emenda parlamentar do deputado federal Sérgio Vidigal (PDT) e era destinado para a construção da Unidade de Saúde no bairro Village do Sol

Anúncio
Foto: Reprodução

Paciente de Guarapari pode ter sido o primeiro caso de Coronavírus do Brasil

Alfredo CDA

Alfredo Chaves e Governo do ES assinam Termo de Adesão a Compra Direta de Alimentos

Anúncio