Anúncio

Amigos se despedem de Joffre Assad, mais uma vítima da Covid-19 em Guarapari

Figura querida por todos, Joffre era um dos corretores de imóveis mais antigos da cidade

Por Aline Couto

Publicado em 11 de outubro de 2021 às 10:40

Anúncio

Amigos se despedem de Joffre Assad, mais uma vítima da Covid-19 em Guarapari
Foto: reprodução Facebook.

Morreu na noite de ontem (10), um dos corretores de imóveis mais antigos de Guarapari e figura muito querida por todos. Mais uma vítima do novo Coronavírus (Covid-19), Joffre Assad tinha comorbidades e era cardíaco. Após lutar contra o vírus durante um bom tempo, veio a falecer de falência múltipla dos órgãos nesse domingo.

Desde o anuncio da morte de Joffre, as redes sociais se encheram de lamentos e homenagens.

Depoimentos

Amigos de longa data, Rogério Nogarol falou sobre como Joffre o ajudou profissionalmente. “Além de corretor, ele era empresário. Já teve empresa de pré-moldados, padaria no Centro da cidade e outras atividades. Foi o responsável por eu ter iniciado no ramo da Construção Civil, me incentivando a construir o Ed. Theodorico Ferraço, no Centro, e daí não paramos mais. Hoje tenho como sócio na Tzion Imóveis o filho Joffre Assad Neto, que segue com proficiência o legado do pai no mercado imobiliário”.

“Guarapari, pouco a pouco, vai perdendo a identidade com o falecimento de pessoas como Joffre. Grande amigo, parceiro, solicito, e sempre alegre. Mas a vida é essa!”, lamentou outra grande amiga, Marina Mazzelli.

Marina contou que sempre foi amiga de Joffre, inicialmente por causa do trabalho. “Como eu era tabeliã, e ele corretor de imóveis, a gente conversava muito sobre negócios imobiliários, e sobre tudo mais, era uma pessoa muito inteligente e por onde ele passava deixava sempre uma palavra boa, de ótimo astral. Um amigo nosso disse, e acho que ele está certo: “O Centro de Guarapari, nunca mais será o mesmo”. Acho que ele acertou em falar assim. Joffre foi um ser humano incrível, deixa um vazio e muita saudade!”.

“Ele fazia parte da história da cidade, sempre colaborou com o espírito desenvolvimentista. Era uma referência do Centro da cidade, muitos anos como corretor de imóveis e empresário”, enfatizou Elizabeth Haddad.

Beth, como é conhecida, relatou que Joffre era uma pessoa que tinha um acolhimento especial. “Os amigos eram amigos mesmo. Ele foi um grande amigo do meu pai, do meu irmão Michel, e de Guarapari. A gente sente muito, estamos perdendo amigos e com isso um pouco da identidade da nossa história e da nossa cidade. Estou com muito pesar e dor no coração, mas vão ficar boas recordações”.

Despedida

O velório está sendo realizado na Capela da Penha, em Anchieta, e o enterro está marcado para acontecer às 11h.

Joffre deixa quatro filhos: Leonardo, Flor, Lucas e Joffre Neto.

A HM Propaganda e os jornais Folha da Cidade e folhaonline.es prestam sentimento de solidariedade e força à família e amigos.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

DemonstraÁ¿o do uso da urna eletrÙnica para as eleiÁ¿es de 2006.

Requerimento para voto em trânsito pode ser feito até o dia 18 por eleitores de Guarapari e outras cidades

whatsapp-image-2022-08-11-at-15-59-38

Prefeitura de Guarapari reforça vacinação em crianças e adolescentes nas escolas da rede municipal

Anúncio

Anúncio

FolhaOnline-FotoFamílias

Guarapari: conheça três histórias diferentes unidas pelo amor de pai para filho

coluna-antonio-14ago

Coluna Dom Antônio: Feira do artesanato todos os domingos no Mercado do Produtor Rural de Guarapari

Anúncio

av-dr.-roberto-calmon-2022

Véspera de Dia dos Pais estimula comércio em Guarapari

foto-artigo-oab-13-2

Artigo: Quer vender suas férias? Leia este artigo antes

Anúncio