Anúncio

Amigos se despedem de Joffre Assad, mais uma vítima da Covid-19 em Guarapari

Figura querida por todos, Joffre era um dos corretores de imóveis mais antigos da cidade

Por Aline Couto

Publicado em 11 de outubro de 2021 às 10:40
Atualizado em 12 de outubro de 2021 às 12:23

Anúncio

Foto: reprodução Facebook.

Morreu na noite de ontem (10), um dos corretores de imóveis mais antigos de Guarapari e figura muito querida por todos. Mais uma vítima do novo Coronavírus (Covid-19), Joffre Assad tinha comorbidades e era cardíaco. Após lutar contra o vírus durante um bom tempo, veio a falecer de falência múltipla dos órgãos nesse domingo.

Desde o anuncio da morte de Joffre, as redes sociais se encheram de lamentos e homenagens.

Depoimentos

Amigos de longa data, Rogério Nogarol falou sobre como Joffre o ajudou profissionalmente. “Além de corretor, ele era empresário. Já teve empresa de pré-moldados, padaria no Centro da cidade e outras atividades. Foi o responsável por eu ter iniciado no ramo da Construção Civil, me incentivando a construir o Ed. Theodorico Ferraço, no Centro, e daí não paramos mais. Hoje tenho como sócio na Tzion Imóveis o filho Joffre Assad Neto, que segue com proficiência o legado do pai no mercado imobiliário”.

“Guarapari, pouco a pouco, vai perdendo a identidade com o falecimento de pessoas como Joffre. Grande amigo, parceiro, solicito, e sempre alegre. Mas a vida é essa!”, lamentou outra grande amiga, Marina Mazzelli.

Marina contou que sempre foi amiga de Joffre, inicialmente por causa do trabalho. “Como eu era tabeliã, e ele corretor de imóveis, a gente conversava muito sobre negócios imobiliários, e sobre tudo mais, era uma pessoa muito inteligente e por onde ele passava deixava sempre uma palavra boa, de ótimo astral. Um amigo nosso disse, e acho que ele está certo: “O Centro de Guarapari, nunca mais será o mesmo”. Acho que ele acertou em falar assim. Joffre foi um ser humano incrível, deixa um vazio e muita saudade!”.

“Ele fazia parte da história da cidade, sempre colaborou com o espírito desenvolvimentista. Era uma referência do Centro da cidade, muitos anos como corretor de imóveis e empresário”, enfatizou Elizabeth Haddad.

Beth, como é conhecida, relatou que Joffre era uma pessoa que tinha um acolhimento especial. “Os amigos eram amigos mesmo. Ele foi um grande amigo do meu pai, do meu irmão Michel, e de Guarapari. A gente sente muito, estamos perdendo amigos e com isso um pouco da identidade da nossa história e da nossa cidade. Estou com muito pesar e dor no coração, mas vão ficar boas recordações”.

Despedida

O velório está sendo realizado na Capela da Penha, em Anchieta, e o enterro está marcado para acontecer às 11h.

Joffre deixa quatro filhos: Leonardo, Flor, Lucas e Joffre Neto.

A HM Propaganda e os jornais Folha da Cidade e folhaonline.es prestam sentimento de solidariedade e força à família e amigos.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

mapa de risco-77

Confira os municípios classificados em Risco Moderado no 77° Mapa de Risco Covid-19 do ES

vacina_covid-2021-06-28

Guarapari realiza nova ação de vacinação contra Covid-19 sem agendamento para as três doses

Ação acontece neste sábado (16) para grupos específicos

Anúncio

Anúncio

educação

Municípios capixabas receberão R$ 231 mi para investimentos em educação; R$ 436 mil serão para Guarapari

Alfredo Chaves receberá mais de 2 milhões e 800 mil; Anchieta, 5 milhões e 500 mil

pmg_covid-testeantigeno

Guarapari realiza nesse sábado (16) mais uma ação de testagem da Covid-19

Anúncio

Prisão fornecedores

Polícia prende suspeitos de fornecerem maconha e haxixe para traficante de Guarapari

banheiro-publico-pdm-verao-20222

Prefeitura vai selecionar empresa para administrar banheiros das praias de Guarapari

Anúncio