Anúncio

Anchieta poderá integrar Destinos Turísticos Inteligentes

Município já conquistou a primeira fase junto a outros 42 no Brasil

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 11 de maio de 2023 às 11:39

Anúncio

anchieta letreiro turistico - Anchieta poderá integrar Destinos Turísticos Inteligentes
Foto: divulgação / Prefeitura de Anchieta

O Ministério do Turismo (MTur) divulgou na última terça (09) a lista com municípios habilitados a fazerem parte da estratégia de Destinos Turísticos Inteligentes (DTI). Dos 42 municípios habilitados no país, Anchieta foi um dos classificados e está entre os seis do Espírito Santo. O objetivo da iniciativa é oferecer aos selecionados consultoria para realizar diagnóstico e auxiliar na construção de um plano de transformação, bem como apoiar no planejamento de um sistema de gestão de Destinos Turísticos Inteligentes.

Conforme o Ministério do Turismo (Mtur), a divulgação final da primeira etapa ocorrerá no dia 17 de maio, momento em que será iniciada a fase de análise dos documentos classificatórios. Os destinos classificados serão anunciados preliminarmente no dia 26 de maio e o resultado final do edital, com o anúncio dos dez classificados, será realizado no dia 7 de junho de 2023.

O Mtur informa que o DTI é uma ação que transformará realidades, conferindo mais competitividade aos destinos por meio do fortalecimento de eixos estruturantes que se relacionam com o turismo, como acessibilidade, sustentabilidade e inovação.

Para o prefeito Fabrício Petri, a novidade irá possibilitar Anchieta avançar ainda mais no segmento, fomentando os atrativos turísticos, incluindo o Santuário Nacional de Anchieta. “É mais uma oportunidade de podermos avançar, aprimorar no setor turístico e mostrar nossos atrativos, a fim de atrair turistas o ano todo, fomentando emprego e renda no município”, almeja.

isabelafariasfotografia santuario nacional - Anchieta poderá integrar Destinos Turísticos Inteligentes
Santuário Nacional de Anchieta. Foto: Isabela Simões.

As cidades que integrarão o projeto que visa transformá-las em DTIs vão passar por um diagnóstico que apontará uma estratégia para o desenvolvimento do turismo local, além da capacitação de gestores locais do setor. Os municípios definirão os seus cronogramas de implantação com base nos resultados da avaliação realizada e de acordo com as principais necessidades e possibilidades de cada um. O trabalho desenvolvido segue nove pilares: Governança; Inovação; Tecnologia; Sustentabilidade; Acessibilidade; Promoção e Marketing; Segurança; Mobilidade e Transporte; e Criatividade.

Para participar da estratégia, os municípios deveriam estar nas categorias A e B do Mapa do Turismo Brasileiro de 2022, do Programa de Regionalização do Turismo. Além disso, deveriam ser entregues cinco documentos obrigatórios para a sua habilitação, sendo eles: formulário de inscrição no projeto “Estratégia Nacional DTI Brasil”; planejamento Estratégico de Turismo do Órgão Gestor; carta de compromisso assinada pelo prefeito do município inscrito como proponente, com estabelecimento do órgão gestor; relação das organizações que prestam serviços turísticos existentes no município cadastradas no Cadastur, bem como quaisquer instituições relevantes para o sistema de gestão do DTI (Matriz de Partes Interessadas); e documento que determine geograficamente o território de atuação do DTI (ex.: bairro(s), centro histórico, distrito, município completo).

RECONHECIMENTO – Os destinos selecionados receberão o certificado de “DTI em Transformação”, o que não significa que sejam destinos turísticos inteligentes, mas que estão no caminho para essa transformação. Portanto, o município precisa estar ciente de que somente se comprometendo a executar as ações estipuladas é que poderá ser reconhecido como um Destino Turístico Inteligente.

ETAPAS – Após a habilitação, a estratégia se dividirá em dois ciclos: o primeiro realizará um diagnóstico e um planejamento, onde é conhecida a situação em que a cidade se encontra, sendo o ponto de partida para o desenho de um Plano de Transformação que vai apoiar o município a transformar-se, de fato, em um destino turístico inteligente.

A segunda etapa será a execução das ações contidas no Plano para que o município consiga o Selo DTI Brasil, que pode ser obtido após o destino passar por uma auditoria realizada por técnicos do Ministério do Turismo junto a um ou mais representantes do Instituto Ciudades del Futuro – parceiro do MTur nesta iniciativa. A partir daí, a cidade entra em um processo de melhoria contínua, ampliando sua capacidade de enfrentar novos desafios sociais, políticos, tecnológicos e econômicos.

O que é um Destino Turístico Inteligente

Um Destino Turístico Inteligente é aquele que gerencia seus processos e seu território de forma inovadora e sustentável, comprometido com pilares que impactam positivamente a qualidade de vida dos moradores e a experiência dos turistas. Além disso, para fazer parte dos Destinos Inteligentes o município precisa se esforçar em resolver problemas de áreas como segurança, acessibilidade, infraestrutura, comunicação, marketing, entre outras, de forma inovadora e com o uso de tecnologias.

*Com informações da Prefeitura de Anchieta.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

praia do morro - céu nublado

Guarapari recebe alerta de perigo potencial para declínio de temperatura durante o fim de semana

Aviso vem acompanhado de alerta de vendaval em todo o estado

rodos

Rodovia do Sol será parcialmente interditada para prova de ciclismo neste fim de semana

Trânsito fluirá em apenas uma pista, no trecho entre o posto da Polícia Militar, saindo de Vila Velha até o município de Anchieta

Anúncio

Anúncio

20240522_193014

Reunião confirma projeto de engordamento da Praia do Morro

No entanto, autoridades estaduais dizem que ideia só irá para frente caso a população aprove

moto-litoral-25-anos

Moto Litoral Guarapari realiza 4ª edição da romaria dos motociclistas pela Festa de São José de Anchieta

O ponto de encontro é na loja de Muquiçaba para seguirem em direção ao Santuário Nacional, em Anchieta

Anúncio

Captura-de-tela-2024-05-23-101859

Secretário e supervisor de Trânsito prestam depoimento em CPI do Transporte Público de Guarapari

Autoridades apontaram irregularidades na prestação de serviço da empresa

Captura de tela_22-5-2024_134611_g1.globo.com

Grupo invade pátio do Detran e rouba sete motos no Lameirão, em Guarapari

Câmeras de videomonitoramento flagraram a ação

Anúncio