Anúncio

Anjos da Praia ajudam crianças perdidas em orlas do Estado

Por Livia Rangel

Publicado em 29 de dezembro de 2014 às 00:00

Anúncio

Tomar conta de criança na praia já é um desafio. Na alta temporada então, é uma missão quase impossível. Os pais precisam redobrar a atenção, porque qualquer deslize já é tempo suficiente para perder o filho de vista no meio da multidão.

Mesmo com a presença de salva-vidas, um grupo de voluntários resolveu criar o “Anjos da Praia”. Um projeto que ajuda a manter a segurança dos pequenos nas areias da Praia do Morro, em Guarapari. E agora com novidades na 28ª edição, os anjos da praia também vão marcar presença em Anchieta, Vila Velha e Serra.

Eles ajudam na rápida recuperação de crianças perdidas, no reforço das questões ambientais e sociais, na promoção da segurança no mar e na praia, na conscientização do descarte correto do lixo, na orientação dos cuidados com espécies marinhas.

O principal foco é prevenir o sufoco da criança perdida e o desespero dos pais. Para isso, eles colocam uma pulseira de identificação em cada criança e contam com um cadastro com os dados dos filhos e dos pais, principalmente com os contatos. Eles contam que já chegaram a socorrer mais de 60 crianças em um único dia.

“Na alta temporada, o índice de crianças perdidas aumenta até 80%. Já os afogamentos ficam em torno de 20% a 30%. É preciso ficar atento, ter sempre uma pessoa da família ou do grupo de amigos responsável por olhar as crianças. Já o afogamento depende das condições do mar, no entanto, geralmente nessa época do ano, ele está mais calmo. Mas se ingerir bebida alcoólica, evite entrar no fundo. Fique no raso, com mar até à altura da canela. E se tiver bandeira vermelha na praia, é sinal de perigo. Não entre no mar”, orienta o gerente de salvamento marítimo, Edson Layber Mendes.

De acordo com ele, são 76 guarda-vidas para garantir a segurança nas orlas, distribuídos por 10 praias. Para o verão, a gerência de salvamento marítimo recebeu reforço de mais 24 salva-vidas. A maior parte se concentra na Praia do Morro. O restante é distribuído entre as orlas de Praia da Cerca, Castanheiras, Areia Preta, Namorados, Santa Mônica, Setiba, Bacutia, Peracanga e Recanto da Sereia. Com o reforço do verão, foi possível incluir mais duas praias na escala de trabalho: Prainha e dos Adventistas.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

falta-de-agua-e-um-problema-politico-2-1024x683-1024x585

Governo do Estado declara Estado de Atenção para situação hídrica no ES

Medida foi tomada devido à falta de chuvas e estiagem nos últimos meses

Joao-Hadad-em-A-Grande-Conquista-2

Guarapariense João Hadad disputa final de reality show da Record

Final acontece nesta quinta (18)

Anúncio

Anúncio

casa-sinestescia-2024

Casa Sinestésica oferece Oficina de Desenho gratuita nesta quarta (17) em Guarapari

Com o tema Autorretrato, atividade tem vagas limitadas

IMG_9800-1

Terra dos Dinos: Guarapari deve ganhar filial do ‘Jurassic Park brasileiro’ em 2025

Parque temático, no RJ, possui diversas atrações e 40 modelos de dinossauros em tamanho real

Anúncio

20240701_160006

Fios acumulados e pendurados em postes preocupam moradores de Guarapari

Moradores flagraram casos em duas avenidas movimentadas da Praia do Morro

lei-seca_forca-pela-vida-7-1

Blitz Lei Seca flagra 131 motoristas alcoolizados em todo Estado no fim de semana

Ação faz parte do programa “Força pela Vida”, integrando diversos órgãos

Anúncio