Anúncio

ARSP prepara o ES para o novo mercado de Gás natural

Para se tornar realidade, o Novo Mercado de Gás depende também das medidas regulatórias de âmbito estadual.

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 9 de janeiro de 2021 às 12:00

Anúncio

O Novo Mercado de Gás (NMG) amplamente divulgado na mídia nacional não depende apenas da aprovação da esperada Lei do Gás (PL 6407/2013), que encontra-se agora de volta à Câmara dos Deputados após ajustes pelo Senado. O NMG para se tornar realidade, depende também das medidas regulatórias que serão adotadas no âmbito estadual como forma de viabilizar o mercado livre de gás.

pexels photo 257700 - ARSP prepara o ES para o novo mercado de Gás natural
Foto: reprodução.

A figura do “autoimportador, autoprodutor e consumidor livre”, embora existente desde 2011 aqui no estado e também em outros estados, apenas agora com as medidas adotadas pela Petrobrás, CADE e Lei do Gás vai finalmente ter sentido no Brasil.

O Estado do Espírito Santo tem hoje a menor das Margens de Distribuição entre os estados da região Sudeste, tem as finanças estaduais sob controle, possui mão de obra qualificada, portos eficientes tornando o nosso estado uma ótima opção de investimento para diferentes classes de empresas. A margem de distribuição é a única parcela do “preço final” que é gerenciada pela ES GÁS e fiscalizada pela Agencia Reguladora – ARSP.

A Agencia de Regulação de Serviços Públicos (ARSP) através do seu diretor presidente Munir Abud, publicou ontem no Diário Oficial do E.S. a abertura de uma Consulta Pública para apresentar a sociedade uma “minuta de resolução para os Agentes Livres de Mercado” e receber as devidas contribuições.

Munir abud de oliveira 2 - ARSP prepara o ES para o novo mercado de Gás natural
Dr. Munir Abud é diretor presidente da ARSP.
Foto: divulgação.

Com isso, a ARSP prepara o estado para o Novo Mercado, objetivando o aumento de competitividade para as empresas já estabelecidas, geração de empregos e também sinalizar para os potenciais “entrantes” que o E.S. é uma ótima opção para novos investimentos.  Segundo o diretor de gás canalizado da ARSP, Claudio Saade, o estado possui todas as condições para se destacar no uso do gás natural como uma energia de “transição”, possuindo uma posição estratégica e com estimativas de receber R$ 50 bilhões em investimentos em dez anos, como gasodutos, térmicas e novas plantas industriais.

grafico arsp gas - ARSP prepara o ES para o novo mercado de Gás natural
Imagem: reprodução.

*Com informações de Agência Reguladora de Serviços Públicos do Espírito Santo (Arsp).

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

xr:d:DAFIxBti4q8:168,j:9058263125674791586,t:23080117

Thiago Martins, Flávio Venturini e mais: Esquina da Cultura vai ter dez shows nacionais

Evento ainda vai contar com ilhas gastronômicas e food trucks

Buenos-aires-Guarapa

Governo do Estado vai avaliar perfil dos turistas em 17 municípios durante o Inverno

Levantamento faz parte do Observatório do Turismo e se estenderá até o dia 28 de julho

Anúncio

Anúncio

ze-preto-ales-2024

Zé Preto (PP) lidera nova pesquisa de intenção de voto para a Prefeitura de Guarapari

Rodrigo Borges (Republicanos) aparece em seguida nos cenários apresentados

Captura de tela 2024-07-11 164123

Guarapari: suposto movimento grevista da construção civil termina em ameaças e depredação em obra

Polícia Militar chegou a ser acionada para garantir a segurança de todos e impedir ações de vandalismo

Anúncio

antiga-matriz-jun24

Com música ao vivo e quadrilha, Antiga Matriz recebe Arraiá de Sant’ana a partir desta quinta (11)

Tradicional festa da Antiga Matriz segue até sábado (13)

WhatsApp-Image-2024-07-10-at-16.47.52

Algares: autora de Guarapari lança quarto livro de poesias da carreira neste sábado (13)

Lançamento acontece na Confraria do Sabor Cafeteria

Anúncio